sexta-feira, 3 de maio de 2013

Discovery exibe documentário sobre Bin Laden



Especial teve acesso a importantes fontes militares e do governo

Depois de planejar os atentados terroristas 11 de setembro de 2001 contra os Estados Unidos, Osama Bin Laden desapareceu. Durante a década seguinte, os Estados Unidos descobriram que a guerra contra a al-Qaeda – um grupo disperso de pessoas que eram quase impossíveis de rastrear – exigia uma abordagem mais inovadora. O Discovery exibe PLANO SECRETO: A MORTE DE OSAMA BIN LADEN (OSAMA BIN LADEN: THE FINISH) no domingo, 5 de maio, às 22h20 , baseado no livro “The Finish: The Killing of Osama bin Laden”, de Mark Bowden lançado em 2012.

Com acesso a importantes fontes militares e do governo, a série entra nas salas em que as decisões foram tomadas e vai aos locais em que as ações aconteceram. O especial de uma hora começa examinando o trágico atentado suicida cometido por um agente triplo jordaniano em 2009 que matou 10 pessoas, incluindo Jennifer Matthews, mãe de três filhos e agente da CIA que liderava a caçada a Bin Laden. Desta forma, uma nova estratégia foi necessária para encontrá-lo.

Com base nas pesquisas meticulosas de Bowden, que incluem relatos em primeira mão, acesso exclusivo à Casa Branca e uma entrevista exclusiva com o Presidente Obama, o especial acompanha passo a passo o processo que terminou com a localização de Bin Laden e mostra como as agências de inteligência e as operações especiais reuniram informações para encontrar alvos da al-Qaeda e do Talibã. Depois de milhares de missões das Forças Especiais no Iraque e no Afeganistão, a arma certa para ir atrás de Bin Laden finalmente foi desenvolvida. No primeiro semestre de 2011, a inteligência apontou para uma residência em Abbottabad. Estimava-se que havia 50% de chance de Bin Laden estar no local.

PLANO SECRETO: A MORTE DE OSAMA BIN LADEN mostra aos telespectadores as abordagens ultrassecretas que foram utilizadas para encerrar a missão e cumprir a promessa de campanha do Presidente Obama: encontrar Bin Laden. David Keane da Wild Eyes Productions (primo de Bowden) trabalhou ao lado de Aaron (filho de Bowden) e fez boa parte dos relatos principais para este especial por meio de uma longa série de viagens pelo Afeganistão e pelo Paquistão.

Bowden investiga recursos de operações especiais há mais de 15 anos. Como autor de Black Hawk Down, Guests of the Ayatollah e Killing Pablo, ele escreveu mais do que qualquer outro jornalista sobre a evolução das Forças Especiais dos Estados Unidos. Da desastrosa missão para resgatar os reféns no Irã ao posicionamento equivocado de homens nas ruas de Mogadishu, passando pelas guerrilhas clandestinas contra a oposição não governamental dos cartéis de drogas, o governo dos Estados Unidos certamente aprendeu a fazer bom uso desses agentes.

A série foi produzida para o Discovery pela Wild Eyes Productions; David Keane e Arcadia Berjonneau foram os Produtores Executivos. Para o Discovery, a Produtora Executiva foi Brooke Runnette.

O Discovery é uma marca global dedicada a criar conteúdo de alta qualidade baseado na vida real. Sua missão é informar, entreter e satisfazer a curiosidade de seu público, através de uma programação variada nas áreas de ciência, tecnologia, natureza, história, aventura humana e cultura mundial. Lançado nos Estados Unidos em 1985, e na América Latina, em 1994, o Discovery está presente em mais de 200 países e territórios.

Nenhum comentário:

Postar um comentário