quinta-feira, 17 de abril de 2014

Fábricas de Cultura reúnem artistas do grafite e jovens aprendizes para intervenção na cidade


O Projeto “Arte na Rua: Mural Grafite” foi possível graças a parceria entre a POIESIS e a CPOS

Nos dias 26 e 27 de abril, as Fábricas de Cultura Capão Redondo, Jaçanã, Jardim São Luís e Vila Nova Cachoeirinha, unidades do Programa Fábricas de Cultura do Governo do Estado de São Paulo, realizarão o projeto Arte na Rua: Mural Grafite, um grande evento de intervenção artística no bairro da Vila Mariana, Zona Sul de São Paulo. A atividade foi possível graças a parceria entre a POIESIS Instituto de Apoio à Cultura, à Língua e à Literatura e a Companhia Paulista de Obras e Serviços (CPOS). 

Ao lado de 30 artistas do grafite, os jovens aprendizes das Fábricas de Cultura e os educadores terão a oportunidade de expor suas habilidades e transformar uma área de 325 metros na Vila Mariana. 

A intervenção artística começará em um muro de 174 metros da Av. Ibirapuera, entre a Rua Joaquim Távora e a Av. 23 de Maio. Em seguida, a intervenção será na Rua França Pinto, onde serão grafitados um muro de 93 metros e as fachadas de 14 casas geminadas no total de 58 metros. Todos estes espaços pertencem à Companhia Paulista de Obras e Serviços (CPOS). 

Antes disso, entre os dias 22 e 24 de abril, os artistas grafiteiros visitarão as unidades das Fábricas de Cultura para um encontro inicial com os aprendizes, com o objetivo de compartilhar suas experiências. No dia 22, a Fábrica Jaçanã recebe o artista Ciro e a Fábrica Vila Nova Cachoeirinha, o artista John Howard. No dia 23, a Fábrica Jardim São Luís recebe o artista Pato e no dia 24, a Fábrica Capão Redondo, o artista Prozak.

A intervenção terminará com um show na Rua França Pinto, ao lado da sede da CPOS, que terá a participação de DJs convidados e aprendizes. A festa começa às 14h com DJ Hum e DJs aprendizes. Às 17h, começa o show de MC Gregory e Edi Rock. 

Edi Rock

Edi Rock, rapper e compositor brasileiro, é um dos principais nomes do rap. É integrante da banda Racionais MC’s e artista solo na gravadora Bagua Records. Tornou-se conhecido por suas composições marcantes como Beco sem Saída, Tempos Difíceis, Mágico de Oz, entre outras, que refletem a voz forte do rap. No show solo, ele apresentará os sucessos de seu trabalho Contra Nós Ninguém Será, lançado em 2013, como That's My Way. E também cantará sucessos dos Racionais MC's, como Negro Drama.

DJ Hum

Dj Hum, iniciou sua trajetória nos anos 80. Foi pioneiro e responsável no Brasil pela divulgação das novas técnicas de mixagens usadas pelos Djs Norte Americanos. Participou e produziu músicas para inúmeros artistas como Fernanda Abreu, IRA!, Jota Quest, Racionais MC’s, Marcelo D2, Chico César, Simoninha, Seu Jorge, entre outros. Em 2002 montou o seu próprio selo: Humbatuque Discos, direcionado a novos talentos da Soul Music e do Hip Hop Nacional. Dj Hum se apresenta por todo o Brasil tocando em clubes, casas de shows e eventos diversos. Além de Hip Hop e R&B, a sua seleção musical é composta de outros gêneros da Black Music.

Programação:

De 22 a 25 de abril, terça a sexta
Bate-papo entre artistas convidados e aprendizes nas unidades.

Sábado, dia 26, das 10h às 17h
Grafitagem do muro da CPOS, na Av. Ibirapuera, com 174 metros de comprimento, por 30 artistas reconhecidos do grafite em São Paulo e visita pedagógica dos aprendizes das Fábricas de Cultura.

Domingo, dia 27, das 10h às 16h
Grafitagem do muro de 93 metros da sede da CPOS da Rua França Pinto pelos aprendizes das Fábricas de Cultura em parceria com educadores e artistas do grafite. Pintura de um dos trechos da Rua França Pinto cuja fachada de 58 metros é composta por 14 casas geminadas. A Grafitagem será realizada por sete artistas. As atividades serão acompanhadas de música ao vivo num palco de rua.

Domingo, dia 27, das 16h às 19h
Show de encerramento do evento na Rua França Pinto ao lado da sede da CPOS. A festa vai acontecer ao som de DJs convidados e artistas. Os aprendizes das Fábricas de Cultura também poderão apresentar seus trabalhos de música, dança urbana e outras linguagens.

Sobre as Fábricas de Cultura

O Governo do Estado de São Paulo mantém dez Fábricas de Cultura em bairros da periferia da Capital Paulista: são cinco unidades na Zona Leste (Cidade Tiradentes, Itaim Paulista, Parque Belém, Sapopemba e Vila Curuçá), três na Zona Norte (Jaçanã, Vila Nova Cachoeirinha e Brasilândia ) e mais duas na Zona Sul (Jardim São Luís e Capão Redondo). 

Cinco unidades do programa são administradas pela POIESIS – Instituto de Apoio à Cultura, à Língua e à Literatura: FC Jaçanã, FC Vila Nova Cachoeirinha, FC Jardim São Luís, FC Capão Redondo e FC Brasilândia.

Serviço

Fábricas de Cultura:

Capão Redondo
Entrada 1: Rua Bacia de São Francisco, S/N
Entrada 2: Rua Algard, 82. 
Tel: (11) 5822-5240. 
Horário de funcionamento: terça a sexta das 9h às 20h.
Sábados e domingos: variável de acordo com a programação.

Jaçanã
Rua Raimundo Eduardo da Silva, 138. Tel: (11) 2249-8010. 
Horário de funcionamento: terça a sexta das 9h às 20h. 
Sábados e domingos: variável de acordo com a programação.

Jardim São Luís
Rua Antônio Ramos Rosa, 651. Tel: (11) 5510-5530.
Horário de funcionamento: terça a sexta das 9h às 20h. 
Sábados e domingos: variável de acordo com a programação.

Vila Nova Cachoeirinha
Rua Franklin do Amaral, 1575. Tel: (11) 2233-9270.
Horário de funcionamento: terça a sexta das 9h às 20h. 
Sábados e domingos: variável de acordo com a programação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário