segunda-feira, 6 de maio de 2013

Russian State Ballet desembarca em São Paulo



Tour Brasil 2013 conta com mais de 40 solistas dirigido por Viatcheslav Gordeev

O Russian State Ballet, considerada uma das companhias de dança mais respeitadas da Rússia, apresenta o espetáculo Joias do Ballet Russo, com os grandes momentos da dança clássica mundial. Estão no programa obras como O Lago dos Cisnes, Giselle, Don Quixote, entre outros.A iniciativa de trazer ao Brasil foi do produtor brasileiro Augusto Stevanovich  com apoio da iniciativa do empresário Russo Sergei Chak, Mikhail Troianky Embaixador e Cônsul Geral da Rússia e apoio de empresas Brasileiras e sua intenção  faz parte de uma campanha de popularizar o Ballet Russo em todo o Brasil.Com  32 anos de história, a companhia está sob a liderança do coreógrafo Viatcheslav Gordeev, seu criador, diretor artístico e diretor geral. Com seus quarenta solistas, a meta principal do Russian State Ballet é preservar a herança da coreografia russa e da Europa ocidental, paralelamente à busca de novas formas de dança.

Conciliar tradição e inovação é a proposta da companhia
Há séculos que os braços e pernas da Europa e do mundo se movimentam na primeira, segunda, terceira, quarta, quinta e sexta posições do balé clássico. As dificuldades da arte superam o físico – afinal, fazer pliês e botar os pés em meia-ponta numa apertada sapatilha não são tarefas para qualquer um. Manter a tradição  por tantos séculos e ainda torná-la atraente para especialistas e leigos é outro grande desafio desta arte, cujo poder de emocionar atravessa culturas e gerações, encantando jovens , adultos e idosos, instruídos ou não. Para manter o frescor, a dança tradicional incorporou pequenos toques de contemporaneidade. 

Representante da união entre velho e novo, o Russian State Ballet é um dos grandes nomes do balé mundial. A companhia surgiu do sonho de  Irina Tichomirova, primeira bailarina do Bolshoi (a mais famosa companhia russa) e diretora da Sociedade Filarmônica de Moscou, em 1979. De lá para cá, astros dos principais grupos russos, como o Kirov, o Stanislavski e o Bolshoi, uniram-se à trupe.

Os 40 solistas da companhia são os responsáveis pelo encontro entre o erudito e o moderno. “Todos sabemos que o artista que recebe treinamento somente em dança contemporânea não pode bailar os clássicos. Quem é preparado em dança clássica pode assimilar qualquer outro tipo de linguagem. É muito útil que o bailarino se expresse de uma forma a outra”, explica o coreógrafo do Bolshoi, Viatcheslav Gordeev, que dirige a companhia. 

A concepção de um novo espetáculo leva de um a dois meses. Nesse período, a rotina de ensaios é árdua: pela manhã, os bailarinos ensaiam por uma hora e 15 minutos em média. Após ligeiro descanso, são cinco horas de treinos sem parar. Em dias de apresentação, ainda há um período de relaxamento antes de fazer a maquiagem e vestir o figurino. 

Para quem deseja integrar o casting do Russian State Ballet, a paixão pela dança é o pré-requisito fundamental. “É preciso estar bem preparado fisicamente, ter o porte necessário para um bailarino e querer trabalhar no teatro russo, ciente da orientação da companhia. Os aspirantes a bailarinos devem amar a profissão, ser disciplinados e se dedicar ao trabalho”, explica Gordeev.  entre suas jóias tem Andrey Evdokimov vindo do Bolshoi, Shiori Fukuda a numero um do Japão que inicia na companhia,formam a equipe.Adicionar toques de modernidade ao clássico, sem que a essência se perca no meio do caminho, é um desafio. “É um processo complexo. Temos que pensar, ao mesmo tempo, em questões diferentes, como financiamento, seleção dos artistas, onde estudar e ensaiar, preparação do figurino, técnicos etc.. Assim como a vida, os problemas são resolvidos um de cada vez. Os desafios são permanentes e somente encarando-os conseguimos elevar o nível do trabalho. Porém, temos em mente que é uma tarefa permanente. Devemos trabalhar sem descanso para manter o nível alcançado e superá-lo, na medida do possível”, explica Gordeev. 

Cidades dos Estados Unidos, França e México elegeram os bailarinos do Russian State Ballet como cidadãos honorários. Em Nova Orleans há um feriado em homenagem à companhia, o "Dia do Russian State Ballet".

O bailarino russo Mikhail Mryshnikov  é um admirador e incentivador do Russian State Ballet. Já atuou com participações especiais em algumas das turnês da companhia .

Figuras ilustres como o ex-presidente americano Ronald Reagan e o ex-secretário-geral do Partido Comunista da União Soviética, Mikhail Gorbachev, já prestigiaram a companhia.

Serviço
RUSSIAN STATE BALLET - Jóias do Ballet Russo
Local em São Paulo – Theatro Municipal de São Paulo
Dias e horários em São Paulo – 29 e 29 de maio de 2013.
Criador, diretor artístico e diretor geral - Viatcheslav Gordeev
Duração: O lago dos cisnes 2:40h com dois intervalos
Giselle 2:00h
Censura: a partir dos 5 anos
Preço: de R$120 (inteira) a R$480,00 (inteira) – exceto camarotes
Theatro Municipal de São Paulo

Nenhum comentário:

Postar um comentário