quinta-feira, 9 de maio de 2013

Filme chileno Machuca é a próxima exibição do Projeto Cine Bijou



Dedicado ao resgate da memória política, a terceira sessão do ciclo de cinema terá filme que aborda as mudanças provocadas pelo golpe de Estado no Chile, em 1973, sob a ótica da amizade de dois meninos de classes sociais diferentes

O terceiro filme do Projeto Cine Bijou - Cinema e Memória 2013 mostrará, no dia 11 de maio (sábado), às 15h, o filme chileno Machuca, do diretor Andrés Wood​​. A obra retrata os dramáticos acontecimentos do Chile pré e pós o golpe de Estado de 11 de setembro de 1973, sob a ótica da infância de dois meninos de diferentes classes sociais. Após a sessão, haverá um debate com a educadora e jornalista Elza Lobo, do Núcleo Memória, que estava exilada no Chile quando ocorreu o golpe. A entrada é franca. As inscrições devem ser feitas exclusivamente pelo e-mail contato@nucleomemoria.org.br.

Sobre o filme:

O Chile de 1973 era governado pela coalizão de esquerda Unidad Popular, que elegera o médico socialista Salvador Allende presidente três anos antes. Nesse contexto, dois garotos no início da adolescência desenvolvem uma sólida amizade, apesar das diferenças sociais que os separam e da polarização política que atravessava o país. ​

Gonzalo Infante é de uma família de classe média alta. Pedro Machuca, de família pobre, e vive numa favela. Os dois estudam na mesma classe de uma escola de elite, em que um padre tenta integrar dois mundos distintos. Os laços de amizade se estreitam na medida em que o clima político do Chile se radicaliza, às vésperas do golpe de Estado de Pinochet.

Sob a ótica da infância, Machuca nos fornece um retrato dramático da situação política e social do Chile, antes de depois do golpe – uma abordagem utilizada com a mesma competência e êxito pelo argentino Marcelo Piñeyro em Kamchatka (2003), e o brasileiro Cao Hamburguer em O Ano em que meus pais saíram de férias (2009).

O Núcleo

O Projeto Cine Bijou é uma realização do Núcleo de Preservação da Memória Política e conta com o apoio da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, obtido através de emenda parlamentar do deputado estadual Adriano Diogo. Criado por um grupo de integrantes do Fórum Permanente de Ex-Presos e Perseguidos Políticos de São Paulo, o Núcleo Memória se tornou uma instituição autônoma em 2009, com atividades voltadas para a promoção de políticas públicas de valorização e defesa dos Direitos Humanos e do resgate da memória política do país, com ações educativas nessas áreas.

Machuca

Data: 11/05 -  (sábado)

Horário: 15h

Local: Teatro Studio Heleny Guariba (antiga sala Sergio Cardoso do Cine Bijou) - Praça Roosevelt, 184, Consolação, São Paulo

Produção: Chile, 2004​

Diretor: Andrés Wood​​

Elenco: Matías Quer, Ariel Mateluna, Manuella Martelli, Ernesto Malbrán​​

Duração: 120 minutos

Entrada: gratuita. 
Inscrições: contato@nucleomemoria.org.br.

Nenhum comentário:

Postar um comentário