sexta-feira, 8 de novembro de 2013

João Carlos Martins rege a Bachiana SESI-SP no Teatro do CIEE


Concerto dedicado a Bach tem solos da Elisa Fukuda, Edson Beltrami, Isaura Melo e do Jean William

O maestro João Carlos Martins rege a sua Orquestra Bachiana Filarmônica SESI-SP na terça-feira, dia 12 de novembro, às 19h30, no Teatro do CIEE, em concerto com a interpretação de parte do repertório que será apresentado no Metropolitan Museum, em Nova York, no dia 7 de dezembro.

A apresentação dedicada a Bach começa as execuções do “Concerto de Brandemburgo nº 3 e nº 4” e prossegue com a cantata “Obrigado senhor, obrigado senhor”, adaptação livre do compositor Almeida Prado. Em seguida, a orquestra interpreta duas árias da Paixão Segundo São Mateus, de Bach.

Bachiana SESI-SP

Quando João Carlos iniciou o projeto de criar uma orquestra apenas com a iniciativa privada, muitos duvidaram, mas já são mais de mil apresentações nos principais teatros do Brasil e com participação em grandes palcos ao redor do mundo. A qualidade dos músicos da Bachiana, selecionados entre as melhores orquestras brasileiras, tem sido muito elogiada. São profissionais que fazem questão de aprimorar seu talento com trabalho e estudo. Assim, a orquestra, fundada em 2004, não tardou a ganhar o merecido reconhecimento. Após cinco temporadas em que se apresentou pelo Brasil, encantou o público americano com cinco atuações de gala, sendo duas no Carnegie Hall em 2007 e 2008 e três no Lincoln Center em 2009, 2010 e 2011.

Maestro João Carlos Martins

Símbolo de superação e talento, João Carlos Martins iniciou seus estudos de piano aos oito anos, e três anos depois começava a carreira no Brasil. Aos dezoito, já estava tocando no exterior. Considerado um dos maiores intérpretes de Johann Sebastian Bach, teve como um dos pontos altos de sua carreira a gravação da obra completa para teclado deste gênio da música. Por problemas físicos, abandonou os palcos como pianista no ano de 2002. Mas não deixou a música de lado e retornou aos palcos em 2004 como maestro. Apresentou-se com sucesso em Londres, Paris e Bruxelas como regente convidado, imprimindo a mesma dinâmica que fazia quando pianista. Hoje, aos 73 anos, é regente da Bachiana Filarmônica SESI-SP, já lançou 25 álbuns, escreveu um livro emocionante sobre sua vida, intitulado “A Saga das Mãos”, é o único brasileiro a ter sua vida registrada por cineastas europeus por duas vezes e conta com um registro fotobiográfico, lançado na ONU, descrevendo em imagens sua belíssima trajetória.

Serviço

Concerto da Bachiana SESI-SP no Teatro do CIEE
Regência: João Carlos Martins
Dia: terça-feira, dia 12 de novembro
Local: Teatro do CIEE
Endereço: Rua Tabapuã, 445, Itaim Bibi
Horário: 19h30
Ingressos esgotados
Duração: 90 minutos
Classificação etária: 8 anos

Nenhum comentário:

Postar um comentário