29 de abril de 2013

Programa “A Máquina” captura Paulo Markun



Programa vai ao ar na próxima terça-feira
  
Apaixonado pela história e pelo jornalismo, o próximo capturado pelo programa ‘A Máquina’ da próxima terça-feira, 30 de abril, é o jornalista Paulo Markun. Ex-militante do Partido Comunista na ditadura da década de 1970 e autor de treze livros, Markun presidiu a Fundação Padre Anchieta, além de ter apresentado o programa ‘Roda Vida’ por dez anos. 

O jornalista revela como foi o período após sua prisão na época da ditadura: “quando saí da prisão, cheguei à conclusão de que não queria mais esse tipo de ação política, não acreditava mais que as coisas pudessem ser feitas por um grupo pequeno, ainda que bem intencionado.”.

Ele também menciona ter aberto um bar quando jovem, inspirado no personagem do filme ‘New York, New York’. Sobre a experiência na TV Cultura, diz ter sido desgastante e, quanto à ida para a presidência da Fundação, se arrepende. “Acho que não fui capaz de fazer aquilo que eu imaginava.”. 

No quadro ‘Inimigo Secreto’, o jornalista brinca a respeito do cabelo grande e do sorriso permanente de Roberto Justus. Ainda pede três desejos para a ‘Lâmpada de Aladim’ e revela um segredo. Que saber qual? Então não perca ‘A Máquina’ desta terça-feira, às 23h30.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ultima Postagem

Nísia Floresta contará com Circuito Gastronômico

Ação conjunta dos empresários busca fortalecer o turismo local Nísia Floresta conta com uma forte gastronomia e abriga os principais restaur...