27 de agosto de 2023

Honda traz econômica versão híbrida do Civic para o Brasil




e:HEV é importada da Tailândia e tem como principais concorrentes as versões híbridas do Toyota Corolla

Texto: Sérgio Dias
Fotos: Sérgio Dias

No fim de 2021 a Honda interrompeu a produção do Civic no Brasil, até então o modelo que fazia alguma frente ao líder de vendas Toyota Corolla. Agora em 2023 a fabricante japonesa decidiu voltar a comercializar o modelo no mercado brasileiro na versão híbrida e:HEV, que fez sua estreia na garagem do Blog Alpha Lazer.


Importado da Tailândia, o Honda Civic e:HEV tem como principal concorrente, considerando o segmento e a motorização, as duas versões híbridas do Toyota Corolla. No quesito preço, um dos fatores decisivos na hora da compra, o Civic e:HEV está em grande desvantagem.

Enquanto a versão única do Honda Civic e:HEV tem preço a partir de R$ 244.990,00, a Toyota comercializa o Corolla na versão Altis Hybrid a partir de R$ 183.790,00 e a versão Altis Hybrid Premium a partir de R$ 193.590,00. Uma diferença de até R$ 61.200,00.



Por esse preço o Honda Civic e:HEV vem equipado com sistema de propulsão híbrido que conta com um motor elétrico de 184 cavalos e outro motor a gasolina de 2,0 litros de 143 cavalos. Um segundo motor elétrico cumpre função de gerador de energia para a IPU -- Intelligent Power Unit, o compacto conjunto de baterias de íons de lítio posicionado sob o assento do banco traseiro.

De acordo com o Programa Brasileiro de Etiquetagem essa motorização tem consumo de 18,3 km/l na cidade e 15,9 km/l na estrada, com nível de eficiência energética de 1,21 MJ/km.



O sistema e:HEV tem três modos de condução: EV Drive, elétrico; Hybrid Drive, elétrico e combustão; e Engine Drive, somente combustão, que se alternam automaticamente em função de fatores como topografia, demanda de acelerador, nível de energia nas baterias etc.

Na grande maioria das situações, o Civic Híbrido é tracionado pelo motor elétrico. O Hybrid Drive é ativado nos momentos de maior pressão sobre o acelerador. Em ambas as situações, o motor a combustão é ativado para girar o motor gerador, suprindo a maior demanda de energia elétrica. Por fim, o Engine Drive, modo em que a tração é feita prioritariamente pelo motor a combustão.



Qualquer que seja o modo de operação atuante, frenagens e desacelerações resultam em recuperação de energia, o que amplia a economia especialmente em situações de tráfego “para-e-anda”.

A presença de tecla “Drive Mode” no console, logo abaixo das teclas P, R, N e D, possibilita a seleção entre “Normal”, “Sport”, “Eco” e “Individual”. Em “Sport”, a resposta ao acelerador será mais direta, beneficiando uma condução esportiva. Em “Eco”, a atuação do acelerador privilegiará a economia, enquanto em “Individual” é possível a personalização de parâmetros como a resposta do acelerador e do sistema de direção. O modo “Normal” faz com que os ajustes retornem ao padrão que prevê um balanceamento entre performance e eficiência.

No design o Honda Civic e:HEV tem uma carroceria com três volumes bem definidos, com as linhas do para-choque e do capô conectando visualmente faróis e lanternas iluminados por LED. Estes, por sua vez, exibem assinatura luminosa com formas similares entre si.



Internamente se destaca a horizontalidade do painel, cujo posicionamento baixo e estilo limpo, sem interferência graças aos difusores de ar ocultos, colabora a consulta dos instrumentos, posicionados em tela de TFT colorida de 10,2 polegadas.

O console central inclui porta-copos ao lado das teclas de comando da transmissão e uma ampla área para acomodar smartphones de todos os tamanhos e recarregá-los sem necessidade de cabo.

Os bancos dianteiros contam com sistema de estabilização corporal, garantindo total conforto mesmo após viagens mais longas. Há ainda ajustes elétricos para motorista e passageiro.

O porta-malas do Civic híbrido tem 495 litros e ao destravar a tampa pelo botão na chave ou na porta do motorista, ela se eleva de maneira controlada até o ponto máximo de abertura.


Outro destaque do modelo é a conectividade: condutor e passageiro dispõem de uma central multimídia com tela de 9”, prática e intuitiva em termos de utilização, seja por toque ou comandos de voz, com acesso ao Apple CarPlay e Android Auto.

Funções como telefone, navegador e controle do sistema de áudio via touchscreen são complementados por comandos físicos das funções “Home”, “Voltar” e “Volume”, facilitando a operação quando com o carro em movimento.

No painel de instrumentos digital de 10,2” colorido é possível visualizar diversas informações sobre a condução, mas sempre priorizando a visualização e compreensão imediata dos dados prioritários, como velocidade, nível de energia armazenado/regenerado e dos dispositivos de gerenciamento do estado geral de funcionamento do veículo.

Ainda no painel é possível visualizar a representação gráfica do fluxo de energia do powertrain em tempo real, o que estimula o motorista a uma utilização mais consciente e econômica do modelo.


O Civic e:HEV traz diversos outros equipamentos e tecnologias, como chave com partida remota do motor, ar-condicionado dual zone com difusores frontais camuflados, banco traseiro com encosto rebatível, carregador sem-fio para celular, difusores de ar e portas USB iluminadas na traseira, teto solar e limpadores de para-brisa inteligentes.

Assim como nos demais modelos da Honda, o Civic e:HEV conta com o SENSING, exclusivo pacote de tecnologias de segurança e assistência ao motorista, que se baseia em imagens captadas por uma câmera de longo alcance e de visão grande angular, operada por um microprocessador de imagem de alta capacidade.

As cores disponíveis para o Civic híbrido são Branco Topázio e Preto Cristal (perolizadas) e Cinza Basalto e Prata Platinum (metálicas). O interior será em cinza claro quando a cor externa for Branco Topázio. Em todas as demais, o acabamento interno será na cor preta.

Notas Rápidas, por Sérgio Dias


Aston Martin celebra 110 anos com a edição especial Valour

A Aston Martin, em comemoração ao seu 110º aniversário, revelou o Valour, edição especial equipada com motor V12 de 712 cavalos e transmissão manual de seis velocidades. As primeiras entregas serão feitas no fim de 2023 e para o Brasil será vendido apenas mediante encomenda.

Com produção global limitada a apenas 110 unidades, a raridade do Valour assegura que ele será um dos mais raros de todos os Aston Martin até agora.


Audi apresenta o e-tron GT para o mercado brasileiro

A Audi apresentou para o mercado brasileiro o esportivo e-tron GT. Ele chega para ampliar o portfólio de versões da família elétrica da marca e também estará disponível no programa por assinatura Audi Signature.

O modelo é equipado com motor elétrico com 476 cavalos de potência e até 530 no modo overboost, com torque de 640 Nm. Sua aceleração de 0 a 100 km/h é feita em 4,1 segundos, com velocidade máxima de 245 km/h e autonomia de 308 quilômetros, de acordo com Inmetro - Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia.



iX M60 é o modelo elétrico mais potente da BMW no Brasil

A família BMW ix ganha mais um integrante aqui no Brasil: o iX M60, que com seus dois motores, 619 cavalos de potência e 1.015 Nm, passa a ser o carro elétrico mais potente da fabricante alemã aqui no País.

O modelo tem autonomia de 431 quilômetros e visualmente, alguns detalhes tornam o modelo ainda mais exclusivo, como as rodas de 22 polegadas, que têm design inédito. Nos freios M Sport, as pinças são pintadas de Dark Blue. Além disso, o modelo tem acabamentos externos em Titanium Bronze Finish.


Citroën amplia comodidade na linha C3 2024

A linha Citroën C3 2024 chega com poucas novidades, sendo uma delas a abertura elétrica da tampa do combustível. Agora, o motorista precisará apenas apertar o botão de destrava das portas para liberar a tampa do bocal para abastecimento. Outra é o painel com acabamento premium em todas as versões a partir da Live Pack.

O Citroën C3 2024 ainda se destaca pela central multimídia Citroën Connect Touchscreen de 10” com Android Auto e Apple CarPlay sem fio e pelas duas opções de motores: o 1.6 16V com até 120 cavalos e 15,7 kgfm e o 1.0 Firefly de até 75 cavalos e 10,7 kgfm.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ultima Postagem

Cão-guia e a importância do auxílio às pessoas com deficiência visual

Esses pets passam por uma seleção cuidadosa e têm aprendizagem de diversas habilidades essenciais Texto: Sérgio Dias Fotos: Pixabay Na colun...