segunda-feira, 13 de abril de 2015

Maria Rita mostra um pouco do legítimo samba em show exclusivo ao publico paulistano, nesta sexta-feira no Citibank Hall


Maria Rita irá apresentar o seu samba legítimo e de qualidade em show exclusivo no Citibank Hall, em São Paulo. Na ocasião, com data marcada para o dia 17 de abril, a cantora estará lançando a versão especial de seu oitavo álbum de estúdio, Coração a Batucar, que agora virá acompanhado de um DVD gravado em um show exclusivo e intimista no estúdio Cena, em São Paulo.

"Mais uma vez, aqui estou, não vou negar, eu vou representar com todo meu amor, cantando por aí, levando a alegria pro meu povo, não há nada que me faça mais feliz. É tão encantador. Meu samba, sim, senhor.” 

Este trecho, retirado da nova canção “Meu Samba, Sim, Senhor”, dá o tom para o espetáculo, que vai mostrar canções do CD Coração a Batucar, eleito o Melhor Álbum de Samba no Grammy Latino 2014, como “É Corpo, É Alma, É Religião”, “Abismo”, “Rumo ao Infinito” e “Bola pra Frente”, além, claro, de canções que marcaram o rico repertório da renomada artista, como “Mainha me Ensinou”, “O que É o Amor”, “No Mistério do Samba” e “Tá Perdoado”.

O repertório traz ainda “Fogo no paiol”, de Rodrigo Maranhão, “Abre o peito e chora” (Serginho Meriti) e “No meio do salão”, de Maurílio de Oliveira e Everson Pessoa, do novo samba paulista, da tradição do Samba da Vela. Do baú de Almir Guineto veio a bem-humorada “Saco Cheio” (Dona Fia e Marco Antonio). Os refrãos irresistíveis de Xande de Pilares e Gilson Bernini estão presentes em “Bola pra Frente” e também em “Mainha me Ensinou”, canção que a dupla assina ao lado de Arlindo Cruz. E de Joyce Moreno recebeu uma espécie de declaração de princípios em “No Mistério do Samba”: “Que bom que é poder mergulhar no mistério do samba”.

Aos que perguntam se é uma volta ao samba, sete anos depois de seu primeiro trabalho dedicado integralmente ao gênero, Maria Rita responde primeiro com os versos de “É corpo, é alma, é religião”, faixa de Arlindo Cruz, Rogê e Arlindo Neto, que encerra o disco: “Eu não nasci no samba, mas o samba nasceu em mim”. Depois, ela completa com a sua própria história: “É uma coisa intrauterina. Minha mãe adorava sambas e gravou muitos. Eu sempre estive aqui. Não posso estar voltando de onde nunca saí”.

SERVIÇO

MARIA RITA – CD E DVD “CORAÇÃO A BATUCAR”
Data: 17 de abril de 2015.
Horário: 22h.
Local: Citibank Hall SP 
End: Av. das Nações Unidas, 17.955 – Santo Amaro – São Paulo (SP).
Capacidade: 3.820 lugares.
Duração: Aproximadamente 1h40.
Ingressos: De R$ 40 a R$ 240 
Classificação etária: Não será permitida a entrada de menores de 13 anos.
14 e 15 anos: permitida a entrada (acompanhados dos pais ou responsáveis legais). 16 anos em diante: permitida a entrada (desacompanhados).
Abertura da casa: 1h30 antes do espetáculo.
Acesso para deficientes
Ar condicionado
Venda de ingressos no site: www.ticketsforfun.com.br
Venda a grupos: grupos@t4f.com.br
Meio preferencial de pagamento: Citi.
Estacionamento (terceirizado): R$ 45.

Nenhum comentário:

Postar um comentário