sábado, 28 de março de 2015

Hambúrguer seduz pelo sabor


Como é se apaixonar? É sentir a mão soar, o coração acelerar, e aquele friozinho na barriga ao avistar a pessoa amada. Assim também é descrita a paixão pelo tão querido hambúrguer. 

“A sensação de avistar aquele prato suculento apoiada á mão direita do garçom que dobra a esquina do balcão para vir ao seu encontro é esplendoroso. É momento de ficar indeciso do que fazer. Levanto para cumprimentá-lo, beijo de cara ou mordo? Santa indecisão! Ao final agradeço e me despeço lentamente a cada saborear dos lábios”, assim descreve a sensação Camila Pereira, sócia da Pizzaria Nonno Paolo, que incentivou seu irmão a inserir o hambúrguer no cardápio de seu bar, devido sua paixão.

Comunidades pela internet, em páginas de redes sociais, grupos, blogs, sites, são algum dos lugares onde pode ser encontrada a legião de fãs dessa especiaria. Eventos internacionais têm migrado para São Paulo para acompanhar o ritmo de crescimento da adoração pelo lanche. Competições de comilança e reuniões de hamburguerias já agitam a capital paulista pelo menos uma vez ao ano.

A gerente administrativa afirma que “Esquecer o almoço e não ter o que comer depois do serviço é um dos motivos que dão início a se render aos encantos do tradicional hambúrguer”.

Adaptado a culinária nacional o hambúrguer se tornou o queridinho dos brasileiros, em especial dos paulistanos. “Eles possuem uma rotina pesada, com horários não flexíveis, e acabam sem muito tempo para se dedicar a culinária, isso faz com que a demanda pela especiaria aumente nos restaurante, bares e botecos, adaptados a hamburguerias, devido a agilidade e claro ao sabor que atrai a todos”, diz Fabio Ferreira dono do Alcino Bar, hamburgueria e gastrobar.

O hambúrguer tem uma longa trajetória. Mesmo sendo popularizado pelos Estados Unidos, seus criadores foram os Alemães, imigrantes desembarcados do porto de Hamburgo, que levou a especiaria para América em meados do século XIX na feira mundial de Saint Louis. Mas suas origens vão mais além, por volta dos séculos XII e XIII, os povos Tártaros, tribos de nômades guerreiras que habitavam as estepes da Rússia, tinham por hábito amaciar a carne dura debaixo das selas dos cavalos enquanto cavalgavam.

Uma carne em meio a dois pães marca o início da popularização do hambúrguer nos Estados Unidos, os primeiros a provarem essa especiaria foram os marinheiros, pela necessidade da proteína em seu organismo e por ser um alimento rápido. Logo essa ideia caiu no gosto da massa americana, por ser também um alimento prático e de baixo custo, o que se adequava a era da industrialização e que deu origem aos drive-ins e redes de fast foods. Hoje com o incremento de outros ingredientes o hambúrguer se tornou ícone mundial.

SERVIÇO

Alcino Bar – Fabio Ferreira
Endereço: Rua Abílio Soares, 830 – São Paulo/SP
Telefone: 55 11 3057-1461
Horário de funcionamento: De Terça a Sexta das 17h às 00h, Sábado das 12h às 00h e Domingo das 17h às 00h

Bendita Sanduicheiria –  Chef Emerson Silva
Endereço: Av. Doutor Cesário Bastos, 427– Santo André/ SP
Telefone: 55 11 4994-6722 / 55 11 4979-4510
Horário  de  funcionamento: De Terça a Quinta das 17h às 00h, Sexta das 18h às 2h, Sábado das 12h às 2h e Domingo das 12h às 00h

Nenhum comentário:

Postar um comentário