segunda-feira, 21 de outubro de 2013

A Cia do Quintal volta em cartaz com o espetáculo infantil “A Rainha Procura...”


A “A Rainha Procura...”  é a nova montagem da Cia do Quintal, criadora do espetáculo Jogando no Quintal, que  há 11 anos  é sucesso absoluto de critica e público.

A história coloca os palhaços- improvisadores novamente em estado de jogo, porém, não mais nos gramados de um estádio de futebol como no consagrado espetáculo da Cia, e sim num grande tabuleiro de xadrez.

Neste tabuleiro, sobraram apenas a Rainha - que se encontra em um estado de  profunda tristeza e solidão por ter seu reino massacrado pelo exército adversário - e um peão, seu fiel escudeiro.

Na tentativa de recuperar seu reino, a Rainha abre testes para bispos, cavalos, torres e peões. Porém, seus planos acabam mudando de rumo com a aparição de dois palhaços que preferem ser bobos da corte a servir como defensores do território.

A Rainha decide então promover uma audição para bobos da corte, na qual os candidatos terão a difícil tarefa de alegrá-la por meio dos mais inusitados desafios, onde serão obrigados a improvisar, mostrar  seus truques, números ou  habilidades.

Apenas um candidato será o escolhido, mas para tomar a melhor decisão, a Rainha precisará da ajuda do seu povo - a platéia, que terá a decisão do final de cada apresentação em suas mãos. 

Em sua primeira temporada na cidade, “A Rainha Procura” recebeu criticas elogiosas em vários veículos e ganhou 4 estrelas no Guia do Jornal Folha de São Paulo.

Serviço:

“A Rainha Procura...”

Concepção e direção: Cesar Gouvêa

Elenco: Rhena de Faria, Claudio Thebas,

Denis Goyos, Davi Taiu e Álvaro Lages

Temporada: de 26 de outubro a 24 de novembro de 2013

sábados e domingos, às 12h

Classificação: livre

Duração: 50 minutos

Ingressos: R$ 10,00 / R$ 5,00 meia / R$ 2.00 comerciários

Compra de ingressos nas bilheterias do Sesc e pela Internet: www.sescsp.org.br

Capacidade: 376 lugares

Sesc Belenzinho

Padre Adelino, 1000, Belenzinho São Paulo - SP, 03303-000
(11) 2076-9700

FICHA TÉCNICA

Realização: Cia do quintal

Concepção e direção geral : César gouvêa

Atores: Rhena de Faria, Davi Taiu, Claudio Thebas,

Denis Goyos,  Alvaro Lages

Classificação: Livre

Duração: 50 minutos

Figurino : Elisa Rossin

Confecção de figurino: Beto Souza

Cenário: César Gouvêa e Elisa Rossin

Iluminação: Marcel Gilber

Operação de luz : Almir Rosa
Produção executiva: Humberto Rodrigues

Gestão Cultural e Coordenação de Produção:
Touché Cultural - Ludmilla Picosque

Contra regra: Getulio Cristovan

Sobre a Cia do Quintal

A Cia do Quintal nasceu em 2002 com a estréia do espetáculo Jogando no Quintal - jogo de improvisação de palhaços, que se mantém há 11 anos em cartaz . Este espetáculo por  ser um dos pioneiras no teatro de improviso no Brasil , se converteu em uma importante referencia para muitos grupos que surgiram neste país na ultima década.

No início do ano de 2008 os integrantes do Jogando no Quintal foram campeões mundiais de Improviso.  Eles venceram o Campeonato Mundial de Match de Improvisação, que fez parte do XI Festival Ibero Americano de Teatro de Bogotá,na Colômbia, derrotando as equipes da Argentina, Espanha e Colômbia, a dona da casa, em votação, decidida pelo público.

Dirigida por César Gouvêa, a cia desde seu surgimento vem dedicando-se a pesquisa e ao dialogo das técnicas da improvisação , do palhaço e do teatro.

Hoje em dia possui 5 espetáculos em seu repertório: o Jogando no Quinta, dois em parceria com os grupos latinos e dois voltados para toda a família.

Os grupos latinos são: imponta, do Uruguai, e accion impro, da Colômbia. Este intercâmbio consolida a parceria tanto com artistas da Europa como da América Latina, levando a Cia. a representar o Brasil em diversos festivais fora do país como na Espanha, Argentina, Colômbia, Uruguay, Chile.

Os  espetáculos voltados para toda a família são “O Mágico de Nós”, e “A  Rainha Procura”, que ganhou 4 estrelas na avaliação do Guia do jornal Folha de São Paulo e acaba de ser indicado ao Prêmio FENSA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário