21 de janeiro de 2023

Potência da Volkswagen Amarok deixa concorrentes para trás




Picape é oferecida em duas versões com motor de 258 cavalos

Texto: Sérgio Dias
Fotos: Divulgação e Sérgio Dias

O Blog Alpha Lazer teve a oportunidade de conhecer e avaliar a Volkswagen Amarok antes de ser apresentada a nova linha, que deve chegar ao mercado brasileiro importada da Argentina com algumas modificações ainda no primeiro semestre de 2023.


Uma das principais qualidades da Volkswagen Amarok é proporcionar um rodar suave e confortável semelhante a de um utilitário esportivo, tudo em razão da quantidade de recursos tecnológicos e equipamentos voltados para o conforto e a comodidade não apenas do motorista, mas de todos os ocupantes.

A atual geração é oferecida nas versões V6 Highline e V6 Extreme, ambas com uma caçamba com capacidade volumétrica de 1.280 litros. Suas dimensões são 1.555 milímetros de comprimento, 580 milímetros de altura, 1.620 milímetros de largura e 1.222 milímetros entre as caixas de roda, com uma carga útil máxima de 1.156 quilos.


A versão de entrada V6 Highline tem como destaques o ar-condicionado digital Climatronic de duas zonas; banco do condutor e passageiro "ergoComfort" com ajuste de 14 vias, sendo 12 elétricas e duas manuais; câmera de ré e sensores de estacionamento dianteiros e traseiros; faróis bixênon com luz de condução diurna em LED; e rodas de liga leve 7,5 x 18.

Já a versão topo de linha V6 Extreme avaliada por nós se destaca pelos ar-condicionado digital Climatronic de duas zonas; bancos dianteiros com ajustes elétricos do motorista e passageiro; câmera de ré e sensores de estacionamento dianteiros e traseiros; revestimento dos bancos parcialmente em couro "Nappa"; e rodas de liga leve de 20".

Agora é impossível deixar de falar da aceleração de 0 a 100 km/h em 7,4 segundos da picape Amarok. Trata-se de um desempenho semelhante aos modelos esportivos da Volkswagen.


As versões são equipadas com a motorização 3.0 V6 TDI com incríveis 258 cavalos de potência. Como comparação com os dois modelos que lideram o segmento de picapes médias, temos a Toyota Hilux com motor de 204 cavalos de potência e a Chevrolet S10 com motor de 200 cavalos de potência.

Para atingir toda essa potência a Volkswagen realizou um trabalho sobre o motor 3.0 V6 TDI, que antes tinha “apenas” 225 cavalos, potência suficiente para deixar a Amarok na liderança entre as outras cinco tradicionais picapes do mercado.

Com uma nova calibração da central eletrônica, a motorização teve um ganho de 33 cavalos entregues entre 3.250 rpm e 4.000 rpm. Juntamente com este ganho de potência, o torque foi elevado significativamente, passando de 56,1 kgfm (550 Nm) 59,1 kfgm (580 Nm).

E para fechar o assunto potência, outra novidade é a função Overboost, que permite, durante 10 segundos, que o motorista tenha um incremento notável de 14 cavalos, elevando a potência total da Amarok para 272 cv.


A função Overboost fica disponível quando a picape roda entre 50 km/h e 120 km/h. Trata-se de um recurso ideal para uma ultrapassagem em subida com a caçamba lotada, por exemplo. Depois de utilizada, a função Overboost volta a estar disponível após apenas cinco segundos de intervalo.

A transmissão da Volkswagen Amarok é automática de oito velocidades, com a possibilidade de trocas manuais pela alavanca ou pelas aletas atrás do volante.

A tração integral 4MOTION garante capacidade e segurança máxima, especialmente em situações fora de estrada, como em pisos de terra, cascalho ou muito acidentados.

Outros recursos eletrônicos de série são: Controle Eletrônico de Estabilidade (ESC); HDC (Hill Descent Control ou Controle Automático de Descida); HSA (Hill Start Assist ou Assistente para Partida em Subida); BAS (Sistema de Assistência à Frenagem); ASR (Controle de Tração); EDS (Bloqueio Eletrônico do Diferencial); freios ABS off-road; RBS (sistema de frenagem na chuva); freios com discos ventilados nas rodas traseiras; airbags frontais e laterais para motorista e passageiro; e Post Collision Brake (sistema que para o veículo após uma batida frontal).

Em termos de conectividade, as versões Highline e Extreme trazem de série a intuitiva central de infotainment Discover Media com App-Connect, CD-player/MP3, conexão Bluetooth, entradas USB, SD-card (2) e aux-in, sistema de navegação nativo e tecnologia de espelhamento de smartphone via Apple CarPlay e Android Auto.












Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ultima Postagem

Já é tempo de planejar as férias com o seu pet

Garantir uma experiência segura e livre de preocupações durante os períodos fora de casa é fundamental Texto:  Sérgio Dias Fotos: Pixabay Qu...