segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

Renault conta histórias cheias do surf




Fabricante destaca vocação aventureira do Sandero Stepway Rip Curl 

Com o tema “Viva na busca do agora”, a Renault coloca na web (www.nabuscadoagora.com.br) quatro curtas que marcam o lançamento da série limitada do Sandero Stepway Rip Curl. Os vídeos têm em torno de três minutos de duração e temas independentes: “O cara do pico”, “Gerações”, “O pico secreto” e “Todo mundo pode surfar”. 

Em comum, todos trazem como protagonista o surfista Bruno Santos, um dos maiores “tube riders” do Brasil, que usa o Sandero Stepway Rip Curl para ir atrás das melhores ondas.

Todos os vídeos mostram uma busca diferente, cheia de surpresas e de histórias bacanas para curtir, comentar e compartilhar. Os curtas foram gravados durante dez dias no começo de dezembro em quatro cidades brasileiras: Arraial do Cabo, (RJ) Saquarema (RJ), Trindade (RJ) e um “pico secreto” (gíria usada pelos surfistas para denominar os melhores lugares para surfar) no Litoral Norte de São Paulo.

“A série reúne todos os elementos para agradar em cheio, não somente aos fãs do surf, mas os apaixonados por boas histórias de maneira geral, com suas lindas imagens, locações de tirar o fôlego e roteiros surpreendentes”, diz Bruno Hohmann, diretor de Marketing da Renault do Brasil.

Na praia do Cepilho, em Trindade, uma das mais procuradas pelos surfistas da região, Bruno Santos vai atrás daquele cara que manda muito bem no surf, mas que ninguém conhece, o chamado “cara do pico”. A história contada vem recheada de imagens deslumbrantes e cheias de adrenalina.

Em Saquarema, Bruno Santos reúne no episódio “Gerações”, dois conhecidos veteranos do surf, Maraca e Jacaré, que já pegaram muita onda vida afora, com um moleque que está chegando agora e cheio de vontade. E os quatro (Bruno, os sessentões e o garoto) vão para a praia e mostram que surf não tem idade, não tem época, só vontade de buscar a onda e curtir. 

Tem lugar que todo mundo conhece, que não se tem surpresa. Mas tem lugar que é diferente, que não é para todo mundo, porque precisa ser bastante safo para chegar. E é para um desses lugares que Bruno Santos vai no episódio “O pico secreto”. Para chegar ao local das ótimas ondas, ele pega carona no barco de um pescador que, além de mandar muito bem em sua profissão, também é um grande surfista. Na volta, ambos ainda dão uma paradinha na areia para assarem na brasa um peixe recém-pescado.

No episódio “Todo mundo pode surfar”, Bruno Santos convida dois amigos surfistas para pegar umas ondas em Arraial do Cabo. Mas o que eles querem mesmo é provar para que todo mundo pode surfar. Na praia, eles vão atrás de pessoas que nunca pegaram onda e os convencem a subir numa prancha pela primeira vez. Depois dos ensinamentos básicos na areia, como remar, subir, se equilibrar na prancha, dois aprendizes vão para o mar e provam que o surf é sim um esporte democrático no qual todos podem participar. Afinal, cada busca é diferente.

3 comentários: