segunda-feira, 24 de março de 2014

Projeto Ademar Guerra no Festival de Teatro de Curitiba


Na Mostra Ademar Guerra a crítica do público valerá meia entrada

O Projeto Ademar Guerra – programa da Secretaria da Cultura do Governo do Estado de São Paulo, gerenciado pela POIESIS Instituto de Apoio à Cultura, à Língua e à Literatura – foi convidado para participar da edição deste ano do Festival de Teatro de Curitiba, entre 27 de março e 6 de abril. Nove grupos orientados entre 2011 e 2013 participarão da Mostra Ademar Guerra, que acontecerá dentro da programação do Fringe. 

Em 2014, o Fringe, mostra paralela do Festival de Teatro de Curitiba (que acontece entre 25 de março e 13 de abril), apresentará mais de 400 peças, além de eventos especiais, como oficinas, festas e bate papos. Serão mais de 60 espetáculos gratuitos, de 19 estados brasileiros (além de grupos da Argentina, do Paraguai e de Moçambique), e mais onze mostras com grupos e companhias de diversas regiões do país. Com curadoria artística do diretor teatral Sérgio Ferrara, os espetáculos que farão parte da Mostra Ademar Guerra sintetizam a diversidade artística do projeto.

Os espetáculos Um Pequeno Animal Selvagem (com Cia. Os Cogitadores deSão José do Rio Preto), Angustia (com Mênades e Sátiros de Presidente Prudente) e O arquiteto e o imperador da Assíria (com Cia. de 02 de São José dos Campos) representam a vertente da Dramaturgia – grupos que trabalham com fonte dramatúrgica já estabelecida, mesmo que adaptada, contemplando autores como Zeno Wilde, Fernando Arrabal e o autor clássico russo Antón Tchekhov, adaptado por Cássio Pires, dramaturgo e orientador do Projeto Ademar Guerra.

Já as peças Quadrado (com Cia. Núcleo 02 de São José do Rio Preto) e Casa de Bonecas (com Os Bárbaros Cia. de Teatro de Presidente Prudente) representam a vertente Pesquisas de Linguagem, espetáculos que dão margem a experimentações, possibilidades de encenação, formatos de dramaturgia, até a recepção do espectador, de forma inovadora.

Histórias Lá da Serra (com Anônimos da Arte de Botucatu) representa os grupos que contaram com a colaboração artística dos estagiários em teatro e o espetáculo Cordel do Amor Sem Fim (com Atores em Conserva de Tatuí), “grupo orienta grupo”, a nova modalidade de orientação desenvolvida pelo grupo Os Geraldos. Ambos são encenados por adolescentes e suas temáticas, ligadas à cultura popular, ao lúdico, à memória e também à crítica sobre nosso tempo.

E, por fim, o espetáculo A Barca do Inferno (com Cia. Athos de Batatais) representa os grupos com que trabalham com Pesquisas para Teatro de Rua, que geralmente transitam entre essa linguagem teatral e as vertentes do teatro Popular. 

Durante a mostra do Projeto também será apresentada, em diversos momentos, a performance Blanche! do G.A.L.( Grupo de Apoio à Loucura). Interagir com o grupo durante a performance, poderá resultar em um ingresso para espetáculos da Mostra Ademar Guerra. Além disso, este ano a meia-entrada será garantida aos espectadores que entregarem uma crítica ao final de cada peça da Mostra. 

Serviço

Mostra de Teatro do Projeto Ademar Guerra no Fringe - Festival de Teatro de Curitiba
Data: 27 de março a 6 de abril 
Endereço: Teatro da UFPR – Praça Santos Andrade, 50 – Centro – Curitiba 
* Espetáculos de rua na Praça XV de Novembro – Centro – Curitiba

Nenhum comentário:

Postar um comentário