quarta-feira, 27 de maio de 2015

Programa Educativo traz debate e reflexão sobre práticas sociais ao CCBB, em São Paulo


Debater e trocar experiências sobre atividades e práticas de acessibilidade nas grandes exposições, sobretudo no acolhimento de visitantes com deficiência. Em síntese, essa é a proposta do encontro “Práticas e Reflexões com Educadores - Práticas de Mediação em Acessibilidade” que o Centro Cultural Banco do Brasil – SP realiza por meio de seu Programa Educativo, no dia 30 de maio, sábado, a partir das 10h. A atividade é gratuita terá a participação de Camila Alves, educadora cega das exposições de artes visuais do CCBB, no Rio de Janeiro. 

Neste encontro, Camila Alves trará sua experiência e pesquisa como educadora cega de exposições de artes visuais do Centro Cultural Banco do Brasil, com ênfase na exposição “Picasso e a Modernidade Espanhola”. Em cartaz até 08 de junho, a mostra trouxe a oportunidade de se desenvolver diversas ações educativas acessíveis, como recursos sonoros e táteis que ambientam o público e trazem conceitos explorados na exposição. 

A ideia do encontro é promover um intercâmbio de vivências e métodos utilizados nos setores educativos de instituições culturais e suas ações ao público com deficiência.

SERVIÇO

PROGRAMA EDUCATICO CCBB
AULA ABERTA “Práticas e Reflexões com Educadores - Práticas de Mediação em Acessibilidade”, com Camila Alves
Data: 30/Maio/ 2015 - sábado
Horário: das 10h às 12 horas
Entrada: Grátis
Local: CCBB SP – Cinema
Ed: Rua Álvares Penteado, 112 – Centro
Próximo às estações Sé e São Bento do Metrô
Informações: (11) 3113-3651 / 3113-3652
Inscrições : (11) 3113-3649
Capacidade: 70 pessoas

Acesso e facilidades para pessoas com deficiência física // Ar-condicionado // Cafeteria Cafezal

Estacionamento conveniado - Estapar Estacionamentos
Rua da Consolação, 228 (Edifício Zarvos) - R$ 15,00 pelo período de 5 horas. Necessário carimbar o ticket na bilheteria do CCBB.

Van faz o transporte gratuito até as proximidades do CCBB – embarque e desembarque na Rua da Consolação, 228 (Edifício Zarvos) e na XV de novembro, esquina com a Rua da Quitanda, a vinte metros da entrada do CCBB.

Nenhum comentário:

Postar um comentário