29 de setembro de 2010

Sétima edição do festival Kaballah fez a grama virar lama em Itu

No último sábado, dia 25, a fazenda Cana Verde em Itu, São Paulo, foi o palco do sétimo festival de música eletrônica Kaballah.

O velho lema dos amantes da música eletrônica “até que a grama vire lama” teve a ajuda da chuva que atingiu a madrugada de sábado e o decorrer do domingo. Mas nada disto foi suficiente para assustar o público.

Algumas falhas foram evidentes e repercutiu entre o público: os palcos estavam sem identificação, as tendas não foram suficientes e a decoração não atingiu as expectativas. São pequenos erros que devem receber atenção especial dos organizadores para o próximo festival.

Mas o fato é que o line up valia a pena. Afinal, não é todo dia que um festival apresenta Astral Projection, 1200 Mics, Raja Ram, Far Too Loud, Gustavo Bravetti entre outros.

A surpresa que os organizadores liberaram na semana do evento também motivou o público: o double pass - cada ingresso garantia a entrada de um acompanhante com o portador – garantiu um grande público no festival.

Resta aguardar quais novidades que o festival Kaballah trará em sua oitava edição. Até lá!

Texto: Renata Costa

Foto: Robert Barral (Caixa Direita)

Um comentário:

Ultima Postagem

Omoda 5 EV vai ampliar a oferta de veículos eletrificados no Brasil

Modelo terá versões elétrica e híbrida, com preço na faixa do Toyota Corolla Cross Texto:  Sérgio Dias Fotos: Sérgio Dias Um modelo inédito ...