sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Flink-Sampa vai ser a festa internacional da cultura negra


Evento em novembro será gratuito no Memorial da América Latina

Para comemorar a Semana da Consciência Negra, a Faculdade Zumbi dos Palmares e a Afrobras - Sociedade Afrobrasileira de Desenvolvimento Sócio Cultural – realizarão a primeira edição da FLINK-Sampa, uma festa internacional da cultura negra com mais de 60 atrações gratuitas, que acontecerão de 15 a 17 de novembro, no Memorial da América Latina, com apresentações de: teatro, cinema, shows, artes plásticas, literatura, dança, esportes, seminários, fóruns, moda, beleza e consultoria em empreendedorismo.

“A Flink-Sampa tem uma proposta de mostra o protagonismo no negro nas rates e na cultura. É uma ação de integração e inclusão, que coloca a temática no negro na pauta e diante das oportunidades para criar um Brasil melhor e mais justo. Essa diversidade deve ser discutida, mostrada, debatida para que possamos integrar todos os brasileiros num círculo virtuoso da produção artística, intelectual, étnica e cultural. Moldar um Brasil que sai do sonho para se tornar realidade”, explicou Ruth Lopes, diretora da Afrobras.

A programação está sendo finalizada, mas só a Feira Literária já conta com 25 escritores, de Paulo Lins (Cidade de Deus) a Ana Maria Gonçalvez, de Nei Lopes (três prêmios Jabuti) a Joel Rufino dos Santos, que vai lançar livro na Flink-Sampa. “Muitos escritores negros querem participar, assim como cantores e atores. O evento, que tem como base a bem sucedida Flip, vai ser um portal de promoção e exposição de autores negros e da temática afrodescendente”, explicou o escritor e curador literário da Flink-Sampa, Uelinton Farias Alves, especialista em Literatura do Século XIX, que anunciou o poeta Cruz e Souza como patrono da Flink-Sampa.

Pela primeira vez, num mesmo espaço, de forma didática e direta, as ações de empreendedorismo poderão contar com avaliação do BNDES e do SEBRAE. Pelo alcance e ineditismo, o BNDES é um dos incentivadores e patrocinadores do evento.

A conselheira da Afrobras, Prof Sonia Guimarães, anunciou as atividades acadêmicas e institucionais, que terão a participação das Universidades Historicamente Negras dos Estados Unidos (HBCU), Universidades brasileiras como: UNIFESP, UNESP, UNICAMP e USP entre outras; ativistas como o ator norte americano Danny Glover e o senador americano Jesse Jackson, além de artistas, escritores e grupos de teatro de cinco nações africanas de língua portuguesa.

 No domingo, 17 novembro, a Flink-Sampa começa com um passeio ciclístico entre o Masp e o Memorial, e encerra com a entrega do Troféu Raça Negra, o “Oscar” da comunidade negra brasileira, com homenagem póstuma ao cantor Emílio Santiago.

Informações sobre a programação da Flink-Sampa estão no site http://trofeuracanegra.com.br/flink/ e sobre o Troféu Raça Negra no site http://trofeuracanegra.com.br/2013/

Nenhum comentário:

Postar um comentário