Pular para o conteúdo principal

Capixaba é o grande campeão da primeira etapa do Brasileiro de pôquer


Natural de São Gabriel da Palha superou 904 jogadores para ficar com o prêmio de R$294 mil

A primeira etapa do BSOP (Brazilian Series of Poker), o Campeonato Brasileiro de Pôquer, reuniu 905 jogadores, sendo quase a metade de paulistas. Mas o título, o bracelete e o prêmio de R$ 294 mil acabaram ficando com um capixaba.

André Luchi, de São Gabriel da Palha, teve a paciência necessária e escolheu a estratégia certeira para derrubar seus oponentes e sair vitorioso no primeiro BSOP de 2014, disputado no Hotel Holiday Inn Parque Anhembi, em São Paulo.

Luchi confirmou o título após mais de 8 horas de jogo, já na madrugada desta quarta-feira (5), levando a melhor no heads-up (disputa um contra um) contra o carismático jogador paraguaio Kevin Annahas, que veio ao Brasil de ônibus e acabou dormindo três dias no saguão do hotel. Persistente, o estrangeiro acabou tendo o consolo de sair com um prêmio para o segundo colocado.

Sensação da torcida, a paulista de Bauru Milena Magrini não conseguiu trazer o segundo título feminino da história do BSOP, e fechou sua participação na oitava colocação, levando R$ 28 mil para casa.

Com seus 905 inscritos para o Evento Principal, este BSOP São Paulo conseguiu a façanha de ser a maior etapa inicial do Brasileiro de pôquer na história, superando o primeiro torneio de 2013, que contara com pouco mais de 600 jogadores.

A etapa distribuiu R$ 1,65 milhão em prêmios, para os 134 melhores jogadores.

A próxima parada da série nacional de pôquer é em Foz do Iguaçu, onde acontece a segunda etapa do BSOP entre os dias 20 e 24 de março, no hotel Recanto Park.

Depois, o torneio volta à capital paulista em maio para um evento conjunto entre Campeonato Brasileiro e Campeonato Latino-Americano de Pôquer, o LAPT. As demais etapas do ano ainda não foram divulgadas.

Mais importante torneio de pôquer do país, o BSOP tem o patrocínio do PokerStars.net e da SKY.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Interior mineiro recebe o passeio off-road Suzuki Day

Cidade de Gonçalves será palco do encontro dos Suzukeiros
A cidade turística de Gonçalves, no sul do estado de Minas Gerais, será o próximo destino do passeio off-road Suzuki Day, que levará os participantes por belas trilhas em meio à Serra da Mantiqueira. O passeio não tem restrição de idade e foi criado para que os participantes possam provar e testar seus Suzuki no fora-de-estrada.

“Gonçalves tem ficado cada vez mais conhecida pelas belas paisagens e ótimos serviços de hospedagem e gastronomia. Além disso, as trilhas são bem bacanas para o off-road”, adianta Fernando Julianelli, diretor de marketing da Suzuki Veículos.

Projeto Motostory exibe acervo que retrata motociclismo brasileiro

Mostra foi idealizado por Carlãozinho Coachman, um apaixonado por motocicletas
O projeto Motostory ganhou sua primeira mostra aberta ao público como parte do Mobile Photo Festival 2019, que oferece a Exposição São Paulo em Movimento. 

"Quem visitar a exposição poderá conferir o contraste de dois mundos: a fotografia moderna do mobile através do olhar clínico destes grandes fotógrafos, e uma pequena mostra do acervo histórico do Motostory, que retrata quase um século do motociclismo brasileiro", diz Carlãozinho Coachman, seu idealizador.

Mitsubishi Outdoor desbrava as montanhas e cachoeiras de Penedo

Rali de aventura e tarefas irá explorar a Mata Atlântica com diversas atividades culturais e de aventura
Um rali que mistura a experiência off-road com atividades culturais e de aventura. Assim é o Mitsubishi Outdoor, que chega a Penedo, charmosa cidade na divisa dos estados de São Paulo e Rio de Janeiro. A região tem um cardápio repleto de aventuras em meio à paisagens incríveis e o melhor: não há limite de idade, a família toda pode participar e curtir um dia agradável repleto de diversão.

“Estaremos numa das regiões mais belas da Serra da Mantiqueira, próximos à divisa dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. A categoria Fun terá uma prova mais linear e facilitadores de navegação. E o pessoal que for na Extreme poderá esperar atividades mais longas nos PCs de aventura e muito 4x4”, afirma Fernando Gualberto, diretor de prova.