sexta-feira, 28 de junho de 2013

Leela faz show gratuitos em São Paulo


A Leela mostra o seu pop rock divertido, barulhento, irreverente e  sexy em duas apresentações gratuitas. No próximo dia 05, a banda faz um pocket na livraria Saraiva - Shopping Vila Olímpia, às 18h. Já no dia 06, o público da Zona Leste confere as composições do Leela no projeto "Rock nos Trilhos", no Espaço Cultural CPTM, que fica na parte superior da Estação Brás, às 18h.

No palco, a vocalista Bianca Jhordão, em companhia  do guitarrista Rodrigo Brandão e do baixista Tchago Kochenborger, solta a voz em canções, como: “On The Road”, primeira faixa do seu terceiro disco a ganhar um videoclipe, “Topo Tudo”, “Odeio Gostar” e “Cidade Sitiada”, canção em parceira com Fausto Fawcett.
Confira o clipe de "On The Road": http://www.youtube.com/watch?v=RffQLinhNfI


Banda Leela

A banda LEELA é divertida, irreverente e sexy. Sua música é direta, expressiva, de fácil audição e sem afetação ou truques fáceis, desfila uma compreensão inteligente e inspirada dos segredos do idioma ‘pop’.
Bom, isso não é novidade. Todo mundo já sabe. Então, agora a boa notícia: O LEELA está de volta! “Música Todo Dia” é o título do novo álbum da banda. Chega ás lojas em outubro de 2012 e reúne 10 canções saborosas, urgentes, apaixonadas, ótimas de se ouvir sem-parar e úteis em inúmeras situações. Canções que podem proporcionar, acima de tudo, os mais intensos devaneios erótico-afetivos com sua namorada ou namorado.

Desde de 2007, o LEELA não lança um álbum com músicas inéditas. No inicio desse período a banda viajou muito fazendo shows. Depois, Rodrigo e Bianca passaram uma temporada em Londres, formaram o grupo Brollies & Apples, lançaram um disco e fizeram shows até com o Friendly Fires. Tchago se dedicou ao design e a experimentações musicais em projetos paralelos.

Esse período de viagens trouxe á todos um novo ponto de vista, mas sobre tudo para Rodrigo e Bianca, os principais compositores da banda. A visão de um mundo em movimento, o desprendimento das ações rotineiras, o impulso da mudança, a alegria de viver ‘on the road’ através das latitudes e longitudes do planeta, no sentido horário e anti-horário, ‘easy rider’ nos próprios cinco sentidos e até na falta de sentido da vida, ampliou as possibilidades criativas da dupla.

O casal permitiu apenas que duas coisas permanecessem fixas e isso lhes serviu de eixo: Amor e Música Todo Dia.

Esse mundo em movimento, o tempo em movimento, tudo gravitando em torno do amor e da música, passou a ser o tema das novas músicas e acabou por dar um conceito ao disco, embora essa percepção só tenha surgido com o álbum pronto.

Bianca e Rodrigo jamais pararam de compor e registrar suas canções. No pequeno estúdio de áudio, pessoal e intransferível que levam por onde vão, foram elaborando, gravando e lapidando essa nova safra de composições. E em cada nova música revelam-se autores rigorosos e atentos, em controle total de sua capacidade expressiva, além de excelentes intérpretes da própria obra.

As composições se desenvolvem sem excesso, num desencadeamento de timbres, harmonias e ritmos perfeitos, somados á dose exata de recursos eletrônicos, vindos das diversas possibilidades de som contidas num sintetizador microKorg XL. “Arpegios”, “pizzicatos” e pulsões rítmicas de freqüências de áudio, foram colocadas em movimento como se estivessem num tabuleiro de xadrez.

Bianca ainda toca um Theremin com muita habilidade.Com participação cada vez mais ativa na criação das canções, o baixista Tchago Kochenborger também colaborou tocando guitarras e synths. A filósofa Carol Teixeira (Brollies & Apples) e o poeta multimídia Fausto Fawcett que, além de parceiro desde sempre da banda, empresta sua voz na narrativa de “Cidade Sitiada”, são presenças fundamentais nesse álbum. E não podemos deixar de citar Maureen Miranda, cuja delicadeza da ilustração embala a música desse disco. Se não fosse ela, não seria tão legal mostrar esse CD aos amigos.

A música do LEELA é feita para se ouvir todo dia! Bianca está cantando como nunca. Sua voz ilumina as canções do disco, sob todas as perspectivas. A guitarra de Rodrigo Brandão nunca esteve tão precisa e a variedade de timbres, ‘riffs’ e fraseados que injeta nos compassos de cada canção é um espetáculo á parte. Ouçam com atenção! O baixo de Tchago Kochenborger é perfeito graças á sua noção rítmica e senso de tocar para a música e não para o instrumento ou pelo instrumento. As cordas vibram em cada canção, impulsionando a música em todas as direções imagináveis.

A cada nova audição do disco é possível descobrir outro detalhe do arranjo, uma pausa inesperada ou uma inflexão de voz que oferece nova interpretação da letra. No fundo, o LEELA usa o pop contemporâneo como embalagem para suas reflexões e para estabelecer uma posição no mundo. Menos caos, mais leveza, mais beleza. Menos medo, mais certeza.

O LEELA está volta!

Serviço: Leela 

Data: 05 de julho (sexta)
Horário: 18h
Local: Livraria Saraiva - Shopping Vila Olímpia
Rua Olimpíadas, 360
Ingressos:
gratuitos
Censura: Livre

Data: 06 de julho (sábado)
Horário: 18h
Local: Espaço Cultural CPTM
Estação Brás - CPTM
Ingressos:
gratuitos
Censura: Livre

Nenhum comentário:

Postar um comentário