Pular para o conteúdo principal

O medo de dirigir!




Priscila Martins* 

O medo é inerente a todo ser humano e ele é bom, pois proporciona cautela e cuidado. O problema é quando ele te paralisa ao ponto de não conseguir enfrentá-lo. Torna-se patológico e é preciso tratá-lo. 


O medo de dirigir pode esconder outras inseguranças. Por causa disso, a dificuldade para superar o problema é ainda maior. É considerado uma fobia que se denomina Amaxofobia, o que impede o indivíduo de se locomover através de um automóvel. 

Isso pode ocorrer de forma multifatorial, podendo ter causas através de traumas ou até mesmo o indivíduo apresentar um esquema disfuncional de incapacidade, envolvendo desde o estresse, desgaste físico e mental a bordo dos veículos. Com tratamento psicológico esses medos podem ser revertidos.

O que para a maioria dos condutores de automóveis é automático, como trocar marcha, frear, acelerar, olhar o retrovisor, o movimento de outros veículos, ciclistas e pedestres, para alguns a situação é diferente. 

Eles sentem pânico ao dirigir, passando por uma verdadeira perturbação ao entrar no carro, já que para eles esse ato de dirigir é arriscado demais. A ansiedade causada é inevitável e incontrolável, entrar em um automóvel a sensação é paralisadora, prejudicando assim a vida dessas pessoas. 

Algumas pessoas passam por apenas algumas sessões, estruturando o comportamento para mudar positivamente a forma de pensar e agir, enquanto outras necessitam de um tratamento mais longo para que realmente consigam superar o medo. Portanto, cada caso é um caso que precisa ser analisado de forma isolada. 

Durante o tratamento psicológico, é fundamental que o paciente permita-se errar, atos como deixar o carro morrer, por exemplo, é um erro simples que pode ser contornado. 

Controlar seus pensamentos mesmo quando os sintomas como boca seca e tremor aparecerem é importante, é preciso continuar tentando, essa situação se amenizará com o tempo e a prática. 

No tratamento já observamos que não apenas falar sobre o medo é suficiente em muitos casos para alcançarmos os resultados esperados. É importante o paciente se expor a situação de forma gradativa. 

Iniciamos com a exposições de fotos de veículos e parte dele e aos poucos vamos introduzindo o paciente ao ato de dirigir controlando os seus sintomas. 

É possível através do tratamento ter mais autonomia, ter possibilidade de realizar viagens, passeios, liberdade em poder sair quando e como quiser com qualidade de vida. Pense em toda a satisfação que poderá ser adquirida. 

Trabalhando seus pensamentos e emoções negativas te dará condições de utilizar defesas mais estruturadas. Quando atingimos flexibilidade cognitiva fica mais fácil para mente se organizar. 

Enfrente esse desafio e saiba que é possível você adquirir autonomia e dominar essa dificuldade. 

*Priscila Martins, Psicóloga, e-mail psipriscilamartins@gmail.com e instagram @psicologa_priscilamartins

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Interior mineiro recebe o passeio off-road Suzuki Day

Cidade de Gonçalves será palco do encontro dos Suzukeiros
A cidade turística de Gonçalves, no sul do estado de Minas Gerais, será o próximo destino do passeio off-road Suzuki Day, que levará os participantes por belas trilhas em meio à Serra da Mantiqueira. O passeio não tem restrição de idade e foi criado para que os participantes possam provar e testar seus Suzuki no fora-de-estrada.

“Gonçalves tem ficado cada vez mais conhecida pelas belas paisagens e ótimos serviços de hospedagem e gastronomia. Além disso, as trilhas são bem bacanas para o off-road”, adianta Fernando Julianelli, diretor de marketing da Suzuki Veículos.

Talentos do "School of Rock" participam da São Paulo Oktoberfest 2019

Clássicos do rock agitam agitam a lineup do evento
A terceira edição da São Paulo Oktoberfest anunciou a School of Rock como parceira do evento. Uma parte da música da festa será levada pela escola. O palco Rock será equipado com instrumentos fornecidos pela rede e o lineup contará com nove bandas formadas por alunos School of Rock de 12 a 17 anos e o repertório, é claro, será composto por clássicos do rock nacional e internacional. 

“Esta parceria compartilha um dos conceitos prioritários da São Paulo Oktoberfest, que é o de valorizar o jovem talento por meio de iniciativas que promovam a participação dos estudantes não só como público visitante ou expectador, mas como como verdadeiros atuantes neste evento de grande visibilidade para todo o Brasil”, afirma embaixador da São Paulo Oktoberfest, Walter Cavalheiro Filho. 

Primeira parte da sétima e última aventura da série Harry Potter ganha novos pôrteres

Um dos filmes mais aguardados do ano, Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 1, ganha novos pôsteres de divulgação. O clima sombrio da épica batalha final entre as forças do bem e do mal é evidenciado nas duas séries especiais de imagens “caught” e “action”.

As frases “Não confie em ninguém” e “Nenhum lugar é seguro” acompanham Harry, Hermione e Ron nas artes. Na série “action” os heróis aparecem isolados em cada um dos pôsteres, machucados e prontos para a batalha em pontos distintos da cidade. Na arte “caught”, Hermione aparece com Harry na primeira imagem e na outra com Ron e o clima de desconfiança é evidenciado.

Os vilões da saga também aparecem prontos para a batalha nos novos pôsteres. Com varinhas em punho, Voldemort e companhia aparecem em imagens ameaçadoras com a inscrição “A caçada começa”.

A Parte 1, com estreia marcada para 19 de novembro, tem início quando Harry, Ron e Hermione saem em uma perigosa missão para encontrar e destruir o segredo da imortalidade e poder…