segunda-feira, 28 de outubro de 2013

O Teatro Mágico comemora dez anos com novo show


Tour começa por São Paulo e Rio e depois segue para outras

2013 é um ano de comemorações para O Teatro Mágico, que celebra dez anos de estrada. Criado pelo músico Fernando Anitelli em 2003, O Teatro Mágico se consolidou como um dos principais cases de sucesso da América Latina no uso das redes para formação de público e referência em sua estética na união da música com as artes performáticas. Em comemoração, a trupe lançou "Recombinando Atos", seu terceiro DVD ao vivo com um apanhado geral da trajetória da banda e inéditas. Um show de aniversário está sendo preparado para uma tour comemorativa, que começa por São Paulo, nos dias 15 e 16 de novembro no HSBC BRASIL, e pelo Rio de Janeiro, no dia 22 de novembro no VIVO RIO, e depois segue para Salvador, Porto Alegre, Belo Horizonte, entre outras.

O show inédito e especial trará elementos que permeiam os quatro espetáculos que o grupo montou nestes dez anos e canções como "Amanhã... Será?", "Pena", "Esse mundo não vale o mundo", "Camarada d'água" e "O anjo mais velho", entre outras surpresas. O show de aniversário já é uma tradição d'O Teatro Mágico e dez anos dão ainda mais o tom de uma comemoração especial.

Fernando Anitelli (voz, violão, guitarra) tem ao seu lado o guitarrista Daniel Santiago na direção musical. O Teatro Mágico se completa com os músicos Thiago Espírito Santo (contrabaixo), Rafael dos Santos (bateria), Galldino (violino), Guilherme Ribeiro (teclados) e os artistas performáticos Mateus Bonassa, Andrea Barbour, Kátia Tortorella e as gêmeas Natalya e Nayara Dias. Os shows do HSBC Brasil ainda terão como convidados os percussionistas Icaro Sá, Amoy Ribas e Ricardo Braga.

O Teatro Mágico

Em seus dez anos de carreira O Teatro Mágico recebeu inúmeros músicos e artistas. São três álbuns de estúdio: "Entrada Para Raros", "Segundo Ato" e "A Sociedade do Espetáculo", três DVD's: "Entrada Para Raros", "Segundo Ato" e "Recombinando Atos" e um CD ao vivo: "Recombinando Atos". Totalmente independente, a trupe marca números surpreendentes de vendagem: juntos seus três álbuns já batem a marca de um milhão de cópias e mais de 250 mil DVD's vendidos, com um modelo inovador de distribuição pela chamada "lojinha" e para algumas das principais lojas do ramo. A "lojinha" d'O Teatro Mágico, que funciona online e é montada em todos os shows do grupo, é responsável por quase 100% das vendas dos CDs e DVDs e uma das ferramentas importantes para a sua divulgação, com cerca de 200 produtos, entre camisetas (campeãs de venda), moletons, bonés, chaveiros, pijamas e mouse pads, en tre outros.

Em 2011, quando o músico e produtor Daniel Santiago assumiu a direção musical, O Teatro Mágico incorporou novas influências, cresceu e amadureceu musicalmente. Daniel Santiago, premiado nacional e internacionalmente, passou a fazer os arranjos, ser produtor e também guitarrista oficial do grupo. "Quando recebi o convite pra produzir o trabalho, vi nesse projeto um potencial imenso de comunicação e de abertura artística. Como venho a alguns anos trabalhando exclusivamente com música instrumental e MPB, ao lado de Hamilton de Holanda, Hermeto Pascoal, João Bosco e Milton Nascimento, entre outros, me vi diante de um grande desafio, manter a essência do projeto dando um acabamento musical um pouco mais sofisticado. Nesse período comecei a compor junto com o Fernando e começamos a achar uma linha bem bacana...", comenta Daniel. A experiência de trabalhar com alguém novo e, pe la primeira vez, ter um produtor externo, trouxe um frescor para o trabalho. Segundo o "front man" Fernando Anitelli, que ampliou as temáticas do cotidiano nas letras, "foi ótimo para todos, a junção da nova geração da música instrumental brasileira com a poesia e esse universo de artes performáticas! O resultado é algo muito interessante que pode ser visto no DVD-Recombinando Atos, que celebra nossos 10 anos".

Como O Teatro Mágico é uma banda que traz este conceito plural em suas apresentações, as mudanças não param por aí. Desde o início o grupo adiciona em seus shows muitos elementos visuais e cênicos para o palco. Sempre em harmonia com o som, a estética do novo show também mudou, e está totalmente ligada a essa nova fase de um grupo mais moderno e arrojado.

Mais sobre O Teatro Mágico: http://oteatromagico.mus.br/10anos/

Nenhum comentário:

Postar um comentário