quarta-feira, 19 de março de 2014

Filme “Entre Nós” estreia dia 27 de março


No elenco Caio Blat, Carolina Dieckmann, Paulo Vilhena e Maria Ribeiro

André Nílio Nunes da Silva

Nesta segunda-feira, 17, na cidade de São Paulo, no Hotel Staybridge no Itaim, aconteceu a coletiva de imprensa do filme “Entre Nós”, com direção de Paulo Morelli e codireção de Pedro Morelli, sendo estrelado por Carolina Dickmann, Caio Blat, Paulo Vilhena, Maria Ribeiro, Julio Andrade, Martha Nowil e Lee Taylor com estreia marcada para o dia 27 de março em todo o país.

O longa, ambientado no ano de 1992 e 2002, conta a história de um grupo de jovens amigos que decidem escrever cartas destinadas a eles, para serem abertas dez anos depois. Mas, devido a uma tragédia que ocorre no mesmo dia, eles deixam de se ver, voltando a se reunir somente na data marcada para abrirem as cartas. Com isso, o reencontro trará à tona antigas paixões, novas frustrações e um segredo escondido durante todo esse tempo.

“Não importa o caminho que escolhemos, as pessoas vão sempre estar dentro uma das outras”, disse Caio Blat em relação à separação que os personagens tiveram. Para Maria Ribeiro, “Entre Nós é um filme ao qual me vejo, sendo um dos que mais sinto orgulho”. “Minha expectativa é que as pessoas que o verão, se imaginem dentro da obra e que sonhem como os personagens”, disse Paulo Vilhena.

Esse é o primeiro trabalho em que Paulo Morelli realiza junto a seu filho, Pedro Morelli.  “Eu e meu filho encontramos algo que seria interessante de trabalhar, pois o filme aborda as relações pessoais e sociais de um grupo de amigos e ao encontrar um elenco como esse tudo se concretizou”. “A figura humana é uma pequena parte na imensidão”, disse Pedro Morelli sobre sua inspiração para o longa.

O filme venceu três prêmios na edição de 2013 do Festival Internacional do Rio de Janeiro: melhor roteiro (Paulo Morelli), melhor atriz coadjuvante (Martha Nowill) e melhor ator coadjuvante (Julio Andrade) por menção honrosa do júri. Também, no Amazonas Film Festival, recebeu o prêmio de melhor ator (Caio Blat) e melhor fotografia (Gustavo Abda).


Nenhum comentário:

Postar um comentário