sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Bailei Na Curva se apresenta no Teatro Bradesco


Mais tradicional montagem gaúcha comemora três décadas com turnê nacional      

A trajetória de sete crianças que moravam na mesma rua em 1964, encenada nos palcos pela primeira vez em 1983 com o título de Bailei na Curva, é hoje uma das maneiras de se retratar o Brasil que se forma sob o signo do Golpe Militar. Depois de três décadas de existência, o espetáculo se tornou parte do currículo escolar e é, atualmente, a peça mais montada do país. Com o passar dos anos, o sucesso permaneceu, conquistando novas gerações. Foi pensando nisso que os entusiastas do projeto e a Opus Promoções se reuniram novamente neste ano para encenar essa história em uma turnê nacional totalmente remodelada que comemora os 30 anos da montagem.

Depois da estreia em Porto Alegre, o espetáculo passa por Novo Hamburgo e Rio de Janeiro, até chegar em São Paulo para curtíssima temporada, dias 24 e 25 de janeiro, no Teatro Bradesco. As vendas de ingressos para a temporada paulista estarão abertas a partir do dia 29 de outubro de 2013.

A nova encenação manterá a essência e vitalidade da montagem original, mas será repaginada para os grandes palcos dos teatros por onde passará. O cenário, além das clássicas cadeiras, contará com projeções de imagens e um trabalho gráfico ao fundo, no intuito de produzir um registro iconográfico e facilitar a compreensão do espetáculo para as novas gerações. O elenco – formado por Bruna Bottega, Catharina Conte, Cíntia Ferrer, Eduardo Mendonça, Emilio Farias, Érico Ramos, Guilherme Barcelos, Leonardo Barison, Melissa Dornelles e Patrícia Soso. Julio Conte assina o texto final da peça ao lado de Cláudia Accurso, Flávio Bicca Rocha, Hermes Mancilha, Lúcia Serpa, Márcia do Canto e Regina Goulart.

A primeira apresentação de Bailei na Curva aconteceu em 1º de outubro de 1983, no Teatro IPE, em Porto Alegre. Com direção de Júlio Conte desde a versão inicial, a montagem rapidamente se tornou um sucesso. Já em parceria com a Opus Promoções, a primeira turnê do espetáculo realizou 280 apresentações para um público de 150 mil pessoas só no Rio Grande do Sul. O grupo ainda partiu para outras cidades do Brasil como Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília e Campo Grande. Simultaneamente, a montagem foi encenada por outros grupos teatrais em locais como Belo Horizonte, João Pessoa, Recife e Campinas. Bailei também foi convidada por Eva Sopher para festejar os dez anos da reabertura do Theatro São Pedro, o mais tradicional teatro de Porto Alegre, em 1994. Novas remontagens foram feitas em 2000 e em 2008.

Sinopse

Bailei na Curva mostra a trajetória de sete crianças, vizinhas na mesma rua em abril de 1964. Como pano de fundo, impõe-se uma forte realidade. Um golpe militar num país democrático da América Latina. A peça desenha, ao mesmo tempo, um quadro divertido e implacável da realidade. Divertido sob o ponto de vista da pureza e ingenuidade das personagens que, durante sua trajetória, enfrentam as transformações do final da infância, adolescência e juventude. E implacável graças às consequências de um Golpe Militar que vai refletir na vida adulta destes personagens.

Durante o desenvolvimento da história, vai se desenhando um painel dos usos, costumes e pensamentos da sociedade brasileira na segunda metade do século XX. As brincadeiras de colégio, as aulas de educação sexual, as matinês no cinema, as reuniões dançantes nas garagens, os namoros no carro – uma juventude que opta pela guerrilha e clandestinidade em contraste à outra juventude que abraça as drogas e cai na estrada e, finalmente, adultos que optam pelas conquistas individuais na negação do passado em contraste com aqueles que lutam para resgatar as memórias dos anos de chumbo. Uma geração que encontra sua maturidade nos movimentos de Anistia e Abertura Política. E que encerra todas as suas esperanças no mandato de Tancredo Neves para presidente da república. Sem perder a ternura, a peça inicia sua história em 1º de abril de 1964 e a encerra no dia oficial da morte de Tancredo Neves, quando um bebê, representando o futuro, é embalado em cena ao som da música Horizontes.

Serviço

BAILEI NA CURVA 
Turnê de 30 anos

Classificação: 12 anos (menores de 12 anos somente acompanhados de pais ou responsáveis)
Duração: 120 min.

Ministério da Cultura e Zaffari apresentam

Lei Federal de Incentivo à cultura
Realização: Opus Promoções, Cômica Cultural, Ministério da Cultura e Governo Federal – Brasil, país rico é país sem pobreza.
  
SÃO PAULO
Dias 24 e 25 de janeiro
Sexta e Sábado, às 21h
Teatro Bradesco (Rua Turiassú, nº 2100, 3º piso)

INGRESSOS PROMOCIONAIS
Frisas                     R$ 40,00
Balcão Nobre        R$ 50,00
Plateia (O a W)     R$ 80,00
Plateia (A a N)      R$ 90,00
Camarote              R$ 100,00

- Cliente Bradesco tem 25% de desconto na compra de até 4 ingressos, além de um guichê exclusivo na bilheteria do teatro. Desconto válido apenas para pagamentos com os cartões Bradesco.

- Usuário dos cartões Zaffari Card e Bourbon Card, possui 25% de desconto na compra de até 2 ingressos por titular do cartão na bilheteria do teatro.

* Descontos não cumulativos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário