quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

Saiba como relaxar durante a folia do Carnaval


Muitas pessoas preferem lugares calmos e destinos exclusivos e reservados para descansar

Para quem procura um destino longe da folia e que permita relaxar e descansar aproveitando o verão as opções são muitas, especialmente no litoral. Mas, mesmo em roteiros conhecidos, na praia ou no campo, o tum-tum dos foliões será ouvido ou fará parte do cenário já que se trata da mais tradicional festa popular brasileira. Encontrar hotéis e pousadas que oferecem espaço reservado e longe da folia é uma tarefa, às vezes, difícil. Para quem quer aproveitar o que o sol, a praia e o mar oferecem e ainda curtir a tranquilidade de se hospedar longe da folia e recompor as energias segue a dica de hotéis e pousadas.

O Ilha de Toque Toque Boutique Hotel (ITTBH) promove nesta estação o “Verão Toque Toque” que propõe aos hóspedes conhecer a beleza natural da praia de Toque Toque Grande, em São Sebastião, litoral norte de São Paulo. Trata-se de um local para fugir da correria do dia a dia e para desfrutar de muita paz e sossego, além de belíssimas praias, cachoeiras e os deliciosos pratos feitos no local.

Em cada acomodação do ITTBH há algo de sofisticado, pensado no conforto dos clientes. São 12 suítes apenas que contêm ofurôs, jacuzzis, saunas ou piscinas privativas. “Tudo para manter a privacidade e bem estar dos nossos clientes”, diz Edson Pavao, sócio proprietário do empreendimento. Isso sem contar as piscinas da pousada, de uso coletivo, ou as privativas, nas suítes, para servir aos hóspedes; o espaço fitness e o SPA aquecido com hidromassagem.

O hotel, próximo à praia de Toque Toque Grande, não deixa a desejar quando o assunto é sossego. Há uma área de apoio exclusiva para os hóspedes e de frente para o mar, com guarda-sóis, cadeiras e tendas; além de equipamentos de snorkel gratuitos e um maravilhoso passeio até as mais belas praias próximas da pousada, como Calhetas, Toque Toque Pequeno e Guaecá ou as cachoeiras.

Reconhecido pelos mais diversos sites de turismo, O ITTBH recebeu, em 2013, o certificado de excelência do site TripAdvisor por ser muito bem indicado pelos hóspedes, tanto pela estrutura como pelos serviços.

Outra hospedagem diferenciada é a Pousada Picinguaba (foto), localizada em uma tranquila baía no coração do Parque Natural da Mata Atlântica - floresta tropical e costeira, que se estende entre o Rio de Janeiro e São Paulo – em uma pequena vila de pescadores, conhecida como Picinguaba. A pousada está a cerca de meia hora de carro de Paraty, quase na divisa entra os estados de São Paulo e Rio de Janeiro.

Com uma vista privilegiada para o mar e para uma praia protegida com cerca de 3 km de comprimento, oferece nove quartos confortáveis. Há uma linda suíte nupcial, com jacuzzi  e vista panorâmica excepcional. A estrada que leva até o empreendimento acaba na praia da vila e o acesso à pousada é feito a pé subindo um morro por cerca de 250 m.

O empreendimento proporciona aos hóspedes uma experiência de contato com a natureza e a cultura local, harmonizando a pousada, os clientes, os moradores locais e a natureza. Por isso, não possui televisão, telefone e acesso a internet nos quartos. Se a intenção é fugir da folia, o local proporciona relaxamento e o esquecimento dos problemas diários. Tudo isso ao som do vento, do mar, da natureza, buscando o reencontro com o seu bem-estar.

Se o objetivo é desfrutar do campo, a Fazenda Capoava, em Itú, a apenas 97 km de São Paulo, acolhe os hóspedes em um ambiente charmoso e elegante, sem perder os detalhes e a rusticidade de um ambiente típico do campo paulista. O proprietário, Paulo Almeida Prado, nunca abre mão da atmosfera para que ninguém se sinta hospedado, e sim, convidado. Por isso, as atividades estão muito próximas àquelas realizadas em uma fazenda comum.

Com arquitetura bandeirista, a Capoava conta com toda infra-estrutura de um hotel e oferece ao hóspede a oportunidade de passear por trilhas em meio à natureza montado em cavalos Mangalarga paulista, muito bem tratados, com equipamentos de primeira qualidade. E, depois disso, ainda deliciar-se em três refeições diárias servidas em um casarão original do século XVIII, preparadas como ditam os manuais da boa gastronomia. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário