Mostrando postagens com marcador CEO. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador CEO. Mostrar todas as postagens

28 de janeiro de 2014

Campeonato Brasileiro de Pôquer recomeça em São Paulo


Dão esperados mais de mil jogadores nesta primeira etapa do BSOP

O ano de 2013 foi inesquecível para o BSOP (Brazilian Series of Poker), o Campeonato Brasileiro de Pôquer. A última etapa em dezembro contou com as presenças de Ronaldo Fenômeno, ministro Aldo Rebelo e celebridades do esporte e da música, além de bater número recorde de participantes e oferecer a premiação (R$ 1 milhão) mais alta para um campeão na história do pôquer brasileiro.

E como “em time que está ganhando, não se mexe”, a temporada 2014 do BSOP terá início no mesmo lugar onde terminou, em São Paulo, no Holiday Inn Anhembi. A partir da próxima quinta-feira, dia 30, começa o BSOP São Paulo, inaugurando o calendário de disputas neste ano. A etapa vai até o dia 4 de fevereiro.

A principal diferença no regulamento em relação ao ano anterior é que agora 15% dos participantes de cada torneio serão premiados –antes isso era restrito a apenas 10% dos jogadores.

Faltando uma semana para o evento, aproximadamente 200 jogadores já efetuaram suas inscrições no torneio.

Entre os grandes profissionais do pôquer com presença confirmada, destaque para os embaixadores do site Full Tilt Poker no país: Carlos Mavca, Leonardo “Toddasso” Martins, Rafael Caiaffa e Larissa Metran, além, é claro, do brasileiro campeão mundial em 2011 e membro do Team PokerStars Pro, André Akkari.

Muitas vagas ainda estão em disputa para quem joga os classificatórios online em PokerStars.net.

Ano inesquecível

Para o CEO do BSOP e presidente da Confederação Brasileira de Texas Hold’em (CBTH) Igor Trafane, 2013 foi um ano inesquecível para o pôquer brasileiro. 

“Tivemos o respaldo de uma figura do Estado, que foi o Ministro Rebelo, contamos com a presença do Ronaldo, enfim... Mesmo assim, não podemos tirar o pé do acelerador. Nossa ideia é fortalecer nosso calendário para atrair cada vez mais jogadores. A temporada de 2014 promete!”, afirmou Trafane.

A participação de Rebelo empolgou toda a comunidade do pôquer brasileiro, prometendo dias ainda melhores para 2014. “Espero ajudar a tornar o pôquer no Brasil um esporte mais conhecido, aumentando o número de grandes jogadores e ídolos, gerando emprego e renda a todos os jogadores do Brasil e também recolhendo os tributos dos que disputam essa competição”, discursou Rebelo. “E para isso, a Confederação vai ter todo o apoio institucional do Ministério do Esporte." 

Ultima Postagem

Evino apresenta uma seleção de vinhos com até 70% de desconto

Marca aposta no mês de março para promover seus produtos e causar um impacto semelhante à Black Friday A Evino vai comemorar o mês do consum...