17 de fevereiro de 2024

Celebre o mês dos gatos mantendo a sua saúde e bem-estar




“Dia Mundial do Gato” é comemorado dia 17 de fevereiro e algumas orientações podem garantir a longevidade do pet

Texto: Sérgio Dias
Fotos: Pixabay

Para celebrar o mês mundial do gato, afinal no dia 17 de fevereiro é comemorado o “DIA MUNDIAL DO GATO”, o Agora Vale traz na coluna dessa semana mais informações e orientações essenciais para manter a saúde e o bem-estar dos felinos.


A população de gatos cresce anualmente em todo o planeta, tanto que hoje eles já somam mais de 33,6 milhões só no Brasil, de acordo com dados da Abinpet - Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação.

De forma crescente, pessoas se rendem à vontade de ter um animal de estimação em casa, e a tendência atual tem sido os gatos, por se adequarem melhor às rotinas cada vez mais dinâmicas, além da verticalização das cidades.

"As características comportamentais dos felinos têm atraído novos tutores, mas assim como qualquer pet, os gatos também precisam de atenção aos cuidados com sua saúde", alerta Deise Alberto, Médica-Veterinária da Mars Petcare.

Portanto a responsabilidade de cuidar de um pet vai além dos momentos de carinho e brincadeiras. Por isso, é essencial refletir sobre a importância do bem-estar, saúde preventiva e qualidade de vida proporcionada ao felino, priorizando sempre a guarda responsável.

“Realizar check-ups regulares junto ao profissional médico-veterinário é fundamental para identificar possíveis alterações e sinais de problemas de saúde, permitindo tratamentos mais eficazes, muitas vezes nos estágios iniciais da doença”, comenta Alberto.

Confira a seguir mais dicar para manter a saúde do felino em dia:

• Alimentação de qualidade: a nutrição sob medida é formulada para fornecer o nível adequado de nutrientes essenciais, como aminoácidos, ácidos graxos, fibras, vitaminas e minerais, conforme as necessidades específicas de cada animal.

Vale ressaltar que cães e gatos têm necessidades nutricionais diferentes, específicas para cada espécie. Por isso, oferecer uma alimentação adequada de acordo com a idade e condições de saúde do pet contribui para a prevenção de doenças e um estilo de vida saudável.

• Acompanhamento veterinário regular: é recomendado agendar anualmente consultas regulares com um Médico-Veterinário para exames clínicos abrangentes, incluindo avaliação dos olhos, ouvidos, dentes, peso e verificações específicas de acordo com a fase de vida e sensibilidades do gato.

• Vacinas em dia: manter o calendário vacinal do felino em dia, desde o início da vida e seguindo a orientação médica, é fundamental para fortalecer sua imunidade e reduzir assim possibilidades de contrair e desenvolver doenças.

O protocolo vacinal deve ser indicado e orientado pelo Médico-Veterinário que acompanha o animal de estimação.

• Controle de parasitas: alguns parasitas podem trazer sensibilidades ou problemas de pele, intestino e até mesmo ao coração.

Dessa maneira, o Médico-Veterinário poderá prescrever um tratamento específico para cada condição diagnosticada ou antiparasitários para a prevenção, dependendo da exposição do pet a esses organismos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ultima Postagem

Daniel realiza show especial “Daniel 40 Anos Celebra João Paulo & Daniel” na Vibra São Paulo

Apresentação contará com participação de Jéssica Reis, filha de João Paulo Texto: Redação Foto: Will Aleixo O cantor Daniel segue na estrada...