Mostrando postagens com marcador Seu Jorge. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Seu Jorge. Mostrar todas as postagens

11 de março de 2016

Ana Carolina & Seu Jorge se apresentam em São Paulo




Novo show irá relembrar os maiores sucessos dos dois artistas e novas parcerias

Mais de uma década já se passou, desde que um projeto de apenas quatro shows juntou duas das vozes brasileiras mais famosas no mesmo palco. Eis que mais uma vez seus caminhos artísticos se cruzaram e a tão aguardada turnê de Ana Carolina & Seu Jorge, juntos no palco, se tornou realidade. São Paulo terá o prazer de abrir a turnê, e receberá a dupla no palco do Citibank Hall, dias 01 e 02 de abril.

Agora, a parceria será refeita: a dupla de cantores, compositores e instrumentistas se junta aos produtores e DJs Mikael Mutti e CIA. O novo show irá relembrar os melhores momentos do show Ana & Jorge de 2005, além dos maiores sucessos dos dois artistas e novas parcerias. Este encontro, que ainda ecoa pelas rádios, refletido através de músicas como “É isso aí”, tardou a acontecer novamente, mesmo com a vontade dos dois de repetir o feito, devido a projetos pessoais em andamento de cada um.

12 de abril de 2013

Cantor Seu Jorge apresenta sua marca de cerveja



Cervejaria Karavelle é lançada durante evento na casa de Dinho Diniz

Karavelle Cerveja Premium que “invadiu os portos” para promover momentos de descobertas aos consumidores

Pertencente ao grupo Vera Cruz S.A, a cerveja Karavelle nasceu do desejo dos amigos e empresários, Dinho Diniz, Otavio Veiga e Jorge Mario da Silva, o músico e ator Seu Jorge, que se reuniam frequentemente para celebrar a vida e sentiam falta de um produto de qualidade e exclusivo.

O nome Karavelle, tradução da palavra caravela em alemão, significa uma viagem a bordo de grandes navegações em busca de novas descobertas, novos sabores.

A cerveja Karavelle traz em seu portfólio produtos exclusivos e elaborados por mestres cervejeiros experientes, que seguem rigorosamente a lei de Pureza de Baviera, de 1516, onde foi instituído que a cerveja, atualmente considerada a terceira bebida mais consumida do mundo, deveria ser fabricada unicamente com água, malte de cevada e lúpulo.

A missão da empresa é difundir um padrão de qualidade elevado aos amantes da boa cerveja, resgatando os valores esquecidos ou nunca mencionados pelas grandes cervejarias industriais.

Com sede no interior de São Paulo, na cidade de Indaiatuba, a empresa já está presente em todo o Brasil e tem distribuição selecionada em pontos de vendas como: Rede Pão de Açúcar, Mambo, Wall Mart, Casa Santa Luzia, Empório Santa Maria, além de hotéis e restaurantes conceituados como Emiliano, Fasano, Gero e Serafina, Barbacoa e Spot.

“A missão da Karavelle é promover aos consumidores momentos de prazer, descontração e descobertas”, acrescenta Dinho Diniz.

Já premiada pela ABRADEG (Associação Brasileira dos Degustadores de Cerveja) desde o primeiro ano de sua fundação, em 2009, a empresa apresenta linhas de chopes e cervejas puro malte, utilizando matérias primas selecionadas.

“Estamos em constante crescimento para atender a demanda sobre nossas cervejas, temos uma expansão bastante agressiva programada ainda para 2013 e os próximos anos”, acrescenta Otávio da Veiga.

“Desde o inicio o projeto me interessou porque sou apreciador de cervejas. Venho trabalhando, ao lado dos meus sócios, de forma discreta, pois não queria atrapalhar o desenvolvimento do plano como um todo. Nosso objetivo era consolidar o produto, o sabor, a filosofia da empresa para assim apresentá-lo oficialmente ao grande público”, finaliza Seu Jorge.

A Karavelle é capitaneada por Dinho Diniz, diretor de planejamento, Otavio Veiga, diretor geral e Jorge Mario (Seu Jorge), diretor de comunicação.


Campanha Karavelle

Parafraseando a música "Amiga da minha mulher", interpretada pelo próprio Seu Jorge, a campanha da Karavelle, assinada pela agência FCK! Comunicação, traz a mensagem "Cerveja boa mexe com meu coração" que vai de encontro ao que diz a canção “mulher bonita mexe com meu coração”.

“Como um bom apreciador eu adoro pegar uma bem gostosa, daquelas que dá agua na boca, pode ser loura, ruiva ou morena, o que importa mesmo é que seja boa, e a Karavelle é assim, uma cerveja deliciosa. Ela é premium, saborosa e especial, além disso, ela é feita artesanalmente e tem seis sabores. Não vou mentir a Karavelle, eu pego sim! Cerveja boa mexe com meu coração. Beba com moderação”.


“Você já esteve naquela situação que não sabe qual escolher? Você fica admirando, são todas especiais, gostosas, feitas com carinho. Pois é, com a cerveja Karavelle é assim, é uma mais gostosa que a outra, essa não dá pra resistir, eu pego sim! Se não fosse Karavelle estava tudo certo, cerveja boa mexe com meu coração. Beba com moderação”.

*Os textos acima fazem parte das campanhas da cerveja Karavelle, interpretados pelo cantor Seu Jorge.

Sobre as cervejas

Red Ale                                         
A Karavelle Red Ale é inspirada nas Red Ales Inglesas. De alta fermentação, possui cor âmbar, aroma de malte e leve amargor. Essa Ale é uma cerveja de caráter distinto, sabor maltado, que contrasta com o frescor do lúpulo importado. Harmoniza com pratos mais fortes e condimentados, carnes vermelhas e queijos fortes. Produzida artesanalmente e de acordo com a Lei de Pureza da Baviera. 


Keller 
Trata-se de uma Lager, que fica mais tempo nos tanques de maturação, obtendo um sabor maltado mais acentuado, contrastando com o frescor do lúpulo. Por não ser filtrada, tem um aspecto turvo. Harmoniza com peixes, frutos do mar, carnes brancas, saladas e queijos leves. Produzida artesanalmente sem filtragem.

Pilsen 
É uma cerveja de baixa fermentação, puro malte, que segue a Lei da Pureza da Baviera de 1516 (Reinheitsgebot). Sua aparência é clara, brilhante e possui coloração amarela límpida, com persistente creme e aroma floral. Esta combinação resulta em um sabor único, contrastando o paladar do puro malte com o leve amargor do lúpulo, muito refrescante e sensorialmente leve. É uma cerveja versátil e harmoniza com diversos tipos de pratos e petiscos. Produzida artesanalmente.


Weiss
Nossa Weiss é uma Cerveja de Trigo Extra de alta fermentação, feita com maltes de refrescante e naturalmente turva, apresenta aroma e sabor frutados, levemente condimentados, além de uma densa e abundante espuma. Harmoniza com peixes, frutos do mar, carnes brancas, saladas, queijos leves, petiscos, pães e sobremesas. Produzida artesanalmente sem filtragem, de acordo com a Lei da Pureza da Baviera de 1516.


Barba Negra 
Trata-se de uma Porter, fabricada com um blend de maltes torrados. Possui coloração negra, espuma bege e duradoura. Tem um leve aroma e sabor de café torrado, com um suave amargor. Harmoniza com grelhados, pratos fortes e sobremesas a base de chocolate. 


IPA
A Karavelle IPA é uma autêntica India Pale Ale inglesa. Resgatamos sua origem e história para traduzirmos toda essa tradição em um sabor autêntico britânico. Criada pelos ingleses para resistir às longas jornadas da Inglaterra até a Índia surgiu uma cerveja com teor alcoólico elevado e mais lupulada. Intensa no amargor e perfumada no aroma, harmoniza muito bem com comidas condimentadas e apimentadas.

26 de março de 2011

Seu Jorge & Almaz em terras brasileiras


É uma mistura simples, nunca antes pensada e que rendeu um dos melhores projetos musicais dos últimos tempos. Seu Jorge & Almaz é a combinação perfeita de música universal de alta qualidade. Pense em pegar os caras da banda que fizeram todo o movimento Mangue Beat aparecer no Brasil e botar pra cantar um dos nossos melhores artistas que passeia livremente por todas as vertentes da música. Seu Jorge bota pra quebrar ainda mais quando esta acompanhado de Lúcio Maia, Pupilo, Dengue e Antônio Pinto, todos membros da lendária Nação Zumbi, uma integração Rio de Janeiro/ Pernambuco que está ganhando o mundo.

Ganhando o mundo, pois o projeto foi lançado primeiramente nos Estados Unidos onde a ideia era levar a música de brasileiros sem ficar nos clichês e padrões que os nossos artistas são rotulados fora do país.  Versões de músicas de compositores como Vinicius de Moraes, Martinho da Vila, Tim Maia, Jorge Ben, Michael Jackson e outros, ganharam aquela roupagem psicodélica digna do mague beat, ainda mais quando se tem Lúcio Maia na guitarra e seus delays, reverbs e echos. Alta qualidade sonora! Música pra dançar, pra pular, outras pra ficar só olhando e viajando na riqueza do som.

O projeto começou quando em 2008 o diretor de cinema Walter Salles convidou o Seu Jorge para cantar uma das músicas do filme Linha de Passe, foi onde ele conheceu Lúcio Maia e Pupillo que também trabalhavam nas gravações no estúdio de Antônio Pinto. Seu Jorge como sempre vem inovando e surpreendendo os seus fãs, principalmente quando agora ela saca de uma flauta transversal ou de um pequeno teclado com sintetizador para fazer suas maluquices junto com a banda mostrando que está aprendendo novos instrumentos e crescendo cada vez mais musicalmente. Certamente essa junção com a banda que mudou a maneira de vermos a música nordestina, misturando rock com maracatu, faz parte desse crescimento e nós como bons ouvintes só temos a agradecer.

O primeiro show em São Paulo aconteceu no último dia 25 de março no Citibank Hall, o terceiro no Brasil, antes desse só aconteceram duas pequenas apresentações no Rio de Janeiro, mas pelo visto agora eles vieram com força total para as terras brasileiras mostrar esse trabalho tão prestigiado em outros países. Para os que ainda não conhecem, vale muito a pena, recomendo também uma passeada pelo You Tube para assistir os dois curtas metragens  com o nome “The Model: Oshun and the Dream”, um vídeo de estética maravilhosa e música de Seu Jorge & Almaz. 

Texto e fotos
Por Fellipe Abdalla

28 de setembro de 2010

Seu Jorge comemorou “duplo” aniversário em São Paulo



Por Gabriela Benício

Assim que apresentado por sua filha, Flor de Maria, o cantor subiu ao palco às 22h33 e abriu o show com a música “Chega no Suingue”. O espetáculo seguiu com um repertório variado entre antigos e novos sucessos, como “Burguesinha”, “Mina do Condomínio” e “Seu Olhar”. E claro, com toda a agitação e pluralidade instrumental a que já estamos acostumados, uma mistura de samba com rock, e funk com reggae, que só ele sabe fazer.

Jorge Mario da Silva, ou apenas Seu Jorge, nasceu e foi criado na periferia pobre do Rio de Janeiro. Ainda era um morador de rua quando teve contato com o teatro, virou ator, e posteriormente seguiu a tão sonhada carreira de músico. Hoje, com 10 anos de carreira e 6 álbuns solos, o carioca é considerado um dos maiores nomes do cenário MPB e já cantou ao lado de outros artistas de renome, como Ana Carolina, Alexandre Pires e Marcelo D2. Também participou do elenco dos filmes Cidade de Deus, indicado ao Oscar 2004 como melhor filme estrangeiro, Casa de Areia e Tropa de Elite 2, com estreia nacional prevista para a próxima sexta-feira (01).

No mês de outubro Seu Jorge parte para a turnê europeia de divulgação de seu novo projeto, “Almaz”, parceria com Pupillo e Lúcio Maria, do Nação Zumbi. Até o fim deste ano tem 16 shows marcados em diversos países europeus, como França, Alemanha, Inglaterra, Holanda e Espanha.

24 de setembro de 2010

Seu Jorge faz apresentação única neste sábado em SP


Seu Jorge comemora 10 anos de carreira e 40 anos de vida com show único no Citibank Hall, neste sábado, 25 de setembro. Os ingressos já estão disponíveis na bilheteria do Citibank Hall, pela internet (www.ticketsforfun.com.br), pelo telefone 4003-5588 e nos demais pontos de vendas do país.

Nascido e criado na periferia pobre do Rio de Janeiro, Jorge Mario da Silva era morador de rua quando teve contato com o teatro e virou ator, seguindo-se a sonhada carreira de músico. Misturou samba com rock, funk e reggae, realizou parcerias com artistas renomados como Ana Carolina e firmou não só sua carreira nacional mas também internacional, auxiliada por atuações em vários filmes, como "Casa de Areia" e no consagrado "Cidade de Deus".

A pluralidade instrumental presente nos discos do artista já é o bastante para contagiar qualquer apreciador de boa música nacional. Neste show, os maiores sucessos destes albuns serão tocados por Seu Jorge, para empolgar o público e envolver a todos em um clima de comemoração.

Serviço

Seu Jorge

Realização: TIME FOR FUN
Local: Citibank Hall - Av. Jamaris, 213 - Moema
Site: www.citibankhall.com.br
Telefones para informações: 4003-6464
Venda a grupos: (11) 2846-6166 / 6232
Única apresentação dia 25 de setembro
Horário: 22h

20 de agosto de 2010

Som Livre lança CD Perfil Seu Jorge


Seu Jorge Perfil pA Som Livre lança este mês o CD Seu Jorge - Perfil, com as melhores canções de um dos artistas mais talentosos da música brasileira atual. Sucessos como “Burguesinha”, “Tive Razão”, “Carolina” e “São Gonça” estão na coletânea. Seu Jorge passou por momentos pessoais difíceis no início da carreira. Perdeu o irmão em uma chacina e sua família se desestruturou, a ponto de ter que morar na rua. Nesta situação limite, descobriu a arte, tornando-se ator e músico, e um dos principais responsáveis pelo reaparecimento do samba rock, nos anos 2000.

Seu Jorge fez parte do Farofa Carioca, grupo que criou uma competente mistura de ritmos com samba, reggae, jongo, funk e rap. A partir daí, a carreira do músico engrenou. O primeiro álbum da carreira solo, Samba Esporte Fino (2001), está representado na coletânea com a faixa “Carolina” (Seu Jorge). Ao longo da carreira, Seu Jorge manteve o perfil do sambista nato, com letras que misturam crítica social e humor afiado. Outra faixa do repertório, “São Gonça” (Seu Jorge), composição ainda dos tempos de Farofa, foi reeditada em seu segundo álbum, Cru (2004), que ainda empresta à compilação “Tive Razão” (Seu Jorge).

Do terceiro álbum, América Brasil (2007), que rendeu a gravação de um DVD ao vivo, saem faixas consagradas. Além da romântica “Seu Olhar” (Seu Jorge), canções com a identidade do samba rock: “Pessoal Particular” (Seu Jorge / Leonardo Reis / Magary / Peu Meurray), “Burguesinha” (Gabriel Moura / Seu Jorge / Pretinho da Serrinha) e “Mina do Condomínio” (Pierre Aderne / Seu Jorge / Gabriel Moura / Pretinho da Serrinha).

As parcerias, sempre importantes, não poderiam ficar de fora deste disco. Estão presentes no álbum a participação de Marcelo D2 na faixa “Pode acreditar” (Jackson / Marcelo D2); a famosa parceria com Marcelinho da Lua no remix do clássico de Chico Buarque, “Cotidiano”; além de Teresa Cristina na música “Me Deixa em Paz” (Ayrton Amorim / Monsueto); Ana Carolina em dueto na canção “É Isso Aí”, versão para “The Blower’s Daughter”, de Damien Rice; e Alexandre Pires em “Eu Sou O Samba” (Alexandre Pires).

Ultima Postagem

Orquestra Petrobras Sinfônica apresenta "Thriller Sinfônico" e "Legião Sinfônico” em São Paulo

Os “showcertos” acontecem na Vibra São Paulo com regência do maestro Felipe Prazeres A Orquestra Petrobras Sinfônica vai apresentar na Vibra...