terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Chris Murray e Orquestra Brasileira de Música Jamaicana tocam juntos no Sesc Pompeia


Música jamaicana é o ponto de partida desse encontro

Apontado pelos críticos como o melhor “one man ska band”, o músico canadense Chris Murray desembarca no Brasil para divulgar o seu novo disco, “So many roads”. O artista traz, em sua bagagem musical, as mais diversas influências culturais, mas os ritmos jamaicanos são o carro chefe de suas composições. Já a Orquestra Brasileira de Música Jamaicana (OBMJ) tem dois discos lançados, em que a influência dos acordes brasileiros se dilui em ritmos como o ska, rocksteady e earlyreggae. Tocar os clássicos da música brasileira nos estilos musicais jamaicanos dos anos 50, 60 e 70 é a proposta dessa big band. Nos dias 8 e 9 de fevereiro, o Sesc Pompeia traz ao público o encontro desses músicos.

Chris Murray nasceu no Canadá, em 1966. Ex- integrante da extinta banda de ska King Apparatus e hoje radicado nos EUA, é apontado como o melhor “one man ska band”, pelos críticos. Não é a toa que suas músicas são gravadas por artistas mundialmente conhecidos do ska e do reggae, como os Slackers, o Hepcat e o Afterhours. Ao longo de sua trajetória, o músico, com diversas passagens pelo Brasil, busca uma sonoridade simples, em suas composições.

A Orquestra Brasileira de música Jamaicana (OBMJ) formou-se a partir do encontro de Sergio Solfiatti (músico e produtor) e do trompetista Felippe Pipeta. Outros músicos se juntaram aos idealizadores da OBMJ, para formar a big band e interpretar os clássicos da música brasileira nos estilos musicais jamaicanos dos anos 50, 60 e 70.

A busca pela sonoridade da época, por meio dos arranjos e do tratamento dos timbres e efeitos, pode ser apreciada durante os shows ou escutando os discos da banda. Os arranjos executados pela bateria, baixo, guitarra e teclados seguem os preceitos da música encontrada na Jamaica, já os arranjos de sopro (trompetes, sax, trombone e flauta) são inspirados em uma linha mais orquestral e jazzística.

Com um repertório que vai de clássicos da música brasileira e segue por composições próprias, a OBMJ faz o público dançar, realizando um passeio ao som dos ritmos produzidos na Jamaica. Os temas instrumentais são frequentemente cantarolados pelo público, durante as apresentações, que segue o naipe de metais, dando voz às músicas executadas pela orquestra.
  
Serviço

Sesc Pompeia apresenta Chris Murray e Orquestra Brasileira de Música Jamaicana
Dias 8 e 9 de fevereiro de 2014, sábado, às 21h30, e domingo, às 18h30, na Choperia
Ingressos: R$ 4,00 (trabalhador no comércio e serviços matriculado no Sesc e dependentes), R$ 10,00 (usuário matriculado no Sesc e dependentes, +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino) e R$ 20,00 (inteira)
Classificação indicativa: Não recomendado para menores de 18 anos
Duração: 90 minutos
Lotação: 800 lugares
Sesc Pompeia – Rua Clélia, 93
Telefone para informações: (11) 3871-7700 
Não temos estacionamento
Para informações sobre outras programações, ligue 0800-118220 ou
acesse o portal www.sescsp.org.br
Horário de funcionamento da bilheteria:
Terça a sábado, das 9h às 21h; domingos e feriados, das 9h 19h
Formas de pagamento - cheque, cartões de crédito (Visa, Mastercard e Diners Club International) e débito (Visa Electron, Mastercard Electronic, Maestro e Redeshop)

Nenhum comentário:

Postar um comentário