1 de abril de 2011

Caltabiano patrocina o documentário online "Vips - Histórias Reais de um Mentiroso"

O livro "Vips - Histórias Reais de um Mentiroso", da escritora Mariana Caltabiano, que esteve presente em listas entre os mais vendidos do Brasil, que recentemente ganhou uma versão para o cinema, também terá um documentário.


O material, também produzido por Mariana, conta histórias vividas por Marcelo Nascimento da Rocha, considerado o maior vigarista do Brasil, que se passou por filho do dono da Gol, policial, guitarrista de rock, olheiro da seleção e até líder do PCC. O filme, patrocinado pelo Grupo Caltabiano, tem um diferencial, ele será exibido gratuitamente pela internet a partir do dia 1º de abril, nomeado o “dia da mentira”, e poderá ser assistido e baixado no site www.filmevips.com.br.

SkateForGirls 2011

Depois do primeiro encontro de meninas quando surgiu o SkateForGirls em 2007 no Rio de Janeiro, o evento vem ganhando destaque por conseguir reunir skatistas de vários estados.

Neste ano, a próxima edição do SkateForGirls liderado pela Skatista e Educadora Física Rafaela Carrijo, vai até São João de Meriti, Baixada Fluminense (onde há 5 meses foi inaugurada a primeira pista de street, projeto idealizado pela FASERJ), para comemorar o mês das Mulheres.

No local existia um mini-half que até então era abandonado e a Praça foi revitalizada. A pista é composta por uma rampa reta, funbox com duas caixas e um corrimão, quarter, curbs e uma pequena área para quem está iniciando.

A proposta do SkateForGirls é unir o maior número de meninas para andar de skate, defender a divisão das categorias em Feminino 1 e 2 e fortalecer ainda mais o skate feminino.

O SkateForGirls é o primeiro campeonato do Rio de Janeiro que estará contando pontos para o Bolsa Atleta e com a chancela da FASERJ Federação de Skateboard do Estado do Rio de Janeiro.

Em pareceria a Prefeitura local, através da também Skatista e Cantora Lírica Mary Jane, evento terá o apoio da Secretaria de Esporte e Lazer, Superintendência da Mulher, Ong Artefeito, que estará oferecendo serviços para a comunidade no mês da mulher como:

* Tenda da Auto estima (corte, hidratação, limpeza de pele e massagem)
* Tenda de Saúde (verificação de glicose, pressão e atendimento ginecológico)
* Oficina de Grafite

Dia 02 de abril de 2011
Local: Praça do Skate - São João de Meriti/RJ
Rua São João Batista s/nº centro (próx. a Rodoviária e Estação do metrô Pavuna)
Inscrições Gratuitas
Oficina de Skate e Grafite das 09h00 as 11h00
Campeonato Categoria Feminino 1 e 2 as 11H30
Divulgação oficial do blog: CAMPEONATOSDESKATE http://www.campeonatosdeskate.com.br

Informações:
Rafaela Carrijo
(21) 9444-1347
Divulgação: Marcos Bollmann

WEB Skate News - Curitiba/PR
Acesse: CAMPEONATOSDESKATE http://www.campeonatosdeskate.com.br

Buffet especial e distribuição de ovos para as crianças anima Páscoa do Café Journal


Buffet repleto de variações de bacalhau e distribuição de ovos da Santo Vício prometem animar o feriado santo do Café Journal

O Café Journal terá uma programação especial para agradar quem não vai viajar no feriado de Páscoa. Na sexta-feira Santa, o restaurante oferece um buffet com diversos pratos para todos os gostos, inclusive o tradicional da data, que aparece em opções variadas como a bacalhoada e o bacalhau ao creme de urucum desenvolvido pelo chef Ivan Achcar. No domingo, o buffet também estará rico em variedades, com destaque para paella, bacalhau nas natas e pato ao forno com molho de cítricos e farofa de frutas secas. E as crianças, que não podem ficar de fora na data mais doce do calendário, terão buffet especial com mini hambúrgueres, batatas smiles e franguinhos a milanesa, e receberão de presente ovos da Santo Vício Chocolate. Os buffets para ambos os almoços saem por R$ 75 reais por pessoa. Crianças de até 5 anos não pagam e crianças de 5 a 10 anos pagam metade.

SOBRE O CAFÉ JOURNAL: Dono de um cardápio contemporâneo diferenciado e de uma das maiores e mais completas adegas da cidade de São Paulo (em volumes são mais de 8 mil garrafas), o Café Journal é um espaço onde a alta gastronomia é oferecida com um atendimento caloroso, receptivo e dedicado. Além de sua vasta cata de vinhos, com aproximadamente 800 rótulos, o espaço ainda possui um agradável bar, onde os clientes encontram um serviço de bebidas Premium, num ambiente em que concilia o rústico com requinte.

Serviço
Café Journal
Endereço| Alameda dos Anapurus, 1121 - Moema (esquina com Av. Jandira)
Fone| 11 5055-9454
Buffet| R$ 75,00 por pessoa. Crianças até 5 anos não pagam. De 5 a 10 anos pagam meia.
Cervejas da Heineken
Horários de Funcionamento| Segunda à quarta-feira, das 12h as 24h; quinta a sábado, das 12h
às 1h; e domingo, das 12h às 23h.
Serviço de manobristas| R$15.
Acesso para portadores de deficiência física.
Aceita todos os cartões de crédito
Capacidade: 350 pessoas sentadas.
Ar Condicionado: Área para fumantes.

Vanessa Jackson faz única apresentação no The Orleans dia 09 de abril


Cantora mostra faixas do seu último CD e revisita Michael Jackson, Maria Rita e Espernza Spalding

Vanessa Jackson faz única apresentação no The Orleans no próximo dia 09 de abril às 23hs. No repertório canções como Don’t stop Till get enough (Michael Jackson);


Viver sem ti (Vanessa Jackson); Jeito de amar(Vanessa Jackson); I know you know (Espernza Spalding); Num corpo só (Maria Rita) entre outras canções.


Sobre Vanessa Jackson:


Aos 29 anos, a garota de origem humilde, criada num conjunto habitacional paulista, nasceu numa família de músicos, o pai Francisco Moraes é musico profissional e seu tio, o mítico pianista de samba jazz Dom Salvador. Isso despertou muito cedo o interesse de Vanessa pela música, e aos três anos começou a cantar as primeiras canções e passou a se apresentar nas festas da família. Passou pelo conservatório para estudar música clássica e aos treze anos iniciou sua carreira como cantora na noite, fez backing-vocals, dos grupos Art Popular, Soweto e Wilson Simoninha, e foi titular de uma banda que se apresentava em bailes e formaturas.


Sobreviver de cantar para ajudar a família não foi tarefa das mais fáceis, e Vanessa chegou a pensar em desistir, uma decisão que teria se concretizado, não fosse a intervenção de Wilson Simoninha. Eleita pelo publico com aproximadamente 18 milhões de votos, ganhar o FAMA, foi o primeiro passo que a consagraria entre os grandes nomes da MPB.


Vanessa levou para casa experiência e um contrato para gravar seu primeiro disco. Inicia-se então uma trajetória que começou como um sonho de menina e que inaugura uma nova fase que poderá colocá-la no primeiro time da MPB. Que ela mesma intitula como Música Preta Brasileira.


Ciente do carisma e talento da cantora, com sua voz de legitimo acento soul, a primeira gravadora arregimentou uma produção, conduzida por Guto Graça Mello, que produziu seu primeiro trabalho. Administrar o sonho não é tão simples para um a garota de origem humilde. Seu primeiro dilema foi escolher entre gravar no Abbey Road, o estúdio dos Beatles na Inglaterra, ou rumar para Hollywood. Decidiu gravar em Los Angeles, no inicio de setembro de 2002. Diante de tal sucesso, a artista foi convidada para fazer uma apresentação especial em Barcelona no canal TVE em janeiro de 2003 para o programa “Operacion Triunfo” uma versão espanhola do Fama. Cantou em Angola em Abril de 2003 no evento “DIA DA PAZ E RECONCILIAÇÃO” ao lado de Jimmy Cliff, Youssou N`Dour, Araketu, Roberto Carlos, Dog Murras, Erica Nelumba, Shaggy, entre outros. Em Novembro de 2005, fez shows em Punta Del Leste. Em dezembro de 2008 fez shows em várias cidades do Japão.


Sucesso de publico e mídia, a cantora participou inúmeras vezes do programa Domingão do Faustão, Caldeirão do Huck, Altas Horas, Programa do Jô, Mais Você, Casa é Sua, Boa Noite Brasil, Super Pop, Mulheres, Papo de Amigos, Melhor da Tarde e outros.


A artista não parou por ai, apresenta-se no Bourbon Street onde começou sua carreira e continua fazendo shows e eventos para: AMBEV, Tim, Sansung, Casas Bahia, Grupo Martins, Bic, Arcor, Festa da Virada de Ano na Avenida Paulista, Grupo CNA, Jhonson & Jhonson, Woksvangem e outros que estiveram entre os contratantes que apreciaram sua performance contagiante em eventos corporativos. A sua mais nova experiências, foi a participação no musical Rock Show de Hudson Glauber e supervisão de Wolf Maya, onde ela e mais 21 atores contam a história do rock!

Próxima atração: 11/04 - 8 do bem

Serviços The Orleans:

Vanessa Jackson - 09 de abril

Couvert: R$ 30,00 (H) R$ 20,00 (M)

Rua Girassol, 398 - Vila Madalena

São Paulo - SP - (11) 3031.1780

info@theorleans.com.br

www.theorleans.com.br

Horário de funcionamento:

De seg a domingo, a partir das 18:00

Show: 23:00hs

Sabor, cultura e alta gastronomia no cardápio "Tour Europeu"

O restaurante "Era uma Vez um Chalezinho...", no Morumbi, que este ano comemora dez anos de capital paulista, lançou uma nova opção de cardápio que apresenta a alta gastronomia européia a preços bastante convidativos. Intitulado "Tour Europeu", o menu proporciona uma viagem gastronômica por cinco países do Velho Mundo a apenas R$ 139,40 por casal, com diversos pratos a escolher na hora da montagem do jantar completo.

"Tour Europeu"

Entradas (uma opção)
Salada Caprese "Chalezinho"
Bouquet de hortaliças, tomatinhos frescos, mussarela de búfala e folhas de manjericão.
Sirva-se dos molhos de Queijo, "da Casa", e torradas de alho quentinhas.
Carpaccio Tradicionalle
Carpaccio de carne, parmeggiano, molho de alcaparras e folhas de manjericão.
Torradinhas de alho e azeite virgem.
Burrata Italiana
Típico queijo italiano, com maturação menor que o da mussarela de búfala, o que realça sua cremosidade. Servida com pães suecos e torradas de alho.

Prato Principal (1 prato por pessoa)
Fettuccine Alfredo
Pasta, manteiga, creme de leite e parmeggiano. Para quem foi a Roma e não viu o Papa.
Panzotti con Ripieno D'Agnello
Recheado com cordeiro e coberto com creme de funghi.
Salmão ao Mel
Ao molho suave de mel e champignons de Paris. Acompanha batatas rústicas.
Linguado ao Lago Espelhado
Com batatas ao molho gorgonzola e maçã assada ao mel
Filet Mignon Suíço
Tornedor aberto, presunto cru, queijo Catupiry e molho suíço, em perfeita harmonia, formam este prato de origem franco-suiça. Acompanha arroz com amêndoas e mini batatas roesti
Filet Gaulês
Filet mignon recheado com gorgonzola, flambado no cognac, acompanhado de molhos de queijos, ervilhas doces e mandioquinha palha
Medalhões L'ancienne
Filet mignon, molho de mostarda francesa e purê de barôa

Sobremesas (uma opção)
Petit Gateau dos Seus Sonhos
Acompanha sorvete de creme e calda de chocolate
Frutas Flambadas com Amendôas Crocantes
Frutas da época, cointreau, sorvete, "fogo" e amêndoas
Caldo, Amaro, Freddo e Dolce
Calda quente de chocolate meio-amargo, sorvete de creme, morangos frescos e suspiros quebrados

Serviço
"Era uma vez um Chalezinho..."
Endereço: Rua Itapimirum, 11 - Morumbi (Próximo ao Parque Burle Marx e Shopping Jardim Sul)
Fone: (11) 3501-9322
Funcionamento: Domingo a quinta, 18h às 0h30; sexta e sábado, 18h às 2h
Preço: Couvert Artístico R$ 8,00 (a partir das 20h30); Couvert R$ 12,50
Aceita cartão Visa, Mastercard, American Express e Dinners;
Possui ar-condicionado e Estacionamento com manobrista;
Capacidade: 260 pessoas

Roberta Sá é selecionada no Edital Nacional 2010 do Natura Musical na categoria Turnê Nacional


O projeto de gravação de um novo álbum e turnê de shows inéditos da cantora Roberta Sá foi selecionado entre mais de 160 inscritos na categoria Turnê Nacional do Edital Nacional 2010

Com o patrocínio da Natura a cantora Roberta Sá lança no segundo semestre o quarto álbum solo da carreira e com músicas inéditas. A artista também fará uma turnê de shows pelo Natura Musical que irá percorrer de 10 cidades, em 5 regiões do país: São Paulo, Rio de Janeiro, Ribeirão Preto, Belo Horizonte, Porto Alegre, Curitiba, Brasília, Salvador, Recife, Belém.

"A Natura contempla projetos e artistas tão diversos e especiais, que me sinto lisonjeada pela confiança da empresa na minha música. A parceria tem rolado de forma natural e tranquila. Uma vitória para o nosso time. A melhor notícia do meu ano", revela a cantora.

Este novo trabalho da artista terá produção musical de Rodrigo Campello, o mesmo responsável pelos seus dois primeiros discos, Braseiro, de 2005, e Que Belo Estranho Dia Pra se Ter Alegria, 2007, além do DVD ao vivo Pra Se Ter Alegria, lançado em 2009. As músicas do novo álbum serão composições de Pedro Luís, Moreno Veloso, Lula Queiroga e Wilson Moreira, entre outros.

"Estamos entusiasmados com nossa parceria com a cantora Roberta Sá e estamos apoiando a artista por acreditar no seu talento e reconhecimento no cenário musical brasileiro" afirma Karen Cavalcanti, gerente de Marketing Institucional da Natura.

O Edital Nacional 2010 que também contemplou 4 projetos na categoria Fomento à Música recebeu, ao todo, mais de 860 inscrições de 24 Estados brasileiros e Distrito Federal, incluindo as duas categorias, Fomento à Música e Turnê Nacional.

Os selecionados na categoria Fomento já divulgados no final de 2010 foram: a cantora Karina Buhr que vai gravar seu segundo CD com músicas inéditas e fará shows de lançamento; shows da Orkestra Rumpilezz criada pelo maestro Letieres Leite; o longa-metragem "Dominguinhos Volta e Meia" - idealizado pela cantora Mariana Aydar - em homenagem aos 70 anos do músico e com a participação de grandes nomes da música popular brasileira; e o Acervo Digital Chiquinha Gonzaga, que vai disponibilizar em um site músicas e partituras pouco conhecidas da primeira maestrina do Brasil. Nesta edição, a Natura disponibilizou um total de R$ 1 milhão por meio das Leis Rouanet ou Lei do Audiovisual para a viabilização dos 4 projetos.

Para a seleção dos projetos inscritos no Edital Nacional 2010 foi formada uma Comissão Técnica independente composta pelos jornalistas Ronaldo Evangelista - que também é pesquisador, colaborador da Folha de S. Paulo (SP) e editor do blog Vitrola; Mauro Ferreira especialista em música e responsável pela coluna "Estúdio" do jornal O Dia (RJ), além de escrever para as revistas Rolling Stone, IstoÉGente e editar o blog Notas Musicais; e o crítico do jornal Correio (BA), Hagamenon Brito, responsável também pelo caderno de Cultura e Variedades do jornal e pela manutenção do blog Pop Head.

As propostas selecionadas pela comissão foram submetidas à análise e escolha final da Natura. Dentre os critérios utilizados na avaliação e seleção dos projetos estão: adequação ao conceito, inovação, abrangência geográfica, excelência artística, linguagem pra toda gente e acessibilidade.
Em 2009, os projetos selecionados na categoria Turnê Nacional do Edital Nacional foram de Carlinhos Brown, que lançou os CDs inéditos Adobró e Dominuto; e Vanessa da Mata com o CD Bolos, bicicletas e outras alegrias. Ambos retomam suas turnês patrocinadas pela Natura este ano, com shows em cidades das cinco regiões do país.

Roberta Sá
Antes de lançar o álbum novo, a cantora Roberta Sá fará um dos últimos shows da turnê Pra se ter alegria no Festival Natura Nós 2011 que acontece dias 21 e 22 de maio, em São Paulo, na Chácara do Jockey, e que terá a participação especial do fadista português António Zambujo.
Roberta Sá nasceu em Natal, no Rio Grande do Norte, no dia 19 de dezembro de 1980. Aos nove anos, mudou-se para o Rio de Janeiro, onde mora até hoje. Aos 16 anos, começou a freqüentar aulas de canto como uma opção de atividade extracurricular e mais tarde fez intercâmbio nos Estados Unidos. Na volta ao Brasil, começou a cursar a faculdade de Jornalismo onde se formou em 2003.

Aos 20 anos, Roberta tornou-se aluna da conceituada professora Vera Maria do Canto e Melo, que a apresentou ao preparador vocal Felipe Abreu. Um show no Mistura Fina, em 2002, foi uma espécie de marco zero em sua carreira.

Felipe Abreu, que assinou a direção de voz e coro dos seus dois primeiros discos ("Braseiro" e "Que belo e estranho dia pra se ter alegria"), estava lá e o foi o seu primeiro grande incentivador. Virou parceiro, amigo e guia desde então. Foi ele que indicou o músico Rodrigo Campello para produzir uma primeira "demo" com cinco músicas, junto com o arranjador Paulo Malaguti.

Disco na mão, decidiu bater nas portas das gravadoras para entregá-lo. Foi, sozinha, a todas que tinham escritório no Rio de Janeiro. Para sua surpresa, recebeu retorno de quase todas e um especial da Som Livre dizendo que o autor de novelas Gilberto Braga, para quem também havia deixado uma "demo", tinha gostado da sua voz e que estava precisando de alguém para cantar "A vizinha do lado", de Dorival Caymmi.

Rodrigo Campello acionado, música gravada, arranjada e mixada e Juliana Paes era a atriz que receberia o tema de Roberta Sá na novela "Celebridade". Fernanda Abreu virou sua madrinha artística e João Mário Linhares, seu empresário.

Já em 2004, Roberta Sá, Rodrigo Campello e João Mário Linhares da MP,B estavam preparando o primeiro disco: "Braseiro". Ney Matogrosso, e Pedro Luís e A Parede aceitaram o convite para participar desse primeiro projeto, em agosto de 2004 o disco estava pronto.

- O repertório de "Braseiro" é uma declaração de amor à música popular brasileira. Pelo menos a que eu conhecia até aquele momento. É um álbum de memórias musicais afetivas do qual me orgulho muito. Foi aí que começou minha formação profissional, através do convívio com músicos e artistas fabulosos que me ensinaram (e ensinam) o pouco do que sei - declara Roberta.

"Que Belo estranho dia pra se ter alegria", o segundo disco de Roberta que foi lançado em 2007, marca o amadurecimento dessas parcerias, da sua condição de artista e do seu relacionamento com o universo musical. Lenine, Carlos Malta e Pife Muderno, Hamilton de Holanda Silvério Pontes e Zé da Velha, foram os convidados especiais desse novo trabalho.

- Tenho a sorte de ter gravado os discos que quis, com as pessoas que escolhi - diz Roberta.

Dois anos se passaram e o sucesso na carreira de Roberta Sá só cresceu dentro e fora do Brasil. Em 2009, ela decide fazer um registro desse momento de sua carreira e grava ao vivo no Rio de Janeiro o CD e DVD "Pra se ter alegria", que reúne repertório dos dois primeiros álbuns.

Sucessos como "Alô Fevereiro", "Interessa", "Janeiros", "Mais alguém", "Eu sambo mesmo" e "Agora sim" fizeram com que o público lotasse a casa de shows Vivo Rio em abril. ?Pra se ter alegria? foi dirigido pelo cantor e compositor Pedro Luís e pela jornalista Bianca Ramoneda. O cenário foi assinado por Gringo Cardia e o figurino, por Isabela Capeto.

"Pra se ter alegria" foi lançado para todo o Brasil em agosto de 2009 pelo selo MP,B Discos com distribuição da Universal Music. Cerca de um ano após o lançamento Roberta ganhou o prêmio de DVD de Ouro e continua até hoje a fazer shows desse disco Brasil afora.

A banda de Roberta nos shows de "Pra se ter alegria" a acompanha desde "Braseiro" e é formada pelos músicos Antonia Adnet (violão 7 cordas, vocais e percussão), Élcio Cafaro (bateria e percussão), Jovi Joviniano (percussão), Ronaldo Diamante (baixos acústico e elétrico e percussão), Rodrigo Campello (programações, violão 7 cordas, guitarra, cavaco e teclado).

Seu último e recente trabalho, lançado em julho de 2010 com o Trio Madeira Brasil (de Marcello Gonçalves, Zé Paulo Becker e Ronaldo do Bandolim), repete a dobradinha MP,B + Universal. Quando o Canto é Reza é um disco de homenagem ao compositor baiano Roque Ferreira.

O ponto de partida para a realização de Quando o Canto É Reza foi o encantamento dos quatro artistas pela obra do compositor que já havia sido gravado por artistas como Clara Nunes, Maria Bethânia, Alcione e Zeca Pagodinho. Quando o Canto É Reza passeia por diferentes ritmos, como coco, maxixe, samba carioca, maracatu, ijexá, ciranda, afoxé, samba-choro e samba-de-roda e traz 13 músicas de Roque, sendo oito inéditas.

Em agosto deste ano Quando o Canto é Reza teve seu show de estreia em Salvador, na Bahia, terra de Roque Ferreira. A apresentação obteve uma excelente aceitação do público, bem como o lançamento do disco que repercutiu por toda a imprensa brasileira sendo reconhecido por um projeto especial e emocionante na carreira de Roberta Sá.

Natura Musical
É o programa de apoio à cultura brasileira da Natura com foco em música. Lançado em 2005, beneficiou projetos de diferentes estágios e processos da música brasileira patrocinando mais de 140 projetos em todas as edições de edital público e seleção direta. Ao todo, 17 estados das cinco regiões do Brasil foram contemplados e mais de 600 mil pessoas beneficiadas.

Entre os selecionados no último Edital Nacional, na categoria Fomento à Música, estão: a cantora Karina Buhr que irá gravar seu segundo CD com músicas inéditas e fará shows de lançamento; a Orkestra Rumpilezz criada pelo maestro Letieres Leite e formada por músicos de percussão e de sopro da Bahia com influência jazzística e inspiração no candomblé; o longa-metragem "Dominguinhos Volta e Meia"- idealizado pela cantora Mariana Aydar - em homenagem aos 70 anos do músico e com a participação de grandes nomes da música popular brasileira; e o Acervo Digital Chiquinha Gonzaga, que vai disponibilizar em um site músicas e partituras pouco conhecidas da primeira maestrina do Brasil. Na categoria Turnê do Edital Nacional 2009, destacam-se os CDs e turnês inéditas de Carlinhos Brown e Vanessa da Mata, lançados em 2010.
Também já foram patrocinados os cantores Arnaldo Antunes, Lenine, Céu e Marisa Monte. O cantor Marcelo Jeneci que lançou Feito Pra Acabar, seu primeiro CD solo; o grupo Cidadão Instigado e o guitarrista Edgard Scandurra com o projeto Na Área; e o CD Sementeira: Sons da Percussão, de Naná Vasconcelos, Caito Marcondes e Marcos Suzano.

O filme "A Música Segundo Tom Jobim", documentário de longa metragem, que apresenta, pela primeira vez, a obra musical de Tom Jobim e que deve ser lançado em 2011. "O Mistério do Samba", que retrata a história da Velha Guarda da Portela, também teve o patrocínio do Natura Musical.

Em 2010, ao completar 5 anos de existência, o Natura Musical ampliou sua atuação com o lançamento de dois canais de comunicação: o Portal Natura Musical (www.naturamusical.com.br) que reúne conteúdos exclusivos e inéditos de artistas brasileiros; e o programa de Rádio Natura Musical, apresentado pela jornalista Patrícia Palumbo e veiculado, diariamente, nas rádios Eldorado FM (SP), Litoral FM (Santos-SP), e Paradiso FM (RJ).

Sobre a Natura
A Natura é a maior fabricante brasileira de cosméticos e produtos de higiene e beleza e líder no setor de venda direta. Criada em 1969 a partir de um laboratório e uma pequena loja em São Paulo, hoje a empresa possui mais de 6 mil colaboradores e registrou no ano de 2010, receita líquida de R$ 5,1 bilhões, um crescimento de 21,1% em relação ao ano anterior. O lucro líquido foi de R$ 744,1 milhões. A Natura está presente no Brasil, Argentina, Peru, Chile, México, Colômbia e França - onde mantém uma loja e um centro-satélite de pesquisa e tecnologia. Na Bolívia, Guatemala, El Salvador e Honduras atua por meio de empresa distribuidora. Sua força de vendas é formada por mais de 1,2 milhão de consultoras, sendo mais de 1 milhão no Brasil e cerca de 200 mil no exterior.

KATAKLÒ apresenta “Light”

Em maio, a famosa companhia de dança italiana traz para 12 cidades brasileiras a estreia mundial de seu novo espetáculo, “Light”

Como o nome sugere, a luz é a protagonista absoluta de Light, o novo espetáculo que a companhia italiana Kataklò Atheltic Dance Theatre traz ao Brasil em estréia mundial, para uma turnê de um mês de duração, que visitará várias cidades do país. Após os extraordinários sucessos de público e crítica obtidos com Play, a companhia mais atlética da cena italiana retorna à América do Sul, atravessa o oceano e traz consigo a energia e a arte de seus oito extraordinários artistas, dirigidos, como sempre, por Giulia Staccioli, fundadora do grupo e a mente criadora de todos os seus trabalhos.

Uma luz forte e poderosa como os corpos que a refratam; uma luz leve, solta, sinuosa, como os gestos e movimentos que os bailarinos produzem em cena. Light é uma obra coral, que através de uma sequência de quadros coreográficos, conduz o público em um caminho ascendente, rumo ao céu e a seu horizonte infinito, em um crescendo de evoluções, destrezas acrobáticas e proezas atléticas.

Light exprime ao mesmo tempo leveza e luminosidade, e o faz em perfeito “estilo Kataklò”, onde as atmosferas se fazem rarefeitas e o peso da razão, como o do corpo, encontram-se suspensos. É a preciosa alquimia entre a energia de ruptura do gesto atlético e a harmoniosa intensidade da dança a dar ao mesmo tempo frescor e força ao espetáculo. Figurinos, iluminação, invenções cênicas, tudo contribui para criar uma atmosfera mágica e surreal.

Light significa luz, luminosidade, mas também agilidade, facilidade, ausência de peso e, ao mesmo tempo, frivolidade, liberdade. Tudo isto é Light, um espetáculo que vai assombrar não somente pela forma estética, mas também pela extraordinária potência física e visual dos seus intérpretes.

O Kataklò Athletic Dance Theatre surgiu em 1995 e logo chamou a atenção pelo nome estranho – que em grego significa “eu danço dobrando-me e contorcendo-me”. Sediado na cidade italiana de Milão, tem à frente Giulia Staccioli, campeã olímpica de ginástica rítmica e com rápida passagem pelo Momix, e o marido, Andréa Zorbi, jogador de vôlei, três vezes campeão europeu e duas vezes campeão do mundo. Junto a mais oito atletas, todos com passagens por importantes competições internacionais e olímpicas, conceberam o primeiro espetáculo, “Indiscipline”, que estrearia no ano seguinte, com excelente acolhida de público e crítica. No mesmo ano, o mundo começaria a conhecer o Kataklò, quando o grupo foi convidado a participar da cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Sidney.

Em 1998 estrearam “Kataklopolis”, que apresentaram em turnê mundial por três anos e, em 2002, foi a vez de “Line Up – Energie Verticale”. Em 2003, com o espetáculo “Katacandy” inauguraram seu próprio teatro, o Spazio Studio K.

Paralelamente aos espetáculos e às turnês internacionais, o Kataklò se tornou convidado freqüente de grandes eventos, como a abertura ou encerramento de grandes competições esportivas, além de aparecerem em vários comerciais para a TV. Hoje a companhia tem 15 membros fixos, que se dividem em apresentações na Itália, Europa e turnês por todos os continentes. O grupo mantém uma rígida disciplina, que inclui ensaios diários que chegam a 10 horas de duração.

Em 2004 se apresentaram pela primeira vez no Brasil, com o espetáculo “Fair Play”, em uma aplaudida turnê vista em São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre e Belo Horizonte. Em 2005, estrearam “Livingston” e em 2008 foi a vez de “Play”, que também apresentaram no Brasil.

Desde o começo desta década a companhia tem sido constantemente vista em grandes espetáculos, como a comemoração do World Yout Day, em 2003, quando se apresentaram para o Papa João Paulo II e milhares de espectadores na Praça São Pedro; a abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno em Turin (2006) e a celebração do ano novo em Hong Kong, em 2007, entre muitos outros.

Em 2010, fizeram sua segunda turnê pelo país com o espetáculo “Play”, apresentando-se em casas lotadas em 12 cidades brasileiras No mesmo ano lançaram “Love Machines”, atualmente em turnê pela Itália e Europa. Este ano lançam “Light”, que tem estréia mundial no Brasil




Ultima Postagem

Evino apresenta uma seleção de vinhos com até 70% de desconto

Marca aposta no mês de março para promover seus produtos e causar um impacto semelhante à Black Friday A Evino vai comemorar o mês do consum...