sexta-feira, 19 de julho de 2013

Laticastelli promove degustações nas adegas da Toscana


Hóspedes terão a chance de conhecer uma das mais bonitas regiões do país

Ótima companhia para um prato de massa, o vinho encontra na Itália – país famoso por sua gastronomia caprichada – alguns de seus maiores apreciadores. Sejam nativos ou turistas, faz parte da tradição italiana brindar com uma boa taça da bebida – sempre presente em comemorações e ocasiões especiais. E como na bucólica região da Toscana não poderia ser diferente, o Laticastelli Country Relais promove, até outubro deste ano, degustações nos produtores locais, para que seus hóspedes possam apreciar o verdadeiro vinho italiano.

Durante o tour, os visitantes do hotel, que fica a apenas 20 quilômetros de Siena, terão a oportunidade de conhecer e experimentar os vinhos das melhores e mais exclusivas adegas da Toscana – um roteiro digno de Baco, o deus do vinho na mitologia romana. Afinal, poucos lugares do mundo têm tanta tradição vitivinicultora quanto a Itália – que é atualmente o segundo maior produtor mundial e o terceiro país que mais consome a bebida, de acordo com a International Organisation of Vine and Wine (OIV).

As degustações também são ótimas oportunidades para os turistas conhecerem a região da Toscana, já que as adegas ficam em cidades próximas, a exemplo das encantadoras Siena e Florença. A Capannelle, por exemplo, está situada em Gaiole, na região de Chianti, em Siena. Em seus 20 hectares de terreno são produzidas 80 mil deliciosas garrafas de vinho por ano, como Solare, Chardonnay e Magnum.

Imperdível, a adega Tenuta de Arceno – próxima às colinas entre Florença e Siena – produz os mais famosos vinhos do mundo, como o Chianti Classico e o Chianti Classico Riserva. Felsina, por sua vez, é uma empresa familiar. A moderna vinícola tem como principal característica o respeito às tradições locais e produz vinhos de excepcional qualidade, a exemplo do Fontalloro, Rancia e Maestro Raro.  

Outra adega que faz parte do roteiro é a Palazzo Vecchio. Aqui o vinho divide o espaço e a atenção dos visitantes com uma vista espetacular, já que a casa está situada no topo de uma colina, em uma vila rodeada de vinhedos. Na propriedade são fabricados o Vino Nobile del Montepulciano DOCG e o Rossi di Montepulciano DOC.

Já a Rocca di Castagnoli tem tradição de sobra: registros históricos datados de 940 a.C. indicam que a fazenda existe desde a época dos etruscos, uma civilização pré-romana que habitava o atual território da Itália. Estudos sugerem que este povo teria incorporado a cultura dos vinhos dos fenícios – responsáveis por espalhar o consumo da bebida pelo Mediterrâneo. A vinícola produz o Chianti Classico, dono de um aroma sedutor. 

De lá os turistas seguem para o Castello de Mondanella, onde fazem um brinde final frente aos vinhedos dos arredores – uma paisagem espetacular que traduz a atmosfera luxuosa do passeio.

Depois de encerrar o tour em alto estilo nesta construção medieval, os visitantes voltam ao Laticastelli, onde podem descansar do passeio em suas convidativas instalações. Originalmente um castelo construído no começo do século XIII, o hotel fez parte de uma série de fortalezas remotas que protegiam o sul de Siena e até hoje compõe a paisagem deslumbrante da região. São 29 confortáveis suítes equipadas com ar condicionado, frigobar, aparelho de DVD, internet Wi-Fi e telefone. Algumas delas contam ainda com sala e cozinha. A mobília rústica de origem camponesa se mistura com portas e janelas antigas e muros de pedra, que contrastam com suas modernas acomodações.

Mais informações podem ser obtidas no site www.laticastelli.com ou com as melhores operadoras de turismo brasileiras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário