Mostrando postagens com marcador obras. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador obras. Mostrar todas as postagens

4 de agosto de 2015

Na próxima sexta a Caravana da Leitura passa pela cidade de Franca


Pela primeira vez, a cidade de Franca será palco da Caravana da Leitura, no dia 07 de agosto, das 9h30 às 17h e no dia 08, das 9h30 às 14h, na Praça Nossa Senhora da Conceição (Praça da Conca Acústica), disponibilizando livros que apresentam histórias do cotidiano em uma linguagem bem-humorada e pontuada por reflexões.

13 de fevereiro de 2015

McLanche Feliz apresenta obra de autores renomados da literatura


Para quem ama fast food, mas adora mais ainda livros e histórias, a partir do dia 11 de fevereiro o Mc Donald's apresentará a campanha McLanche Feliz Livros, formada por uma seleção de seis títulos assinados por renomados escritores da literatura nacional e internacional.

14 de janeiro de 2011

Magoo Felix apresenta a exposição KarKaça, em que constrói esculturas usando técnicas de funilaria e pintura automotiva, no Acervo da Choque

Uma das obras é um projeto arrojado que demorou oito meses para ficar pronto e foi feito na mesma oficina mecânica onde o artista pinta dragsters e carros de corrida. A escultura é uma espécie de carro da "Corrida Maluca", com asas e inspirado no Ford 1932.


São Paulo, janeiro de 2011 – Desde os anos 50, alguns aficionados por carros decidiram customizar seus autos em suas próprias garagens, na Califórnia. A partir daí, encabeçada por Ed “Big Daddy” Roth, a Kustom Kulture deu seus primeiros passos. Influenciado por ela, o artista Magoo Felix apresenta sua segunda exposição individual no Acervo da Choque, denominada Karkaça, a partir deste sábado, 15 de janeiro.


Durante cerca de oito meses de produção, em parceria com a oficina de customização ProPower e ao lado de um time de profissionais do ramo (soldador, funileiro, mecânico etc), Magoo Felix se dedicou a criar cerca de dez obras sempre usando o aerógrafo. Entre elas, estão esculturas criadas com escapamento, paralamas, capô e até uma instalação com rodas de carro ligadas por um cabo de aço e acrescidas de um eixo. São peças vindas diretamente da fábrica ou capturadas em oficinas. Também poderão ser vistas três telas cortadas em madeira e parafusadas em chapa de ferro pintada com acabamento de tinta brilhante automotiva. Seus clássicos pinos de boliche não ficam de fora.

Todo esse estilo gráfico é reflexo da experiência de anos que o artista passou desenhando e trabalhando com customização de dragsters (carros de arrancada) e Hot Rods, além da sua imersão no universo estético do skate, ilustração e tatuagem. Desde os 15 anos, pintava capacetes e assistia os mecânicos de uma oficina próxima à sua casa, além de acompanhar o irmão que participa de arrancadas até hoje. “Não gosto de dirigir por incrível que pareça! Eu busco dar uma nova interpretação à peça automotiva, além de enxergar o carro por meio de uma inspiração estética”, conta Magoo, paulistano de 34 anos, que também é músico e mantém sua banda Twinpines.

KarKaça, nome que faz alusão tanto à customização – por trocar a letra “c” por “k” – quanto ao fato de o artista usar peças automotivas, apresenta também um carro construído especialmente, do zero, inspirado no Ford 1932, clássico do Hot Rod mundial, e até mesmo os brinquedos Hot Wheels. “Me inspirei nesses carrinhos e criei um carro-caricatura, baseado em um Ford 32, clássico Hot Rod americano mas com um aspecto animado, com rodas e pneus traseiros exagerados vindos de um mini dragster americano, e as frontais vindas de uma bicicleta brasileira dos anos 70. Desenvolvi todo o projeto do carro e os colaboradores se dedicaram a compor carroceria, estofamento, que foi todo feito a mão, etc. Porém, trata-se de uma obra decorativa, sem uso aplicado a não ser artístico”, detalha Magoo. É este o carro que figura no flyer da exposição em uma versão cartoon criada pelo artista.


Magoo Felix não esquece de manter um ponto de intersecção em todas as peças, como uma marca: um olho com asas que se tornou ícone da cultura de carros customizados desde os anos 70. No entanto, ele acredita que um de seus diferenciais é dar um caráter autoral, uma identidade à customização, de forma a se distanciar da simples reprodução característica da pintura em airbrush. “Você não precisa se satisfazer com o que vem pronto! Essa exposição é uma homenagem a quem gosta de customização e aposta em na exclusividade”, afirma.


KarKaça por Magoo Felix

Cresci desenhando, andando de skate, ouvindo punk rock e vendo os carros de corrida de meu irmão mais velho, o piloto de dragster Fabio Felix “Pascoal”. A mistura dessas influências culturais moldou meu estilo. Na aerografia, técnica de pintura geralmente usada nos carros customizados, encontrei a melhor forma de expressão. A atitude do punk, o estilo do skate, as cores do graffiti e os gráficos dos carros customizados, estão sempre presentes em minhas obras.


A exposição KarKaça é uma homenagem a todos os mecânicos, funileiros, pintores e entusiastas que passam dias e noites transformando simples meios de transporte do passado e do presente em algo novo, único e diferente: os carros customizados. Customizar é o ato de modificar, acrescentar um novo estilo. É sair do convencional. Não se contentar com a fabricação em série. Mais do que dar estilo, é dar alma e identidade à obra.


Usei peças automotivas de maneira peculiar para criar obras dignas da kustom kulture, esta verdadeira cultura de veículos radicalmente modificados. Os olhos alados, voadores, presente na maioria das obras apresentadas em KarKaça traduzem meu trabalho atual. É um olhar adiante, um vôo mais alto e além.


Em parceria com a ProPower, oficina de customização automotiva paulistana, e com a Revista Fullpower, especializada em carros modificados, foi montada uma equipe com alguns dos melhores profissionais do mercado de construção e modificação de carros especiais. Este grupo me ajudou a confeccionar obras baseadas em peças de automóveis novos e antigos. Depois de prontas receberam acabamento exclusivo.


KarKaça, por Magoo Felix @ Acervo da Choque

Abertura: 15 de janeiro, das 16h às 20h

De 18 de janeiro a 26 de fevereiro

Rua Medeiros de Albuquerque, 250, Vila Madalena, São Paulo

Telefone (11) 3061-2365

www.choquecultural.com.br

galeria@choquecultural.com.br

Terça-feira a sábado, das 13h às 18h

Grátis

Livre

Ultima Postagem

Dia das Mães tem programação radical para toda a família em rede de resorts

Sob a temática 'Mãe Radical', a programação no “Vila Galé” incluirá circuitos radicais, desafios, piqueniques, luau e muito mais O D...