Mostrando postagens com marcador Chopperia. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Chopperia. Mostrar todas as postagens

31 de janeiro de 2011

Chopp escuro

Muito comum no inverno, a bebida de sabor amargo com toque adocicado é campeã de pedidos no Verão


Por ser mais cremoso e trazer o leve um sabor de chocolate, o chopp escuro é famoso por acompanhar os dias mais frios do ano. Mas os mestres cervejeiros garantem: a bebida geladinha cai muito bem também no Verão. E não é para menos, desde que a bebida chegou no Brasil em 1808 vindo da Europa por uma família real portuguesa, caiu no paladar dos brasileiros em um piscar de olhos. Quase 30 anos depois começou a ser fabricada em nossas terras e em pouco tempo ganhou o famoso “jeitinho brasileiro”.


Sutilmente adaptado para acompanhar o clima quente do País tropical, o choopganhou cremosidade e grande efeito visual graças ao processo de produção especial que adiciona ao líquido, além de gás carbônico, nitrogênio. O resultado é o chopp black, feito com cerveja escura de baixa fermentação, a bebida encorpa o sabor amargo e ainda garante um toque levemente adocicado.


No restaurante sírio-libanês Arabesco, em Perdizes, o chopp é servido entre 0 e 2 graus em um copo exclusivo de 300ml (R$5,40). Seja para acompanhar a culinária árabe ou apenas brindar um happy hour, o choop vem sendo o campeão de pedidos para refrescar os dias mais quentes do Verão.


Serviço:

ARABESCO

Rua Doutor Homem de Mello, 494 – Perdizes.

Tel: (11) 3872-8164

Horário de funcionamento: das 10h às 23h – de segunda a sábado

Domingos das 10h30 às 17h

Estacionamento gratuito

Av. Paulista, 1765

Tel: (11) 3289-5664

Horário de funcionamento: das 8h às 18h - de segunda à sexta

26 de julho de 2010

Dança milenar do Oriente agita balada na Zona Norte


O Alibabar Bar e Chopperia, localizado na Zona Norte de São Paulo, investe em uma dança diferente para atrair o público. Todas às quartas-feiras acontece A Noite Dabke. A palavra quer dizer “bater o pé no chão”. A dança é praticada no Líbano, Síria, Jordânia e Palestina. Por aqui, ela ganhou o bom e velho jeitinho brasileiro, misturando várias tradições nacionais, desde a Dança Gaúcha até a menos conhecida Caranguejo, uma dança de roda do século dezenove onde a troca de pares é fundamental.

Em fila ou em uma imensa roda, eles e elas dão as mãos e começam a criar passos com batidas dos pés, giros e pulos. Os mais hábeis arriscam até movimentos mais intensos, como pequenas viradas. O homem pode sair da roda, por exemplo, e dançar ao lado da mulher, fazendo passos sozinho ou também desafiando as outras pessoas, como nas tradicionais rodinhas de dança. A diferença é que aqui a melodia é embalada pela música típica árabe, com a vantagem da maioria das pessoas não conhecerem a dança, o que favorece a entrega total na dança, já que cada um vai criar os seus próprios passos. A única coisa que é obrigatória é se divertir.

Serviço:

Noite Dabke
Todas as quartas-feiras a partir das 22h
Homem: R$ 20
Mulher: VIP
Alibabar - Zona Norte - Av. Luis Dumont Villares, 697 – Jd. São Paulo

Informações:
Tel.: (11) 3845-1455/ 2281-8574
www.alibabar.com.br

Ultima Postagem

Ford oferece espaço, conforto e preço com o Territory Titanium 2024

SUV global chega ao Brasil com versão única e motor turbo a partir de R$ 209.990,00 Texto:  Sérgio Dias Fotos: Sérgio Dias Desde que deixou ...