domingo, 12 de agosto de 2018

Marco Pereira e Paulo Bellinati fazem show no Teatro do Sesc 24 de Maio




Os violonistas se apresentam no lançamento do álbum "Xodós" 

O encontro entre os amigos violonistas Marco Pereira e Paulo Bellinati celebra a amizade e parceria musical de longa data com o lançamento de “Xodós” em única apresentação no Teatro do Sesc 24 de Maio. Para o show, as cordas de nylon do violão de Marco Pereira sintonizam com a sonoridade das cordas de aço de Paulo Bellinati. 

“Xodós” traz um repertório composto por arranjos instrumentais de Dominguinhos, Nando Cordel, Anastácia e Dilermando Reis. E, ainda, composições próprias com arranjos que prezam pelo perfeccionismo técnico do violão clássico, sem perder a aproximação harmônica da música popular brasileira. 

A parceria iniciou-se no Conservatório Dramático e Musical do Estado de São Paulo, em curso com o mestre uruguaio Isaías Sávio. Posteriormente, ambos foram para suas carreiras individuais, após os estudos na Europa - Bellinati no Conservatório de Genebra, na Suíça; e Pereira em Paris, com título de mestre em violão clássico. 

Em 1994, ganham o “Prêmio Sharp de Melhor Disco Instrumental” com o trabalho “Bons Encontros”. Em duo ou como solistas, a trajetória dos músicos consolida-se na vida acadêmica e com parcerias, como Zé Eduardo Nazário (Trio Pó de Mico), Instrumental Pau Brasil, Gal Costa. 

Marco Pereira 

Possui o título de “Mestre em Violão Clássico” pela “Université Musicale Internationale de Paris”. Pela “Universidade de Brasília”, criou os cursos de “Violão Superior e Harmonia Funcional”. Professor adjunto no Departamento de Composição da Universidade Federal do Rio de Janeiro, possui algumas publicações literárias, além das discografias, dentre elas “Heitor Villa-Lobos, sua obra para violão” (1984) a qual foi resultado da tese defendida no “Departamento de Musicologia da Universidade de Paris-Sorbonne”. Internacionalmente recebeu dois prêmios, na Espanha: “Concurso Andrés Segóvia” (Palma de Mallorca) e “Concurso Francisco Tárrega” (Valencia). 

Em 1985 e 1987 gravou dois discos: “Violão Popular Brasileiro Contemporâneo” e “Círculo das Cordas”. Em 1988 foi ao “Town Hall”, em Nova York. Na década de 1990, tocou em edições do “Free Jazz Festival”, com o Trio D´Alma (1989), solista (1991), Wagner Tiso (1992) e Edu Lobo (1996). 

Pelo prêmio “Sharp” lhe foi concedido como “Melhor Arranjador de MPB”, em 1993; e “Melhor Solista”, em 1994. 

Gal Costa, Milton Nascimento, Leila Pinheiro, Fátima Guedes, Zizi Possi, Roberto Carlos, Gilberto Gil, Toninho Ferragutti, Zélia Duncan, Cássia Eller, Nelson Gonçalves, Tom Jobim, Rildo Hora, Paulinho da Viola e Luciana Souza são outros nomes que fizeram parte de sua história que permanece vívida. 

Paulo Bellinati 

Após os estudos no Conservatório de Genebra, lecionou no Conservatório de Lausanne, formando pouco tempo depois um grupo de música instrumental brasileira. Foi professor de guitarra no Festival de Inverno de Campo de Jordão. Como compositor e solista na guitarra, uniu-se ao Pau Brasil. 

Em 1988, com a música “Jongo” a qual compôs e gravada por Cristina Azuma, foi premiado pelo Carrefour Mondiale de La Guitare. 

Serviço 

MARCO PEREIRA E PAULO BELLINATI 

Data: 15 de agosto (quarta).
Horário: 21h.
Local: Teatro | 1º subsolo (216 lugares).
Ingressos: R$ 25 (inteira); R$ 12,50 (meia: estudante, servidor de escola pública, + 60 anos, aposentados e pessoas com deficiência); R$ 7,50 (credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes). Ingressos à venda a partir de 7/8, às 12h, no portal sescsp.org.br e 8/8, às 17h30, nas bilheterias das unidades da rede Sesc SP. Venda limitada a 4 ingressos por pessoa.
Duração: 90 minutos.
Classificação etária: Livre. 

SESC 24 DE MAIO 

Rua 24 de Maio, 109, Centro, São Paulo 

Fone: (11) 3350-6300 

Horário de funcionamento da unidade 

Terça a sábado, das 9h às 21h. 

Domingos e feriados, das 9h às 18h. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário