quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

“Praia do Futuro” conquista mercado e crítica no Festival de Berlim


Filme traz no elenco Wagner Moura, Jesuíta Barbosa e o alemão Clemens Schick

Um dos mais aguardados lançamentos de 2014, o filme Praia do Futuro, de Karim Aïnouz, conquistou o mercado internacional no 64º Festival de Berlim. Desde a sua primeira exibição na capital alemã, o quinto longa-metragem do diretor cearense, que traz no elenco Wagner Moura, Jesuíta Barbosa e o alemão Clemens Schick, vem recebendo propostas de distribuidoras de diversos países, como Estados Unidos, França, Reino Unido e Portugal. A francesa Epicentre deverá lançar o filme em setembro, mesmo mês em que entrará em cartaz na Alemanha, através da Real Fiction.  No Brasil, Praia do Futuro chega aos cinemas no dia 1º de maio, com distribuição da Califórnia Filmes. 

Com todas as sessões esgotadas, o filme desenvolvido pela produtora paulista Coração da Selva recebeu elogios da Variety e da Screen International, duas das mais prestigiosas publicações do segmento de cinema no mundo. “O extraordinário longa-metragem de Karim Aïnouz retrata a evolução de um relacionamento gay com vigor sonoro e visual”, escreveu Guy Lodge, da Variety. “Há toques de Jacques Audiard na abertura oblíqua e cheia de movimento, e de Michelangelo Antonioni nos gélidos planos com paisagens místicas” acrescentou Lodge.

Para o crítico Jonathan Romney, da Screen International, “[Praia do Futuro] é um filme elegante, com ênfase igual nos personagens e nas paisagens marítimas e urbanas que eles habitam”. Ainda segundo ele, ”o Donato de Wagner Moura contrasta belamente com o estilo mais abrasivo de Clemens Schick, enquanto Jesuíta Barbosa dá uma impressão espinhosa ao Ayrton na fase adulta”.

O longa gira em torno de Donato (Wagner Moura), um experiente salva-vidas na Praia do Futuro, em Fortaleza. Ao fracassar pela primeira vez em um resgate, ele acaba conhecendo o alemão Konrad (Clemens Schick), amigo da vítima. Motivado pelas circunstâncias, Donato resolve recomeçar a sua vida em Berlim, deixando para trás a família. Anos mais tarde,






Nenhum comentário:

Postar um comentário