20 de outubro de 2022

Conheça alguns cuidados com a higiene e saúde dos Pets




Cachorros com pelos compridos devem sempre manter o corte em dia

Texto: Sérgio Dias
Fotos: Pixabay

Todo tutor deve ficar atento para saber quais cuidados deve ter com a higiene e saúde do seu pet. E as situações variam de acordo com a época do ano. Agora na estação mais florida do ano, por exemplo, os cuidados são diferentes daqueles necessários no Inverno ou no Verão.


Alertamos na coluna dessa semana que um dos principais cuidados está relacionado com a tosa, pois embora muitos acabem fazendo o procedimento para deixar o pet mais bonito, o procedimento deixou de ser uma questão meramente estética e tem influência na saúde do animal.

Outro fator muito importante para todas as épocas do ano é a hidratação, pois em dias mais quentes ocorrem mudanças de temperaturas. Na primavera os dias são mais longos e quando o Sol brilha por mais tempo no Céu, é importante sempre ter água fresquinha.

Um cuidado que merece muita atenção é com a manifestação de pulgas e carrapatos, pois com o calor da primavera eles se proliferam ainda mais. Como já citado nesse texto, a tosa deixou de ser um procedimento meramente estético e pode ajudar o pet se movimentar melhor, trazer mais conforto e identificar visualmente com mais facilidades esses parasitas.

Os cachorros regulam a temperatura corporal pela troca de calor com a língua. Mas, se o tutor disponibiliza um colchão térmico, ele acaba aproveitando mais.

“A tosa ajuda os pelos a não embolar, melhorando a qualidade de vida dos cachorros e mantendo a higiene em dia. Esses cuidados também ajudam no controle das pulgas e feridas causadas pelo clima mais quente e pela umidade elevada”, diz Thiago Calixto, sócio-fundador e diretor de expansão da Doggi, startup de banho e tosa para cachorros com agendamento por aplicativo.

Cachorros com pelos compridos devem sempre manter o corte em dia. Para tanto, é recomendado procurar um profissional para indicar a melhor tosa para determinada raça.

O ideal é que seja realizada ao menos uma vez por mês junto ao banho do animal, mas a periodicidade pode variar de acordo com as características do pelo do seu animal.

Para os tutores que realizam o procedimento de banho e tosa de casa, é recomendado que deixe o cachorro bem seco e, em caso de pets com pelos longos, sempre bem escovados para evitar nós.

O tutor precisa possuir experiência e saber manusear os equipamentos adequados. Do contrário é melhor procurar um profissional para fazê-la. Para finalizar, é recomendado o tutor ficar atento com a secagem do pelo dos pets, pois esse cuidado é essencial para evitar a proliferação de bactérias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ultima Postagem

Já é tempo de planejar as férias com o seu pet

Garantir uma experiência segura e livre de preocupações durante os períodos fora de casa é fundamental Texto:  Sérgio Dias Fotos: Pixabay Qu...