segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Espelho Mágico é destaque na exposição interativa “Túnel da Ciência”


Siemens apresenta ao público de São Paulo a novidade

Por meio da tecnologia conhecida como augmented reality, ou realidade aumentada, a Siemens apresenta ao público o Magic Mirror (Espelho Mágico) na exposição “Túnel da Ciência 3.0”, que até o dia 21 de fevereiro, no Centro de Convenções do Shopping Frei Caneca, em São Paulo. A tecnologia que utiliza o efeito do espelho mágico é semelhante ao de um raio-x e cria a ilusão de que é possível visualizar o próprio corpo internamente, aliando imagens reais e virtuais. Criado em parceria com a Universidade de Munique, na Alemanha, o Magic Mirror está à disposição dos visitantes na área destinada às inovações voltadas à Saúde. Já na área de Energia, a Siemens apresenta uma tela interativa com informações sobre o uso de fontes renováveis.

Uma réplica do veículo de exploração espacial rover Curiosity, enviado pela Nasa ao Planeta Vermelho em 2012, também é destaque da companhia no evento. Há mais de um ano no planeta, este é o maior e mais complexo robô já enviado a Marte para coletar evidências de condições de presença de vida. Foi desenvolvido com tecnologia da Siemens PLM, em parceria com engenheiros e cientistas da Nasa, que permitiu projetá-lo digitalmente e simular as atividades do rover . Durante o período de exploração, o Curiosity identificou a presença de um antigo leito de curso de água e amostras de solo que demonstram aos pesquisadores a possível existência de vida em Marte no passado. Esta é a primeira vez que uma réplica do robô chega ao Brasil e faz parte da exposição interativa promovida pela organização alemã voltada à pesquisa Max Planck, que já percorreu diversos países e faz sua estreia na capital paulista.

Além da tecnologia utilizada no espaço, os softwares PLM da Siemens também estão presentes na Fórmula-1. Em parceria com a Red Bull Racing, atual campeã mundial da principal competição do automobilismo - que tem como piloto o tetracampeão Sebastian Vettel -, a Siemens desenvolveu tecnologias que permitem projetar o veículo virtualmente com várias configurações capazes de simular o inter-relacionamento dos componentes no computador para melhorar o desempenho dos carros. Desta forma, é possível que os engenheiros façam simulações e passem informações por rádio aos pilotos de acordo com a necessidade da corrida, o que possibilita uma performance ainda mais competitiva dos pilotos.

Sobre o Túnel da Ciência

Criado em 2000, a mostra já visitou 20 países nos cinco continentes e recebeu mais de nove milhões de pessoas em suas três versões. A versão 3.0, apresentada no Brasil, é a mais recente – lançada na Rússia em 2013 – e está distribuída em oito módulos de conteúdo extenso e profundo, todos no limite dos conhecimentos científicos atuais: Universo – dos quarks ao cosmo; Matéria – design do mundo microscópico; Vida – dos elementos aos sistemas; Complexidade – dos dados à compreensão; Cérebro – fábrica de maravilhas na cabeça; Saúde – pesquisa para a medicina do futuro; Energia – vida no Antropoceno; e Sociedade – o mundo em mobilidade.

Serviço

Túnel da Ciência 3.0 – até o dia 21 de fevereiro de 2014, no Shopping Frei Caneca, em São Paulo. (Rua Frei Caneca, 569, Consolação)

Nenhum comentário:

Postar um comentário