4 de outubro de 2022

Honda ADV 150 entrega aventura e conforto em todo terreno




Modelo tem painel 100% digital, partida elétrica e preço a partir de R$ 21.790,00

Texto: Anezio Lino e Sergio Dias
Fotos: Anezio Lino

Você tem acompanhado por aqui as avaliações semanais com diversos modelos de veículos, desde um simples hatch nacional até um luxuoso SUV importado. Agora temos uma importante e agradável novidade para os amantes de duas rodas: as avaliações de motocicletas.


O modelo que faz a estreia das avaliações de duas rodas é a Honda ADV 150, scooter equipada com motor de 149,3 cilindradas de partida elétrica, monocilíndrico de 4 tempos, refrigeração líquida e preço a partir de R$ 21.790,00.

A Honda ADV 150 tem um design imponente, iluminação full led, para-brisa ajustável e porta objetos prático e funcional. Conta com suspensão de longo curso, painel 100% digital, smart key, idling stop e tomada 12v.



A scooter é equipada com freios ABS e rodas 14” na dianteira e 13” na traseira. Seus pneus, que como comparação são mais largos que os que equipam a PCX, são de uso misto e proporcionam agilidade e segurança em terrenos irregulares.

Por falar na Honda PCX, elas atendem públicos diversos e não cabe uma comparação direta. Embora sejam equipadas com a mesma motorização, a diferença não está somente na aparência.

Enquanto a PCX atende com mais eficiência o piloto que faz uso mais frequente e regular na cidade, a ADV se adapta bem em estradas de terra em virtude dos pneus mais largos e de uso misto, tornando a pilotagem mais segura.




Sua suspensão de maior curso faz toda a diferença em vias irregulares e seu para-brisa ajustável alivia parte da pressão do vento, principalmente nas pistas expressas e rodovias que andamos durante a avaliação.

A Honda ADV 150 tem bom comportamento na cidade. Tem boa saída e seu desempenho é suave. Na estrada a velocidade de cruzeiro chega fácil a 90km/h, mas no painel chegou a marcar 103km/h - convenhamos que a finalidade de uma scooter não é correr.

É possível rodar em estradas de terra e solo arenoso ou de cascalho, contudo sem exageros. Parte do teste se deu na estrada Santa Inês, via que interliga a cidade de São Paulo com as cidades de Mairiporã e Caieiras cortando a Serra da Cantareira. Com seus trechos de aclives acentuados, o motor da Honda ADV 150 responde bem – claro que dentro de sua limitação de 149,3 cc.

O modelo atende bem as expectativas de usos urbano e eventual fora da cidade, mais off-road, próximo da natureza.













Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ultima Postagem

Já é tempo de planejar as férias com o seu pet

Garantir uma experiência segura e livre de preocupações durante os períodos fora de casa é fundamental Texto:  Sérgio Dias Fotos: Pixabay Qu...