25 de outubro de 2010

Sertanejo Pop Festival reúne mais de 30 mil pessoas em dois dias


Festa do Sertanejo Universitário encerra com a sensação Luan Santana

Mais um dia que amanheceu com promessa e previsões de chuva. Porém, nada foi suficiente para espantar o público que compareceu no Chácara Jóckey para o segundo dia do maior evento de sertanejo universitário do país: “Sertanejo Pop Festival”.

Depois um primeiro dia no sábado com um set list de primeira, com apresentações de nomes como João Neto e Frederico, Guilherme e Santiago, Maria Cecília e Rodolfo, Chitãozinho e Xororó e João Bosco e Vinícius, muita gente retornou para a continuação no domingo.

Michel Teló abriu as principais apresentações do palco principal e levou a galera ao delírio quando cantou o seu maior sucesso “fugidinha”. Teló surpreendeu o público e resolveu descer do palco para cantar o hit “I gotta felling”do grupo Black Eyed Peas no meio da pista, claro, protegido pelos seguranças. O Chácara Jóckey veio abaixo.

Na seqüência, Hugo Pena & Gabriel subiram no palco principal. O grande momento da dupla foi quando cantaram a balada “mala pronta”. A pista era uma só voz. No meio da apresentação foram interrompidos pelo pessoal do Casseta e Planeta, que fizeram uma brincadeira com os personagens sertanejos Zé Mané e Zé Ruela. Risada geral na galera.

A dupla Fernando e Sorocaba, um dos mais esperados do dia, entraram na arena do “Sertanejo Pop Festival” era pouco mais de 20h. No repertório os sucessos “Bala de Prata”, “Casa Caiu”, “Pagapau” e “Delegada”. Mas a que todos esperavam era a música “Madri”, líder das paradas de sucesso. Todo mundo arranhando um “portunhol” no refrão “No puedo más mi corazón, ta doendo aqui na solidão”.

Para fechar o festival, Luan Santana era a grande estrela da festa. A molecada, principalmente as meninas, estavam ansiosas esperando o ídolo aparecer no palco. E para aumentar a ansiedade, um problema técnico atrasou a entrada do jovem astro por uns 10 minutos. Ouviram-se vaias, chiliques, gritos histéricos e até um grupo “joselito sem noção” cantando palavras de ordem política. É claro, ninguém deu ouvidos.

Problemas resolvidos, Luan Santana veio ao palco e cantou seus maiores sucessos. Difícil é saber quais músicas não eram famosas, já que todos tinham as letras na ponta da língua. Os destaques para as mais populares “Sinais”, “Meteoro”, Adrenalina” e “Você não sabe o que é amor”.

Pra quem deixou de ir pensando na chuva, se deu mal. Quem se arriscou, passou um final de semana sertanejo de primeira. Organização impecável, pouco tumulto e com as apresentações, quase sempre, dentro dos horários previstos.

Que venha a segunda edição do “Sertanejo Pop Festival”. Os universitários agradecem.

Por Marcel Agarie

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ultima Postagem

25 de maio é comemorado o "Dia do Orgulho Geek"

Celebração global da cultura nerd m arca lançamento de obras ícones como Star Wars, Guerra nas Estrelas e Guia do Mochileiro das Galáxias Em...