quinta-feira, 5 de setembro de 2013

Em nova série, Jo Frost conduz terapia intensiva para famílias


Foco é  estabelecer convívio familiar saudável, corrigindo a conduta de adultos, adolescentes e crianças

Famílias perfeitas não existem, mas algumas conseguem ser extremamente disfuncionais. Pais frustrados, filhos insolentes e troca de mágoas definem o relacionamento em muitas casas - é nestes lares que Jo Frost, conhecida por sua habilidade como a Supernanny, concentra seu novo trabalho: a série S.O.S. FAMÍLIA COM JO FROST (FAMILY S.O.S WITH JO FROST) que o Discovery Home & Health estreia na sexta-feira, 6 de setembro, às 22h.

Jo continua com o inconfundível estilo enérgico e carinhoso. Entretanto,  desta vez ela tem a missão de orientar a família toda, lidando a maior parte do tempo com adolescentes e adultos, o que a permite ser ainda mais firme. A cada episódio, o telespectador conhecerá uma família na qual o respeito já não permeia as relações. Eles viverão um tratamento intensivo e doloroso que nem todos estão dispostos a aceitar.

O episódio de estreia mostra a casa de Don e Julie. Eles têm uma família numerosa, formada pelo casal e seis filhos: quatro do casamento anterior de Julie (Ashley, Chad Amber e Emely) e dois do relacionamento prévio de Don (Justin e Derek), todos jovens ou adolescentes. Chad já se envolveu com álcool e drogas. As meninas têm sérios problemas com autoridade e encaram ofensas mútuas como uma atitude natural. Derek é extremamente emotivo e quer que todos sejam poupados de mais um processo desgastante de divórcio. Duas famílias morando juntas nessas condições configuram uma receita explosiva na qual também entram gritos, sensação de abandono e agressões. Jo é a última tentativa para Don e Julie - se eles não voltarem aos trilhos, vão se separar. 

O mesmo acontece com Brandi e George, o casal que protagoniza o segundo episódio - os dois estão à beira do desastre. Têm cinco filhos e o mais velho deles, Blake, sofre bullying na escola e tem reações inesperadas como, por exemplo, roubar objetos do caminhão de produção da série.

O tipo de tratamento varia de acordo com o perfil da família e idade dos integrantes. Em geral, o primeiro passo para Jo é conhecer a todos por meio de conversas e muita observação.

Ela precisa entender as diversas perspectivas sobre o problema, obter a versão de cada um e detectar os padrões que definem o relacionamento da família.

A próxima etapa é ter o apoio dos adultos - sem uma atitude coesa deles, as táticas de Jo não serão efetivas. A partir de então, ela traça um plano de ação e que inclui regras, tarefas, atribuição de responsabilidades e tentativas de restabelecer a comunicação na casa.

“Estou em busca da verdade que se esconde nos sorrisos dos retratos em família”, afirma Jo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário