quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Longa "Alguém Qualquer" ganha exibições nas aeronaves da Air France


Filme está sendo exibido até março voos nacionais e internacionais 

Seguindo o caminho inverso por ter sido produzido no Brasil, sem verba pública ou apoio das leis de incentivo, o filme ”Alguém Qualquer” que conquistou espaço em festivais internacionais de cinema, acaba de firmar parceria com a empresa Air France para que seja exibido durante seus vôos nacionais e internacionais de dezembro até março de 2014.

Com duração de 114 minutos, o filme conta a história de Zé (Tristan Aronovich), um humilde faxineiro de um prédio e restaurador de cadeiras de palha que acaba de receber o diagnóstico de que terá apenas seis meses de vida. A partir daí, uma série de conflitos internos passam a aflorar. 

”Alguém Qualquer”, conquistou quatro prêmios em menos de seis meses além de ter sido o único título brasileiro selecionado como concorrente no Beloit International Film Festival (considerado pela crítica especializada como a ve rdadeira alternativa ao festival de Sundance). Entre os prêmios conquistados estão de “Melhor Longa-Metragem” noLogan Film Festival, o Boston Latino International Film Festival (BLIFF, na Harvard University) com o prêmio “Escolha do Curador” em Boston (EUA); o Prêmio Ouro 2012 Califórnia Film Award, na categoria Narrative Film Competition  (competição de longa-metragem) e no Sedona International Film Festival,  onde recebeu o prêmio "Director's Choice Humanitarian Award" (Prêmio Humanitário) na categoria Longa- metragem.

“O filme foi classificado como “...uma obra prima universal...”  pelo diretor do festival na Harvard University (Dr. José Barriga), onde foi exibido e conquistou o único prêmio concedido na ocasião. A parti daí, começamos a traçar objetivos para a distribuição e lançamento do filme em plataformas alternativas. Curiosamente, o espaço para exibição de filmes brasileiros em nosso próprio país é extremamente limitado, já o mercado internacional apresenta caminhos interessantes que merecem ser explorados" declara Tristan Aronovich, que assina o roteiro, direção, edição e trilha sonora.

Mais detalhes sobre o longa podem ser acompanhados pelo site:

Nenhum comentário:

Postar um comentário