14 de março de 2024

Cidade de São Paulo recebe a quarta etapa da temporada 2024 da Fórmula E




Mundial de carros elétricos chega a capital paulista, que já teve três vencedores diferentes, sem favoritos

A cidade de São Paulo recebe a quarta etapa da temporada 2024 do Campeonato Mundial ABB FIA Fórmula E com o neozelandês Nick Cassidy, da Jaguar TCS Racing, na liderança após três pódios em três corridas disputadas.


Com 2.930 metros e 11 curvas, além de uma enorme reta, o E-Prix de São Paulo promete ser um show, e não só no que diz respeito à corrida. Uma festa pós-pódio será realizada ao final do eprix, com o palco móvel ocupando a passarela do samba e comandado por Bruno Martini e o DJ Ryan Arnold, encerrando o evento.

Apesar desse aparente domínio de Cassidy, é preciso deixar claro que em três corridas disputadas foram três vencedores diferentes. O atual campeão mundial de Fórmula E, Jake Dennis (Andretti), venceu a corrida 1 em Diriyah, enquanto Pascal Wehrlein (TAG Heuer Porcshe) foi o vencedor no E-Prix da Cidade do México, etapa de abertura da atual temporada.

Vencedor do E-Prix de São Paulo na temporada passada, o companheiro de equipe e compatriota de Nick Cassidy, Mitch Evans ocupa a quinta colocação, mas pontuou nas três provas realizadas, justificando a liderança da Jaguar TCS Racing no mundial de equipes e colocando o time britânico como o grande favorito para este fim de semana no Brasil, até mesmo por conta da etapa do ano passado.

Na ocasião, a prova contou com 114 ultrapassagens e 11 mudanças de lideranças. O top-3 cruzou a linha de chegada separados por meio segundo, e os três carros contavam com powertrain Jaguar. Além de Evans no degrau mais alto, o pódio contou com Cassidy em segundo e Sam Bird (na época piloto da Jaguar) em terceiro.

Brasileiros buscam pontos importantes na corrida de casa

Correndo pelo segundo consecutivo em casa, o paulistano Lucas di Grassi está focado em buscar os primeiros pontos desta temporada diante de sua torcida. Este ano o campeão da terceira temporada da Fórmula E retornou a ABT, equipe pela qual disputou os primeiros anos do mundial de carros elétricos, mas até o momento o brasileiro não conseguiu ter um bom desempenho.

Na temporada passada, Lucas di Grassi corria pela Mahindra e após danificar o carro no treino classificatório, foi obrigado a largar na última posição. Ainda assim, ele conseguiu escalar o pelotão e terminou o eprix da 13ª colocação.

Já Sérgio Sette Câmara chega a São Paulo após um bom fim de semana na rodada dupla de Diriyah, principalmente na corrida 1, quando o piloto da ERT Formula E Team largou em 3º e terminou a prova na 9ª colocação, marcando os dois primeiros pontos dele e do time nesta temporada.

No ano passado, Sette Câmara até fez um bom treino classificatório em São Paulo e poderia ter chegado aos playoffs se não fosse uma punição da FIA por conta de um pico indevido de energia em seu carro. Por conta disso, ele largou em 16º, posição na qual terminou o eprix.

Para a prova deste fim de semana, Sette Câmara prevê um pouco mais de dificuldades por conta do circuito de rua paulistano, que é muito mais rápido que a maioria, e conta com a maior reta do calendário, com 750 metros de pé embaixo, o que pode fazer diferença no que diz respeito ao gerenciamento de energia.

Os ingressos para o E-Prix de São Paulo estão à venda e podem ser adquiridos no site da Eleven Tickets. Para quem não puder ir ao eprix, poderá assistir a prova ao vivo na Band, a partir das 13h deste sábado (16).

Programação do E-Prix de São Paulo 2024

Sexta-feira, 15 de março

16h30 – 17h: 1º Treino Livre

Sábado, 16 de março

7h30 – 8h: 2º treino livre

9h40 – 11h03: treino classificatório

14h04: Corrida/Largada

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ultima Postagem

A3 Sportback nem parece ser um Audi de entrada

Modelo mais acessível da marca tem duas versões e une prazer e conforto de dirigir Texto: Sérgio Dias Fotos: Sérgio Dias A Audi tem um amplo...