Mostrando postagens com marcador Teatro Tuca. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Teatro Tuca. Mostrar todas as postagens

9 de janeiro de 2024

Romance “Misery” retorna a São Paulo com temporada no Teatro TUCA




Com direção de Eric Lenate, o elenco é estrelado por Mel Lisboa, Marcello Airoldi e Alexandre Galindo

Sucesso de crítica e de público, vista por mais de 40 mil pessoas, a adaptação teatral dirigida por Eric Lenate para o romance “Misery – Louca Obsessão”, de Stephen King, volta em cartaz em São Paulo para sua 3ª temporada.

Estrelado por Mel Lisboa, Marcello Airoldi e Alexandre Galindo, a peça conta a história de Paul Sheldon (Marcello Airoldi), um famoso escritor reconhecido pela série de best-sellers protagonizada pela personagem Misery Chastain.

14 de janeiro de 2019

Comédia "Baixa Terapia" retorna à São Paulo no Teatro Tuca




Antonio Fagundes e grande elenco tem curta temporada paulistana 

A comédia Baixa Terapia, que tem no elenco Antonio Fagundes, Mara Carvalho, Alexandra Martins, Ilana Kaplan, Fábio Espósito e Bruno Fagundes, se prepara para a retomada paulistana do espetáculo no Teatro Tuca. 

A debochada comédia de Matias del Federico, com adaptação de Daniel Veronse e direção de Marcos Antônio Pâmio, reúne três casais que não se conhecem e que se encontram inesperadamente em um consultório para sua sessão habitual de terapia. Dessa vez, descobrem que a psicóloga não estará presente e, a partir daí, vem à tona queixas, confissões, suspeitas, revelações, verdades e mentiras da maneira mais escrachada para eles e divertidíssima para o público. 

16 de julho de 2014

MARCO LUQUE REESTREIA O ESPETÁCULO "IMPROVÁVEL" NO TEATRO TUCA


O apresentação, humorista e ator Marco Luque, reestreia novo espetáculo "Improvável", no Teatro Tuca, em São Paulo, nesta quinta-feira, dia 17 de julho. Este projeto de humor baseado em improvisações no qual a platéia tem fundamental importância para criação das cenas, que há bastante influência do programa "Whose Line is it Anyway?" (Inglaterra e EUA).

7 de fevereiro de 2011

Teatro TUCA - PUC-SP - PROGRAMAÇÃO CULTURAL FEVEREIRO - 2011


O AMOR E OUTROS ESTRANHOS RUMORES
(3 histórias de Murilo Rubião)

Ao completar seus primeiros cinco anos de atividades na cena brasileira, o Grupo 3 de Teatro traz para o palco a originalidade, o humor e o absurdo que marcam a obra do escritor mineiro Murilo Rubião, autor dos três contos, adaptados por Silvia Gomez, que compõem o espetáculo O amor e outros estranhos rumores, dirigido por Yara de Novaes, estrelado por Débora Falabella, Maurício de Barros, Rodolfo Vaz e Priscila Jorge.

Risíveis e absurdas, essas histórias compõem um espetáculo que busca expressar o quanto há de ordinário e, ao mesmo tempo, extraordinário em nossas vidas.

A obra de Murilo Rubião permaneceu praticamente desconhecida para o grande público durante mais de três décadas. A reedição do seu livro de contos O Pirotécnico Zacarias, em 1974, o tiraria do esquecimento, transformando-o praticamente em um best-seller nacional, admirado pelos leitores e por intelectuais do porte de Mário de Andrade.

FICHA TÉCNICA
Texto: Murilo Rubião
Adaptação: Silvia Gomez
Direção: Yara de Novaes
Elenco: Débora Falabella, Maurício de Barros, Rodolfo Vaz e Priscila Jorge.
Produção: Gabriel Paiva
Cenografia: André Cortez
Iluminação: Fabio Retti
Figurino: Fábio Namatame
Trilha sonora: Morris Picciotto


SERVIÇO
Onde
TUCA
Temporada
Até 13 de fevereiro
Horários
sextas e sábados às 21h30, domingos às 19h00
Duração
70 minutos
Recomendação
12 anos
Valor do ingresso
R$ 30,00
(Desconto de 50% para Estudantes, Maiores de 60 anos, Aposentados)
Preço especial PUC-SP
R$ 10,00 (estudantes, professores e funcionários
sob comprovação, válido somente para o beneficiário)


DUETO PARA UM
DE TOM KEMPINSKI

Com Bel Kowarick e Marcos Suchara. Direção de Mika Lins

Inspirado na história verídica da doença que impediu a renomada violoncelista inglesa Jacqueline du Pré, casada com o pianista e maestro Daniel Baremboim, de, aos 28 anos, exercer a arte.

Dueto para Um narra à história de uma violinista impedida de exercer a sua vocação; condição imposta por uma doença degenerativa - esclerose múltipla - que a retira de cena, no auge da carreira.

Diante do impedimento vital e profissional, a famosa violinista Stephanie Abrahams procura o psiquiatra Dr. Feldman na tentativa de entrar em contato com sua dramática condição e com a depressão que se instala. O espectador acompanha na intimidade do consultório seis sessões evolutivas de terapia, onde os personagens dialogam sobre temas como a impotência humana, resiliência e perda

É possível descobrir um caminho apaziguador para esta perda? Será que há mesmo uma maneira de substituir algo tão fundamental?
A crise de Sthephanie pode ser de qualquer um que se vê diante de um impasse existencial fundamental.

FICHA TÉCNICA
Texto: Tom Kempinski
Tradução: Ana Saggese
Direção: Mika Lins
Elenco: Bel Kowarick e Marcos Suchara
Cenografia: Cássio Brasil
Iluminação: Caetano Vilela
Trilha sonora: Marcelo Pellegrini
Fotos: Caio Guatelli


SERVIÇO
Onde
TUCARENA
Temporada
Até 27 de fevereiro
Horários
Sextas e Sábados às 21h00 e Domingos às 19h30.
Duração
90 min.
Recomendação
14 anos
Valor do ingresso
Sextas e Domingos R$ 30,00 e Sábados R$ 40,00 (Desconto de 50% para Estudantes, Maiores de 60 anos, Aposentados)
Preço especial PUC-SP
R$ 10,00 (estudantes, professores e funcionários sob comprovação, válido somente para o beneficiário)


20 de outubro de 2010

LinhaGens realiza única encenação em novembro no Tucarena

O grupo Pró-Posição, de Sorocaba, encena LinhaGens, de e com Andréia Nhur e Janice Vieira. É uma demonstração do legado em dança-teatro, com poesia e humor. Num jogo entre som e imagem, movimentos de mãe e filha revelam a história, evolução e herança da dança em seus corpos. Única apresentação, dia 9 de novembro, 20h, terça-feira, no Tucarena, de graça.

Janice Vieira executa ao vivo num pequeno acordeom sua trilha sonora original. Alguns temas lembram o realejo e o carrossel. Trechos de temas clássicos, como A Morte do Cisne, de Saint-Saëns, e Tico-Tico no Fubá, de Zequinha de Abreu, servem como vinhetas para as narrativas de Andréia Nhur.


Através de gestos e palavras, é contada uma historieta sobre A Morte do Cisne - que funciona como eixo central da encenação. "Dançada na Rússia por Anna Pavlova foi transmitida a Maria Olenewa. No Brasil, sua sucessora a ensinou na década de 1950 à minha mãe, que hoje participa da minha leitura da coreografia", diz Andréia Nhur.


A ideia fundamental do espetáculo é a relação entre informações que perpassam o tempo: permanentes e mutáveis. A transitoriedade é ponto de partida para a elaboração do desenho da luz.


Com predominância do branco, é adotada uma iluminação com variação de intensidade e nos contrastes tonais, para obtenção de mais volume do que textura. “Os pontos altos da encenação são aqueles em que os movimentos e a luz dialogam em silêncio, perscrutando o tempo e o espaço. Uma luz para ver e ouvir”, afirma Roberto Gill Camargo, responsável pela iluminação.

18 de outubro de 2010

“O Amor e Outros Estranhos Rumores” com Débora Falabella em cartaz no teatro Tuca

Ao completar seus primeiros cinco anos de atividades na cena brasileira, o Grupo 3 de Teatro traz para o palco a originalidade, o humor e o absurdo que marcam a obra do escritor mineiro Murilo Rubião, autor dos três contos, adaptados por Silvia Gomez, que compõem o espetáculo O amor e outros estranhos rumores, dirigido por Yara de Novaes, estrelado por Débora Falabella, Maurício de Barros, Rodolfo Vaz e Priscila Jorge.

Risíveis e absurdas, essas histórias compõem um espetáculo que busca expressar o quanto há de ordinário e, ao mesmo tempo, extraordinário em nossas vidas.

A obra de Murilo Rubião permaneceu praticamente desconhecida para o grande público durante mais de três décadas. A reedição do seu livro de contos O Pirotécnico Zacarias, em 1974, o tiraria do esquecimento, transformando-o praticamente em um best-seller nacional, admirado pelos leitores e por intelectuais do porte de Mário de Andrade.

Ficha Técnica

Texto: Murilo Rubião
Adaptação: Silvia Gomez
Direção: Yara de Novaes
Elenco: Débora Falabella, Maurício de Barros, Rodolfo Vaz e Priscila Jorge.
Produção: Gabriel Paiva
Cenografia: André Cortez
Iluminação: Fabio Retti
Figurino: Fábio Namatame
Trilha sonora: Morris Picciotto


Serviço

Teatro Tuca - “O Amor e Outros Estranhos Rumores”
Temporada: 16 de Outubro a 28 de Novembro de 2010.
Horários: sextas e sábados às 21h30, domingos às 19h00
Recomendação: 12 anos
Valor do ingresso: R$ 30,00 (Desconto de 50% para Estudantes, Maiores de 60 anos, Aposentados)
Preço especial PUC-SP R$ 10,00 (estudantes, professores e funcionários sob comprovação, válido somente para o beneficiário)
Ingressos: 2626-0938 / www.compreingressos.com

8 de setembro de 2010

Teatro Tuca recebe uma adaptação da ópera “Bastião e Bastiana” de Mozart


Nos dias 12, 19 e 26 de setembro o Teatro Tuca recebe uma adaptação da ópera de Wolfgang Amadeus Mozart, “Bastião e Bastiana”.O enredo trata das desventuras de Bastião e Bastiana, dois jovens pastores de ovelhas apaixonados que vivem em uma pequena aldeia. E Bastiana perde seu amado, Bastião, para uma nobre dama.

Ao conhecer uma grande cidade, Bastião fica encantado pelas casas que, comparadas às da aldeia, são verdadeiros castelos; assim como também com as meninas da cidade, que, em troca de sua simpatia, o enchem de mimos.

Bastiana, por sua vez, ao sentir-se só, abandonada e insegura por achar que perdeu seu Bastião, almeja reconquistar seu grande amor e recorre à ajuda do Mago Colas. É neste momento de crise que nós os encontramos.A trama se desenvolve em torno dos conselhos dados tanto para Bastiana como para Bastião pelo poderoso feiticeiro, um sábio adivinho que também vive na aldeia.

Ficha Técnica
Direção Cênica: Pablo Moreira
Direção Musical e Piano: Wesley Lacerda
Bastiana: Jamile Evaristo (soprano)
Bastião: Ossiandro Brito (tenor)
Dom Colas: Paulo Menegon (baixo)

Serviço
Local: Sala Ensaio
Dias: 12, 19 e 26 de Setembro de 2010.
Horário: Domingos às 16h30.
Duração: 70 min.
Recomendação: 14 anos
Valor do ingresso:
R$ 20,00 (Desconto de 50% para Estudantes, Maiores de 60 anos, Aposentados)
Preço especial PUC-SP:
R$ 10,00 (estudantes, professores e funcionários sob comprovação, válido somente para o beneficiário)
Ingressos:
2626-0938 / www.compreingressos.com

6 de agosto de 2010

Fábulas de Esopo com Ana Luiza Lacombe em cartaz no Tucarena

Cia Faz e Conta apresenta Fábulas De Esopo com Ana Luiza Lacombe no Tucarena. O espetáculo tem uma personagem andarilha, contadora de histórias, que vive a vagar pelo mundo munida de sua violinha. Em suas andanças, utiliza todo tipo de material (caixas, garrafas, grampos, pedaços de pano, barbante) para criar os personagens das histórias Queixa d o Pavão, O Leão e o Mosquito e O Ratinho do Campo e o Ratinho da Cidade.

A nova montagem, conta com grande equipe de produção e percussão/sonoplastia ao vivo.

Narrativa elogiada pelos críticos de teatro infantil em São Paulo pela singularidade e simplicidade ao tratar de fábulas escritas supostamente há mais de dois mil e quinhentos anos de uma forma inteligente, divertida e lúdica.

Ficha Técnica

Direção: Gustavo Trestini Com Ana Luísa Lacombe
Idealização: Ana Luísa Lacombe
Texto e Músicas: Paulo Garfunkel
Percussão e Sonoplastia: Betinho Sodré
Concepção e confecção de figurinos e adereços: Ana Luísa Lacombe
Desenho de Luz: Aline Barros
Produção: Cia Faz e Conta

Serviço

Local: Tucarena - Rua Monte Alegre, 1024 - Entrada pela Rua Bartira -Perdizes
Nova Temporada: 07 à 29 de Agosto de 2010.
Horários: Sábados e Domingos às 16h00.
Ingresso no dia do espetáculo: 20,00 inteira e R$ 10,00 meia
(Desconto de 50% para Estudantes, Maiores de 60 anos, Aposentados)
PUC-SP: R$ 10,00 (estudantes, professores e funcionários sob comprovação, válido somente para o beneficiário)
Ingressos:
Internet: http://www.compreingressos.com
Central de Vendas: (11)2626.0938

Ensina-me a Viver em nova temporada no Teatro Tuca


A peça Ensina-me a Viver está em nova temporada no teatro Tuca em São Paulo. O espetáculo é uma tocante e bem-humorada história de descobertas, que leva o espectador a acreditar que simplificar a vida é o melhor caminho e que o amor continua sendo o melhor remédio.

Ensina-me a Viver" narra o encontro amoroso entre Harold e Maude. Harold é um senhor de quase vinte anos, obcecado pela morte. Maude é uma menina de quase oitenta anos, apaixonada pela vida.

Sensível, inteligente e rico, Harold não conheceu o pai. Convive com uma mãe indiferente e autoritária, numa relação desprovida de qualquer contato afetuoso. Atormentado, Harold tenta chamar a atenção materna simulando tragicômicas tentativas de suicídio.

A quase octogenária Maude, ao contrário, tem uma paixão incomparável pela vida. Aproveita cada segundo de sua existência como se fosse o último.

O contato entre esses dois não poderia ser mais inusitado e improvável, mas quando se encontram, a sintonia é imediata. Maude, cheia de alegria e positividade, ensina ao deslocado Harold os prazeres da vida e da liberdade.

Ficha Técnica

Texto: Colin Higgins
Tradução: Millôr Fernandes
Direção e Adaptação: João Falcão
Elenco:
Glória Menezes - Maude
Arlindo Lopes - Harold
Stella Maria Rodrigues - Helena Chasen
Fernanda de Freitas - Silvia Gazela, Nancy e Dora Alegria
Antonio Fragoso - Tio Vitor, Dr. Matias, Padre Finney, Inspetor Marcos e Caçapa
Elenco de Apoio: Verônica Valentim, Guilherme Siman, Walisson de Souza e Ricco Viana

Serviço

Local: TUCA - Rua Monte Alegre, 1024 - Perdizes
Nova Temporada: 06 de Agosto a 26 de Setembro
Horários: sextas e sábados às 21h30, domingos às 19h00
Recomendação: 12 anos
Ingresso no dia do espetáculo: inteira R$ 30,00 / meia R$ 15,00 - (Desconto de 50% para Estudantes, Maiores de 60 anos, Aposentados)
PUC-SP: R$ 10,00 (estudantes, professores e funcionários sob comprovação, válido somente para o beneficiário)

Ingressos:

Internet: http://www.compreingressos.com
Central de Vendas: (11)2626.0938 (aceita todos os cartões de crédito)

Ultima Postagem

A3 Sportback nem parece ser um Audi de entrada

Modelo mais acessível da marca tem duas versões e une prazer e conforto de dirigir Texto: Sérgio Dias Fotos: Sérgio Dias A Audi tem um amplo...