quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Espetáculo de dança Grão estreia no Teatro GEO em Setembro


Rubens Oliveira e Sergio Ignacio assinam concepção e direção

Após parceria de sucesso, que rendeu a terceira melhor colocação como espetáculo de dança pelo Guia da Folha 2012 com o espetáculo de dança Carretel, o bailarino e coreógrafo Rubens Oliveira e o jornalista e psicanalista Sergio Ignacio apresentam Grão, que entra em cartaz no Teatro GEO, em São Paulo, em curta temporada.

O tema Grão surgiu da ideia de estimular e resgatar símbolos e significados que permeiam o ser humano, especialmente no que se refere a sua trajetória, de sua concepção, passando pela infância, juventude, velhice e morte física. Neste sentido, o grão figura como símbolo de mudança contínua, fazendo uma alusão ao ciclo da vida, que tem início com o plantio, a gestação e formação da vida, o cuidado, a dedicação, o desenvolvimento, a colheita (dos frutos), as oscilações da safra e entressafra (boas e más fases), (re) produção, amadurecimento e morte – e renascimento, assim como na vida.

As coreografias demonstrarão a vida, seus ciclos e fases, sempre em constante transformação. “Quando pensamos em pessoas, acredito que elas têm a oportunidade de também serem transformadas, por meio do estudo, do trabalho, da interação com outras pessoas, do aprendizado e experiências, assim como um grão, que todos somos” afirma Sergio Ignacio, codiretor do espetáculo.
  
Outra característica marcante da montagem é a verossimilhança. O objetivo é criar no público um reconhecimento com o que é visto no palco. “Exploramos o conceito de corpos urbanos, assim como fizemos em Carretel. Os bailarinos são pessoas comuns, altos, baixos, pessoas acima ou abaixo do peso ideal, de diferentes características físicas e sociais que, através de cada gesto, expressem sua própria história de vida. O resultado desta experiência faz com que a plateia se identifique com a mensagem e com os dançarinos” afirma Oliveira, que divide a direção e concepção do espetáculo.

O elenco é formado por 33 pessoas, entre 20 e 62 anos, com histórias e corpos únicos. Os idealizadores Rubens Oliveira e Sergio Ignacio participaram de criações e intervenções do coreógrafo Ivaldo Bertazzo e foram influenciados por seu projeto "Cidadão Dançante", iniciativa que levava ao palco pessoas de diferentes profissões e classes sociais.

O público poderá conferir e se identificar com os bailarinos, personagens comuns de estatura e peso diferentes, mas com a mesma essência: a constante transformação.

O espetáculo tem apoio cultural do Estúdio Anacã, cenário assinado pela dupla Patrícia Fernandes e Nelson Schiesari da HocDie Design, que fará uma alusão ao campo. Já o figurino fica por conta de Joana Porto.

Serviço

Local: Teatro GEO
Endereço: Rua Coropés, 88, bairro de Pinheiros - Complexo Ohtake Cultural – São Paulo (SP).
Datas: 12 a 15 de setembro de 2013 (de quinta a domingo)
Horário: de quinta a sábado às 21h e domingo às 18h.
Valor do ingresso: R$ 40,00 - R$ 20,00 meia entrada.
Duração: 60 minutos
Classificação: Livre
Telefone: (11) 3728- 4925

Nenhum comentário:

Postar um comentário