7 de maio de 2023

Rede de apoio feminista acredita na capacidade profissional das mulheres para toda e qualquer função




Comunidade do Facebook Feministrampos, acelerada pela META, está perto de atingir 150 mil mulheres

“Lugar de mulher é onde ela quiser”. Esta frase que tem sido cada vez mais dita nos últimos tempos ganha uma força maior quando falamos do Feministrampos, uma plataforma assumida há sete anos pela produtora de conteúdo Marianna Zimmermann com um objetivo principal de mostrar que toda e qualquer função pode, sim, ser desenvolvida pelo “sexo frágil”.


Sendo assim, com um grupo de 150 mil mulheres no Facebook, que postam diariamente suas buscas e ofertas de serviços, o Feministrampos não só cumpre sua missão principal, mas vai além.

Conforme explica Marianna, “somos um hub de mulheres, focado no empreendedorismo com o propósito de gerar visibilidade para marcas, produtos e serviços comandados por mulheres, viabilizando um espaço seguro para compra e venda, além de empoderar essas empreendedoras através de conteúdo autoral e de valor para apoiar o desenvolvimento do seu próprio negócio”.

Além disso, ela explica que o Feministrampos tem como missão ser uma rede de apoio para mulheres, responsável e ética para a mulher que prioriza oferecer, consumir e indicar serviços prestados por outras mulheres com segurança, além de incentivar e estimular o empreendedorismo feminino.

O Feministrampos

Com o lema “Vamos juntas”, o Feministrampos surgiu da necessidade em empoderar mulheres, a partir do momento que elas sempre são desvalorizadas quando o tema é relações trabalhistas. “Mulheres sofrem preconceito na questão salarial, são vistas como incapazes para ‘funções de homem’, não conseguem precificar seus produtos como se deve. É por essas e outras que abracei toda a causa quando assumi a comunidade”, conta Marianna.

Segundo ela, até hoje é possível ver posts nos quais termos que se depreciam são colocados como forma de vendas, tal como “cobro um preço justo e ofereço um serviço de qualidade”.

“O que mais me encanta no Feministrampos é ver a evolução de cada membro. Elas surgem tímidas, achando que precisam dizer o tal ‘preço justo’ para serem aceitas, mas aí a rede a acolhe e ela vai se empoderando e percebendo o quanto pode se olhar de uma nova maneira, com novos ângulos e em busca de novas perspectivas”, conta. “Acompanhar tudo isso é o que me move, é o que faz tudo valer a pena”.

Além das redes sociais, Marianna ainda administra seu e-commerce de mesmo nome https://www.feministrampos.com.br/, no qual são comercializados produtos como adesivos, camisetas, copos, espelhos, joias e pins, entre outros.

Quando questionada como consegue administrar um grupo de mais de 140 mil pessoas, uma comunidade com tantas mil curtidas, uma loja online e sua vida social, Marianna deixa a frase: “- se você está cansada, aprenda a descansar e não a desistir”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ultima Postagem

25 de maio é comemorado o "Dia do Orgulho Geek"

Celebração global da cultura nerd m arca lançamento de obras ícones como Star Wars, Guerra nas Estrelas e Guia do Mochileiro das Galáxias Em...