terça-feira, 4 de junho de 2013

Choque Cultural inaugura primeira exposição individual de Tec no Brasil


Artista argentino exibe pintura sobre um Fusca 67 e telas em grandes formatos

Será inaugurada no dia 11 de junho, às 19h,a exposição “Como conseguir tintas”, deTec, na Galeria Choque Cultural, na Vila Madalena. A mostra apresenta pinturas sobre um automóvel e telas, além de registros fotográficos de intervenções que o artista desenvolveu em ruas de São Paulo. Essa é a primeira exposição individual em solo brasileiro de Tec, que integrou a coletiva “De dentro e de fora”, realizada em 2011 no MASP.

Com lugar de destaque no stand da Choque Cultural em sua participação na feira argentina de arte ArteBA, que acontece no final do mês de maio, Tec exibe na sede da galeria telas de grandes dimensões, sendo três delas inéditas, além de pintura feita à mão sobre um Fusca 67. A utilização do automóvel, um dos símbolos de São Paulo, onde reside há pouco mais de um ano, é fruto da influência dos elementos deste cotidiano em seu trabalho.

Em ambos os suportes as pinturas apresentam as principais características do universo artístico de Tec: o realismo mágico e o equilíbrio entre o humor e a tragédia humana. Exilado político com apenas um ano, seus traços revelam flagelos figurados corporalmente. “O exílio é um flagelo da alma”, afirma Tec.

Além das pinturas, “Como conseguir tintas” contará ainda com fotografias de intervenções urbanas feitas por Tec sobre o asfalto de suas do bairro de Perdizes, na zona oeste de São Paulo: o “Ratão” e a “Lagartixa”.

Sua primeira exposição solo no Brasil é um convite a conhecer mais a fundo as suas criações, que tem como alicerce principal o desenho. Foi partindo desses traços que Tec, em meio à crise econômica enfrentada por seu país de origem na última década, migrou para o muralismo de rua. Em sua atual fase de produção, o artista argentino mantém constante diálogo com a arte urbana, tanto em forma quanto em conceito.

Tec

O artista argentino é responsável pelas últimas intervenções feitas nas ruas da Pompéia, em São Paulo, como “Ratão” e “Lagartixa”. Nascido em Córdoba, Argentina, foi influenciado pela cultura urbana, graffiti, viagens e bandas de rock. Também estudou desenho gráfico na Universidad de Buenos Aires e complementou seus estudos com fotografia, serigrafia, animação e vídeo, além de juntar-se ao coletivo FASE. Tec tem como base de seu trabalho o desenho, mas após a crise econômica de 2001, na Argentina, passa a trabalhar com muralismo de rua. Foi um dos artistas da exposição coletiva “De dentro e de fora”, realizada no MASP, que trouxe artistas internacionais ao Brasil.

 Serviço

“Como conseguir tintas”, por Tec @ Galeria Choque Cultural
Abertura: 11 de junho às 19h
Período expositivo: 12 de junho a 31 de julho
Rua Medeiros de Albuquerque, 250, Vila Madalena, São Paulo
Telefone (11) 3061-2365
www.choquecultural.com.br
galeria@choquecultural.com.br
Horário de funcionamento: de terça a sexta-feira, das 10h às 18h, sábados das 13h às 18h
Grátis/ Livre

Um comentário: