Campanha AACD Teleton 2021

Cursos Mecânica Online

Mostrando postagens com marcador SESC. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador SESC. Mostrar todas as postagens

22 de fevereiro de 2019

"Carnaval Baguncinha" convida foliões de todas as idades em São Paulo




Sesc Consolação prepara shows gratuitos com o Bloco Mamãe Eu Quero, Bandinha do Saci e Banda Estralo

O Sesc Consolação convida o público a participar do "Carnaval Baguncinha 2019", três dias de folia onde todas as pessoas são convidadas à diversão, aproveitando cada momento da festa mais democrática do país. 

A programação, que é inteiramente gratuita, tem início no dia 2 de março, sábado, e vai até terça-feira, dia 5, sempre a partir das 13h no Ginásio Vermelho, localizado no 2º andar. Somente no domingo a unidade ficará fechada. 

11 de novembro de 2016

Sesc Santana apresenta espetáculo de malabarismo




O show é composto pela interação entre artista e público

No feriado de 15 de novembro, terça, às 14h, o Sesc Santana realiza o espetáculo O Omelete, comandado por Du Circo. A partir da combinação entre elementos cômicos e malabarísticos, a apresentação é formada por diversos números circenses.

Convidado a participar a todo momento, o público ajuda a montar o espetáculo. Logo no início, uma criança é escolhida como assistente em um número de manipulação com bolas de cristal. Situações despretensiosas resultam em práticas artísticas, como um jogo de perguntas e respostas ou uma prática de tênis, que podem acabar em algumas evoluções de malabarismo com bolas e raquetes.

23 de outubro de 2016

Cia LaMala estreia o espetáculo no Sesc Belenzinho




Com oito anos de carreira, grupo faz peça Íntimo para o público adulto 

Com direção de Bruno Rudolf (criador da Cia Solas de Vento), a Cia LaMala estreia o espetáculo Íntimo no próximo dia 27 de outubro, quinta-feira, às 20 horas, no Sesc Belenzinho. Em sua primeira montagem focada no público adulto, a dupla Carlos Cosmai e Marina Bombachini traz para o palco o resultado de uma pesquisa focada em sua principal habilidade, a acrobacia em dupla e sem o uso de qualquer aparelho ou objeto. 

O limite da intimidade entre dois corpos e nada mais. Esse é o foco de Carlos Cosmai e Marina Bombachini em Íntimo. O espetáculo abordará este encontro explorando a intimidade de uma dupla de acrobatas, tanto do ponto de vista do relacionamento entre duas pessoas, quanto de dois corpos que se conhecem e trabalham em sintonia. 

11 de janeiro de 2016

Sesc Santana realiza mostra cinematográfica Cine SP




Composta de cinco filmes nacionais e dois cursos, toda programação é gratuita

Labiríntica, moderna, brutal, desvairada. As representações da cidade de São Paulo no cinema raramente são sutis. 

Para celebrar os 462 anos da Paulicéia, o Sesc Santana apresenta, de 12 de janeiro a 26 de fevereiro, uma mostra de cinema para re-pensar a grande metrópole e as relações entre seus habitantes. Composta de cinco filmes nacionais e dois cursos, a programação propõe aprofundar o olhar sobre as concepções e sonhos de (feliz)cidade. 

26 de outubro de 2015

Sesc Santana realiza a exibição do filme "Contos da Noite"




A sessão é gratuita e voltada para o público infantil

O Sesc Santana realiza a exibição gratuita do filme Contos da Noite (Les Contes de la Nuit), lançado em 2011 pelo diretor francês Michel Ocelot.

O longa conta a história de uma garota, um garoto e um senhor idoso que se encontram, todas as noites, em um pequeno cinema, que aparenta estar abandonado. Lá dentro, os três criam histórias, escrevem, desenham, vestem fantasias... Eles criam diversas histórias mágicas passadas em uma noite onde tudo é possível.

24 de junho de 2013

Sesc Santo André apresente “Posso dançar pra você?”


Espetáculo de dança destaca poesia cotidiana presente nos centros urbanos

Transformando os limites entre o ordinário e o poético, Posso Dançar Pra Você?, espetáculo da Cia. Domínio Público, ocupa a área de convivência do Sesc Santo André na última semana do mês de junho. Com proposta interativa, Posso Dançar Pra Você? pede licença ao transeunte para interagir com seu espaço, ao mesmo tempo em que busca criar novas possibilidades para a dança em meio à paisagem urbana, ou seja, junto ao público da rua, e tendo o espaço público como imprescindível transformador do espetáculo no exato momento em que ele acontece.

Sob a direção de Holly Cavrell, conceituada bailarina, professora e doutora em artes pela Universidade Estadual de Campinas, a Cia. recebeu, em seu processo de pesquisa, a colaboração de artistas representantes das mais diversas linguagens, tais como a dança, música, teatro e cinema, na construção de partituras que exploram o lugar do toque, do afeto e da delicadeza nos dias de hoje.

Serviço

Posso dançar pra você? 
Direção: Holly Cavrell. 
Com Gustavo Valezi, Isis Andreatta, Lineker e Sara Mazon.
Classificação: livre.
Na área de convivência. Grátis. 
29/06. Sábado, às 18h. 

10 de junho de 2013

Palhaçada bang bang no Sesc Santo André


Espetáculo circense faz referência ao faroeste americano
  
Em única apresentação, a Trupe Irmãos Atada, da Cooperativa Paulista de Circo, sobe ao palco do Sesc Santo André no próximo final de semana com o espetáculo Bang Bang à Pastelana.

Utilizando técnicas de acrobacia e malabarismo na construção da narrativa, o trio de palhaços conta a história de três artistas mambembes que viajam para a cidade de DogBurCity afim de apresentar um grande show. No mesmo dia e na mesma cidade, surgem três bandidos procurados, que são idênticos aos artistas e estão dispostos a realizar um grande assalto a banco.

Regado a trapalhadas, trapaças e confusões, o espetáculo circula desde 2009 e é o primeiro projeto fruto da parceria entre os artistas Anderson Spada, Emerson Almeida e Paulo Ygar.

Serviço

BANG BANG À PASTELANA
Dia: 16/06. Domingo, às 16h.
Local: Na área de convivência
Classificação etária: Livre

Sesc Santo André
Rua Tamarutaca, 302 - Vila Guiomar
Fone: (11) 4469-1200
Acesso para deficientes físicos
Estacionamento: R$ 3,00 a primeira hora e R$ 1,00 cada hora adicional (desconto de 50% para matriculados).

31 de maio de 2013

SESC Consolação apresenta 15 Anos da Cia Suno


Companhia circense apresenta dez espetáculos do repertório e estreia seu mais novo trabalho

Composta pela atriz Helena Figueira (CPT/ École National du Cirque Annie Fratellini) e pelo artista acrobata Duba Becker, a Cia Suno mescla a riqueza poética do circo com a linguagem teatral, em espetáculos de estética híbrida e lúdica, que trazem consigo beleza e leveza, traduzidas na dança, números de riscos, contorção, mágica, mímica, palhaçadas, malabarismos e acrobacias.

Ao completar 15 anos de atividades, a companhia apresenta dez dos doze espetáculos que fazem parte do seu repertório durante o mês de junho e estreia em julho seu mais novo trabalho: Ensaio sob a chuva.

Confira:

MOSTRA DE REPERTÓRIO

Dia 1/6.
 O Cientista e a Lua

Um cientista faz pesquisas observando as constelações, percursos de estrelas e astros e, assim, encontra a lua, por quem se apaixona. Nasce entre eles uma grande admiração, representada em movimentos e gestos. O espetáculo a pesquisa de linguagens cênicas explorando o território de fronteira que envolve circo, teatro físico, mímica e dança. Envolvida pela música, apresenta-se a Lua como uma lira, o Sol na skyrunner que pula com seus malabares de luz, a narrativa se apresenta sem uso da palavra através de elementos e técnicas de expressão física.
Às 11h. Duração 50 minutos.
Classificação: livre. Teatro Anchieta. 280 lugares. Preços: R$ 8,00 (inteira); R$ 4,00 (usuário matriculado no SESC e dependentes, +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino). R$ 2,00 (trabalhador no comércio e serviços matriculado no SESC e dependentes).

Carpinteiros em Domicílio
Dois palhaços chegam com um monociclo e uma bicicleta acrobática carregando madeiras para uma obra. Realizam números de bicicleta acrobática, rola-rola e acrobacias diversas, interagindo com o público. Espetáculo divertido e inusitado. Neste espetáculo a companhia se propõe a demonstrar habilidades técnicas de circo utilizando uma roupagem diferente. Neste processo a ideia é utilizar o palhaço longe do universo do circo e como ele lida com os elementos do dia-a-dia sem estar se apresentando. Com Helena Figueira e Duba Becker.
Às 16h. Duração 45 minutos.
Classificação: livre. Ginásio Verde. Grátis.


Dia 8/6.

Despautérios
Recheada de peripécias, malabarismos e números de equilibrismo, a peça trata da vida cotidiana de três palhaços longe do picadeiro. Mesmo distante da lona do circo eles não deixam de atuar; até nas ações diárias mais banais estão sempre representando. Presos a um pequeno universo, criado por eles próprios, os palhaços criam situações insólitas para escapar da mesmice do cotidiano. Com Helena Figueira, Victor Nóvoa e Duba Becker.

Às 11h. Duração 55 minutos.

Classificação: 10 anos. Teatro Anchieta. 280 lugares. Preços: R$ 8,00 (inteira); R$ 4,00 (usuário matriculado no SESC e dependentes, +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino). R$ 2,00 (trabalhador no comércio e serviços matriculado no SESC e dependentes).

Sanduba Delivery
O palhaço Sanduba chega com sua bicicleta acrobática para fazer entregas de sua lanchonete. No cardápio, dez números circenses divididos em entrada, prato principal, sobremesa e cafezinho. O público é convidado para fazer o pedido e assim formar a cada dia um cardápio e um espetáculo diferente. No final do espetáculo há um surpreendente numero de equilibrismo, com o artista equilibrando no queixo uma barraca de feira. Com Duba Becker.
Às 16h. Duração 50 minutos.
Classificação: livre. Ginásio Verde. Grátis.

Dia 15/6
O Circo De Um Homem Só
Um palhaço solitário que abandona o circo e tenta se adaptar à vida na cidade. O espetáculo trata da relação cotidiana deste palhaço com objetos do seu novo dia-a-dia. Suas atitudes e relações são sempre cômicas e desastradas, como se o palhaço não conseguisse viver sem representar, fazendo da sua vida cotidiana um verdadeiro espetáculo de circo. Com Duba Becker.

Às 11h. Duração 50 minutos.

Classificação: livre. Teatro Anchieta. 280 lugares. Preços: R$ 8,00 (inteira); R$ 4,00 (usuário matriculado no SESC e dependentes, +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino). R$ 2,00 (trabalhador no comércio e serviços matriculado no SESC e dependentes).

O Buraco
Uma palhaça acróbata vinda de uma tradicional família circense se vê no desafio de atravessar um buraco infinito andando em uma corda bamba. Toda sua família tentou e se deu mal: seu avo, seu bisavô, seu tataravô,... sua mãe também tentou, mas conheceu o anão do circo e fugiu com ele. Num cenário composto por um barril, uma mini-banda e uma corda bamba, sob o prisma da comicidade, Fiorella brinca com os conflitos de um palhaço que vive sua situação limite: ter que atravessar um buraco com fundo infinito. Números de mágica e contorcionismo completam a diversão do publico. Com Helena Figueira.

Às 16h. Duração 50 minutos. Classificação: livre Ginásio Verde. Grátis.

22/06
Estripulias No Circo
Inspirado nas tantas trupes circenses que viajam pelo mundo em suas pequenas caravanas, o espetáculo resgata a tradição do universo circense unida às técnicas contemporâneas dessa arte. A narrativa se desenrola contando a história da “Família Suno”, passando pelo circo de cavalaria inglês, circo chinês, russo, até a linhagem mais moderna e inusitada. Personagens clássicos utilizando números de equilibrismo, mágica, contorcionismo, mímica, dança, acrobacias e malabarismo. Com Duba Becker, Helena Figueira e Léo Mologni.
Às 11h. Duração 50 minutos.
Classificação: livre. Teatro Anchieta. 280 lugares. Preços: R$ 8,00 (inteira); R$ 4,00 (usuário matriculado no SESC e dependentes, +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino). R$ 2,00 (trabalhador no comércio e serviços matriculado no SESC e dependentes).

A Bailarina e O Palhaço
Inspirado nas tantas histórias de amores sublimes e desvairadas paixões, o espetáculo traz o singelo e clássico amor entre o Palhaço e a Bailarina, representado através de um belo adágio acrobático. Dois artistas circenses em cena, utilizando o público na ação, desenvolvem uma comédia romântica dividida em três pequenos atos narrados por um espectador. Com Helena Figueira e Duba Becker.
Às 16h. Duração 50 minutos. Classificação: livre. Ginásio Verde. Grátis.

Dia 29/6
Cabare Cia Suno
Durante 1h20, diversos artistas convidados apresentam seus números, com a Russo Jazz Band executando as músicas ao vivo. Entre os números apresentados, há tecido, números de malabares com objetos do cotidiano, esquetes de palhaços, malabarismos com chapéu, equilibrismo em arame, entre outros. Pela dinâmica e festividade, este projeto encerra a mostra de repertório da Cia Suno e anuncia a temporada do inédito “Ensaio sob a Chuva”.
Às 11h. Duração: 55 minutos.
Classificação: livre. Teatro Anchieta. 280 lugares. Preços: R$ 8,00 (inteira); R$ 4,00 (usuário matriculado no SESC e dependentes, +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino). R$ 2,00 (trabalhador no comércio e serviços matriculado no SESC e dependentes).

Cortejo Suno
Uma palhaceata festiva. O espetáculo vem em forma de cortejo e é formado por uma banda com dois palhaços, um augusto músico e um branco na perna-de-pau tocando caixa, uma bailarina e um acrobata maestro. O grupo demonstra algumas habilidades circenses com música ao vivo. São elas, acrobacias em dupla, equilibrismo, malabarismo, contorcionismo, tudo com um toque de humor. A ideia é convidar o público para participar deste divertido passeio. Com: Duba Becker, Aldo Junior, Fernando Proença e Helena Figueira.
Às 16h. Duração 55 minutos. Classificação: livre. Ginásio Verde. Grátis.

ESTREIA

Ensaio Sob A Chuva

Em um dia cinza, frio e sem graça, dentro de casa, dois palhaços tentam se distrair. De forma criativa, criam situações e brincadeiras com as goteiras, baldes e guarda chuvas. Ao final, um delicado número de arame, que envolve dança, acrobacia e muita sensibilidade. O espetáculo utiliza uma roupagem moderna com técnicas de dança contemporânea e mímica corporal dramática para representar uma releitura do clássico circense da bailarina sobre o arame. Com Helena Figueira e Duba Becker.

Dias 6, 9, 13, 20 e 27 de julho, sábados, 11h. Duração: 50 minutos.

Recomendação etária: livre.

Teatro Anchieta. 280 lugares. Preços: R$ 8,00 (inteira); R$ 4,00 (usuário matriculado no SESC e dependentes, +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino). R$ 2,00 (trabalhador no comércio e serviços matriculado no SESC e dependentes).

Sesc Consolação

Rua Dr. Vila Nova, 245

Tel: 3234-3000

27 de maio de 2013

Boa música ao meio dia no Sesc Bom Retiro



Programação que estimula e sensibiliza o público para contato com diferentes propostas artísticas

Todas as terças o público pode assistir gratuitamente no Sesc Bom Retiro, as vertentes de música popular brasileira. Em Junho é a vez da MPB, acompanhada por diversos instrumentos como violão, sanfona e baixo. Todas as apresentações acontecem na Praça de Convivência da Unidade, gratuitamente para todas as idades. 

No dia 4, o cantor Felipe Torre abre a série de apresentações acompanhado por Ronaldo Richieri (sanfona), com um repertório de MPB. Em 11 de Junho, a cantora Bruna Prado dára corpo a suas canções autorais com Felipe Guimarães(violão), Ivan Gomes (baixo) e Chico Santana (Percussão).

Dando sequência as apresentações haverá a banda CASA 7 que fará um show com canções autorais da Música Popular Brasileira, dia 18 de Junho.

Encerrando o Bom Retiro Meio Dia de junho, o grupo Lê Coelho e Os Urubus Malandros o grupo apresenta canções de seu primeiro disco "Um Samba a Mais", com 12 sambas autorais de Lê Coelho, marcados por uma sonoridade moderna e influências que vão de Geraldo Filme a Tom Zé e releituras de músicas de Chico Buarque e Tom Zé. O CD teve estréia de lançamento na  Argentina, em 2012, com apresentações na província de Santa Fé e em Buenos Aires e agora chega ao Sesc Bom Retiro.

Serviço
Bom Retiro Meio Dia

Dias 4,11,18 e 25 de Junho. Terças, das 12h às 12h50 e das 13h10 às 14h.
Praça de Convivência. Grátis.
Al Nothmann,185 – Campos Elíseos.
Estacionamento próprio: de R$ 4,00 a R$8,00 a primeira hora.
Acessibilidade: Entrada com acesso para pessoas com deficiência e mobilidade reduzida.

23 de maio de 2013

La Mínima ao Máximo no Sesc Santo André



Cia. apresenta mostra retrospectiva e compartilha experiência em dramaturgia

Comemorando 15 anos de palhaçadas e consistente pesquisa acerca da dramaturgia circense, a Cia. La Mínima faz temporada no Sesc Santo André até 9 de junho. A programação da mostra conta com espetáculos adultos e infantis, bate-papo e oficina.

Pioneiros no movimento de resgate da tradição circense no país, os paulistanos Domingos Montagner e Fernando Sampaio se conheceram no Circo Escola Picadeiro há mais de 20 anos e, da afinidade reconhecida entre estes dois pesquisadores nasceu o que seria o princípio norteador da Cia La Mínima: a descoberta de novas possibilidades para a dramaturgia circense.

Com conteúdo que explora questões políticas e humanas a partir da comicidade física, a Cia. exibe repertório recheado de delicadeza, crítica social e poesia, características próprias da arte clownesca.

CIRCO

LA MÍNIMA AO MÁXIMO!
Programação especial em comemoração aos 15 anos da companhia. O projeto conta com espetáculos adultos, infantis, uma oficina e um bate papo sobre a trajetória e a linha de pesquisa do grupo.

Serviço
LA MÍNIMA AO MÁXIMO!
Dias: De 26/05 a 09/06.

Sesc Santo André
Rua Tamarutaca, 302 - Vila Guiomar
Fone: (11) 4469-1200
Acesso para deficientes físicos
Estacionamento: R$ 3,00 a primeira hora e R$ 1,00 cada hora adicional (desconto de 50% para matriculados)

16 de maio de 2013

Liquidus Ambiento apresenta parcerias de peso no palco do Sesc Santo André



Grupo faz apresentação no ABC Paulista nesse final de semana
  
Dub, Nu Jazz, Trip Hop, Downtempo, Afro Beat e Funk. Essas são algumas das influências que permeiam o trabalho do Liquidus Ambiento, coletivo que apresenta seu trabalho instrumental no palco do Sesc Santo André no próximo dia 19, domingo.

Com participações de Bocato (trombonista, já tocou ao lado de Ney Matogrosso, Elis Regina, entre outros) e Beto Villares (compositor de trilhas de cinema, músico e produtor), as composições lançam mão de Riffs de guitarra, arranjos de saxofone, trompete e trombone, melodias cristalinas de sitar e flauta, linhas graves de baixo, bateria acústica e vibrafone na construção de sofisticadas atmosferas sonoras.

Em uma combinação de música instrumental e eletrônica, o grupo mostra sua identidade singular e promete despertar o entusiasmo do público com sua linguagem musical influenciada por referências multiculturais.

Serviço

Liquidus Ambiento
Dia: 19 de maio. Sábado, às 19h.
Classificação etária: Não recomendado para menores de 12 anos.
Local: No Teatro.
Preço: R$ 20,00 (inteira); R$ 10,00 (usuário matriculado no SESC e dependentes, +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino). R$ 5,00 (trabalhador no comércio e serviços matriculado no SESC e dependentes).

Sesc Santo André
Rua Tamarutaca, 302 - Vila Guiomar
Fone: (11) 4469-1200
Acesso para deficientes físicos
Estacionamento: R$ 3,00 a primeira hora e R$ 1,00 cada hora adicional (desconto de 50% para matriculados).

SESC Consolação apresenta 15 Anos Cia Suno



Companhia circense apresenta dez espetáculos do repertório e estreia seu mais novo trabalho

Composta pela atriz Helena Figueira (CPT/ École National du Cirque Annie Fratellini) e pelo artista acrobata Duba Becker, a Cia Suno mescla a riqueza poética do circo com a linguagem teatral, em espetáculos de estética híbrida e lúdica, que trazem consigo beleza e leveza, traduzidas na dança, números de riscos, contorção, mágica, mímica, palhaçadas, malabarismos e acrobacias.

Ao completar 15 anos de atividades, a companhia apresenta dez dos doze espetáculos que fazem parte do seu repertório durante o mês de junho e estreia em julho seu mais novo trabalho: Ensaio sob a chuva.

Confira:

MOSTRA DE REPERTÓRIO

Dia 1/6.

O Cientista e a Lua
Um cientista faz pesquisas observando as constelações, percursos de estrelas e astros e, assim, encontra a lua, por quem se apaixona. Nasce entre eles uma grande admiração, representada em movimentos e gestos. O espetáculo a pesquisa de linguagens cênicas explorando o território de fronteira que envolve circo, teatro físico, mímica e dança. Envolvida pela música, apresenta-se a Lua como uma lira, o Sol na skyrunner que pula com seus malabares de luz, a narrativa se apresenta sem uso da palavra através de elementos e técnicas de expressão física.
Às 11h. Duração 50 minutos.
Classificação: livre. Teatro Anchieta. 280 lugares. Preços: R$ 8,00 (inteira); R$ 4,00 (usuário matriculado no SESC e dependentes, +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino). R$ 2,00 (trabalhador no comércio e serviços matriculado no SESC e dependentes).

Carpinteiros em Domicílio
Dois palhaços chegam com um monociclo e uma bicicleta acrobática carregando madeiras para uma obra. Realizam números de bicicleta acrobática, rola-rola e acrobacias diversas, interagindo com o público. Espetáculo divertido e inusitado. Neste espetáculo a companhia se propõe a demonstrar habilidades técnicas de circo utilizando uma roupagem diferente. Neste processo a ideia é utilizar o palhaço longe do universo do circo e como ele lida com os elementos do dia-a-dia sem estar se apresentando. Com Helena Figueira e Duba Becker.
Às 16h. Duração 45 minutos.
Classificação: livre. Ginásio Verde. Grátis.


Dia 8/6.

Despautérios
Recheada de peripécias, malabarismos e números de equilibrismo, a peça trata da vida cotidiana de três palhaços longe do picadeiro. Mesmo distante da lona do circo eles não deixam de atuar; até nas ações diárias mais banais estão sempre representando. Presos a um pequeno universo, criado por eles próprios, os palhaços criam situações insólitas para escapar da mesmice do cotidiano. Com Helena Figueira, Victor Nóvoa e Duba Becker.

Às 11h. Duração 55 minutos.

Classificação: 10 anos. Teatro Anchieta. 280 lugares. Preços: R$ 8,00 (inteira); R$ 4,00 (usuário matriculado no SESC e dependentes, +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino). R$ 2,00 (trabalhador no comércio e serviços matriculado no SESC e dependentes).

Sanduba Delivery
O palhaço Sanduba chega com sua bicicleta acrobática para fazer entregas de sua lanchonete. No cardápio, dez números circenses divididos em entrada, prato principal, sobremesa e cafezinho. O público é convidado para fazer o pedido e assim formar a cada dia um cardápio e um espetáculo diferente. No final do espetáculo há um surpreendente numero de equilibrismo, com o artista equilibrando no queixo uma barraca de feira. Com Duba Becker.
Às 16h. Duração 50 minutos.
Classificação: livre. Ginásio Verde. Grátis.

Dia 15/6
O Circo De Um Homem Só
Um palhaço solitário que abandona o circo e tenta se adaptar à vida na cidade. O espetáculo trata da relação cotidiana deste palhaço com objetos do seu novo dia-a-dia. Suas atitudes e relações são sempre cômicas e desastradas, como se o palhaço não conseguisse viver sem representar, fazendo da sua vida cotidiana um verdadeiro espetáculo de circo. Com Duba Becker.

Às 11h. Duração 50 minutos.

Classificação: livre. Teatro Anchieta. 280 lugares. Preços: R$ 8,00 (inteira); R$ 4,00 (usuário matriculado no SESC e dependentes, +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino). R$ 2,00 (trabalhador no comércio e serviços matriculado no SESC e dependentes).

O Buraco
Uma palhaça acróbata vinda de uma tradicional família circense se vê no desafio de atravessar um buraco infinito andando em uma corda bamba. Toda sua família tentou e se deu mal: seu avo, seu bisavô, seu tataravô,... sua mãe também tentou, mas conheceu o anão do circo e fugiu com ele. Num cenário composto por um barril, uma mini-banda e uma corda bamba, sob o prisma da comicidade, Fiorella brinca com os conflitos de um palhaço que vive sua situação limite: ter que atravessar um buraco com fundo infinito. Números de mágica e contorcionismo completam a diversão do publico. Com Helena Figueira.

Às 16h. Duração 50 minutos. Classificação: livre Ginásio Verde. Grátis.

22/06
Estripulias No Circo
Inspirado nas tantas trupes circenses que viajam pelo mundo em suas pequenas caravanas, o espetáculo resgata a tradição do universo circense unida às técnicas contemporâneas dessa arte. A narrativa se desenrola contando a história da “Família Suno”, passando pelo circo de cavalaria inglês, circo chinês, russo, até a linhagem mais moderna e inusitada. Personagens clássicos utilizando números de equilibrismo, mágica, contorcionismo, mímica, dança, acrobacias e malabarismo. Com Duba Becker, Helena Figueira e Léo Mologni.
Às 11h. Duração 50 minutos.
Classificação: livre. Teatro Anchieta. 280 lugares. Preços: R$ 8,00 (inteira); R$ 4,00 (usuário matriculado no SESC e dependentes, +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino). R$ 2,00 (trabalhador no comércio e serviços matriculado no SESC e dependentes).

A Bailarina e O Palhaço
Inspirado nas tantas histórias de amores sublimes e desvairadas paixões, o espetáculo traz o singelo e clássico amor entre o Palhaço e a Bailarina, representado através de um belo adágio acrobático. Dois artistas circenses em cena, utilizando o público na ação, desenvolvem uma comédia romântica dividida em três pequenos atos narrados por um espectador. Com Helena Figueira e Duba Becker.
Às 16h. Duração 50 minutos. Classificação: livre. Ginásio Verde. Grátis.

Dia 29/6
Cabare Cia Suno
Durante 1h20, diversos artistas convidados apresentam seus números, com a Russo Jazz Band executando as músicas ao vivo. Entre os números apresentados, há tecido, números de malabares com objetos do cotidiano, esquetes de palhaços, malabarismos com chapéu, equilibrismo em arame, entre outros. Pela dinâmica e festividade, este projeto encerra a mostra de repertório da Cia Suno e anuncia a temporada do inédito “Ensaio sob a Chuva”.
Às 11h. Duração: 55 minutos.
Classificação: livre. Teatro Anchieta. 280 lugares. Preços: R$ 8,00 (inteira); R$ 4,00 (usuário matriculado no SESC e dependentes, +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino). R$ 2,00 (trabalhador no comércio e serviços matriculado no SESC e dependentes).

Cortejo Suno
Uma palhaceata festiva. O espetáculo vem em forma de cortejo e é formado por uma banda com dois palhaços, um augusto músico e um branco na perna-de-pau tocando caixa, uma bailarina e um acrobata maestro. O grupo demonstra algumas habilidades circenses com música ao vivo. São elas, acrobacias em dupla, equilibrismo, malabarismo, contorcionismo, tudo com um toque de humor. A ideia é convidar o público para participar deste divertido passeio. Com: Duba Becker, Aldo Junior, Fernando Proença e Helena Figueira.
Às 16h. Duração 55 minutos. Classificação: livre. Ginásio Verde. Grátis.


ESTREIA

Ensaio Sob A Chuva

Em um dia cinza, frio e sem graça, dentro de casa, dois palhaços tentam se distrair. De forma criativa, criam situações e brincadeiras com as goteiras, baldes e guarda chuvas. Ao final, um delicado número de arame, que envolve dança, acrobacia e muita sensibilidade. O espetáculo utiliza uma roupagem moderna com técnicas de dança contemporânea e mímica corporal dramática para representar uma releitura do clássico circense da bailarina sobre o arame. Com Helena Figueira e Duba Becker.

Dias 6, 9, 13, 20 e 27 de julho, sábados, 11h. Duração: 50 minutos.

Recomendação etária: livre.

Teatro Anchieta. 280 lugares. Preços: R$ 8,00 (inteira); R$ 4,00 (usuário matriculado no SESC e dependentes, +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino). R$ 2,00 (trabalhador no comércio e serviços matriculado no SESC e dependentes).

Sesc Consolação

Rua Dr. Vila Nova, 245

Tel: 3234-3000

9 de maio de 2013

Berço do Samba de São Mateus circula no ABC



São Bernardo e Ribeirão Pires receberão lançamentos do Selo Sesc

O Sesc Santo André, em parceria com as prefeituras de Ribeirão Pires e São Bernardo do Campo, traz à região, neste mês de maio, o lançamento do CD Berço do Samba de São Mateus, pelo Selo Sesc de Musica.

O grupo, que nasceu em uma roda de samba existente há mais de 15 anos nos bairros de São Mateus, zona leste de São Paulo, participa do Circuito Selo Sesc de Música, projeto que pretende trazer à região trabalhos musicais lançados pelo Selo Sesc.

As apresentações, que acontecerão dias 17 e 18, prometem trazer ao palco canções, poesias, crônicas e exaltações em forma de samba de terreiro, partido alto, calango, samba de roda e outros, revelando ao grande público a memória do samba regional, preservada nos quintais dos velhos e novos redutos do samba paulista.

Confira a programação!

MÚSICA

circuito selo sesc de música
BERÇO DO SAMBA DE SÃO MATEUS
Retirada de ingressos nas Bilheterias dos teatros, no dia do show, a partir das 14h, enquanto houver disponibilidade. Limite de 02 ingressos por pessoa.
Ribeirão Pires: 17/05
Local: Teatro Euclides Menato, Avenida Brasil 193, Centro. Tel.: 4828-2028.

São Bernardo do Campo: 18/05
Local: Teatro Lauro Gomes. Rua Helena Jacquey, 171, Rudge Ramos. Tel.: 4368-3483. 

Classificação etária: Não recomendado para menores de 12 anos.

Grátis

Sesc Santo André
Rua Tamarutaca, 302 - Vila Guiomar
Fone: (11) 4469-1200

2 de maio de 2013

Sesc Santo André oferece atividades para todo o público no primeiro final de semana do mês de maio



O Sesc Santo André preparou uma programação especial para o primeiro final de semana de maio, reunindo atividades para todas as faixas etárias. A partir das 11h do sábado e se estendendo ao longo dos dois dias, a Unidade traz opções para toda a família. A programação inclui peça de teatro, atividade de dança para mães e filhos, exibição de filmes, e contação de histórias para as crianças. Todas as atrações são livres e gratuitas, – com exceção do espetáculo As Três Mulheres Sabidas no domingo (7).

Confira detalhes da programação:


Filmes

CINECLUBINHO
No primeiro sábado de cada mês, um filme diferente para a criançada. A entrada é gratuita, com distribuição de ingressos uma hora antes na bilheteria.

Curtas-metragens: Nueva Mirada
Seleção de curtas-metragens integrantes do Festival Internacional de Cinema “Nueva Mirada”, voltada para a Infância e Juventude.
Estreia – Rússia, 2010;
Boboleta – Brasil, 2011;
Apollo – Alemanha, 2010;
Mungee-nunca mais! – Suíça, 2010;
Menina da chuva – Brasil, 2010;
Imago – França, 2004;
Bach – Rússia, 2010.
Duração total: 40 minutos.
Na Sala de Múltiplo Uso.
LIVRE - esta atividade será melhor aproveitada por todas as crianças
Grátis.
Dia 4. Sábado, às 11h.


Contação de histórias

BRINCADEIRAS E CANÇÕES
Momentos dedicados ao convívio por meio da leitura de livros, narração de histórias, brincadeiras e canções.
Com mediação realizada por educadores do Sesc.
No Espaço de Brincar.
LIVRE - esta atividade será melhor aproveitada por todas as crianças
Grátis.
Dias 4 e 5. Sábado, das 14h30 às 15h, e domingo, das 15h30 às 16h.


Especial

Dança Materna para Gestantes
A dança para gestantes visa potencializar uma vivência consciente da gravidez, onde a mulher é convidada a experimentar-se na dança como forma de se conhecer, expressar e lidar com todas as transformações em curso neste momento da vida. Dançar na gestação melhora a oxigenação e a circulação sanguínea, beneficiando mãe e bebê.
Com Tatiana Tardioli, do Projeto Dança Materna.
Duração: 80 minutos.
Na Sala de Expressão Corporal.
Vagas limitadas.
Inscrições no local, com 30 minutos de antecedência.
LIVRE - esta atividade será melhor aproveitada por todas as crianças
Grátis.
Dia 4. Sábado, às 16h.


Espetáculos

AS 3 MULHERES SABIDAS
O espetáculo recria o mundo lúdico e de fantasia dos tradicionais contos de fadas. Inspirado nos contos "A Pobretona que virou rainha", de origem irlandesa, "O gentil homem de Wastness" e "O touro negro de Norroway", ambos de origem escocesa, a peça narra a história de mulheres que utilizam o poder da sabedoria feminina para enfrentar monstros, bruxas e outros desafios que aparecem em seus caminhos. O espetáculo surpreende e foge do clichê das donzelas indefesas que geralmente são retratadas pelos conhecidos contos de fadas.
Duração: 60 minutos.
No Teatro.
LIVRE - esta atividade será melhor aproveitada a partir de 4 anos
R$ 8,00 (inteira); R$ 4,00 (usuário matriculado no SESC e dependentes, +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino). R$ 2,00 (trabalhador no comércio e serviços matriculado no SESC e dependentes).
Dia 5. Domingo, às 12h.

Serviço
Programação especial do primeiro fim de semana de maio
Dia: 1 de maio. Quarta-feira (feriado).
Classificação etária: Livre.
Grátis

25 de abril de 2013

Sesc apresenta: Explosions in the Sky toca em São Paulo em maio



Com dois shows confirmados, banda toca pela primeira vez no país

Uma das atrações confirmadas para a 2ª edição do festival Sonar, que aconteceria em maio, em São Paulo, o quarteto americano Explosions in the Sky mantém apresentações na cidade mesmo com o cancelamento do festival. Empolgados com a primeira vez em terras brasileiras, a banda fará shows, nos dias 22 e 23 de maio, na Comedoria do Sesc Belenzinho. As vendas de ingressos terão inicio no dia 01 de maio, a partir das 14h, em toda rede INGRESSOSESC (http://www.sescsp.org.br/sesc/servico.cfm?servico_id=3).

Com seis discos lançados em estúdio, Explosions in the Sky chega à São Paulo para apresentar o elogiado show do álbum mais recente, lançado em abril de 2011, chamado “Take Care, Take Care, Take Care”. O disco saiu do forno após seus quatro integrantes juntarem suas demos feitas durante os três anos posteriores ao lançamento do quinto álbum, chamado “All of a Sudden I Miss Everyone” (2007). O resultado de “Take Care” é um álbum com seis faixas que levam o ouvinte a 45 minutos cheios de instrumentalismo e virtuose da melhor qualidade. 

Também conhecida como Eits, abreviação de Explosions in the Sky, a banda é formada por Munaf Rayani (guitarra), Mark Smith (guitarra), Michael James (guitarra e baixo) e Chris Hrasky (bateria). Surgiu no Texas, em 1999, e desde então marcou presença no cenário musical do post rock, subgênero do rock, também bem representado por gente como Mogwai (Escócia), Tortoise (EUA) e Sigur Rós (Islândia).

Além dos discos lançados, Eits assinou em 2004 a trilha sonora do filme “Friday Night Lights", do diretor Peter Berg, e também forneceu algumas de suas músicas para vários outros filmes e programas de TV, como o longa “The Diving Bell and the Butterfly” e o documentário “Capitalism: A Love Story”, de Michael Moore. 

Explosions in the Sky @ Sesc Belenzinho
Dias 22 e 23 de maio de 2013, quarta e quinta-feira
Local: Comedoria do Sesc
Abertura da casa: 20h30
Horário show: 21h30
Duração: 1h30
Capacidade: 500 pessoas
Possui acesso para pessoas com deficiência
Classificação: Não é permitida a entrada de menores de 18 anos (a Comedoria é classificada como casa noturna em função da venda de bebidas alcoólicas) 
Valores ingressos: 
- R$ 32,00 (inteira);
- R$ 16,00 (usuários matriculados no Sesc e dependentes, aposentados, maiores de 60 anos, pessoas com deficiência, estudantes e professores da rede pública);
- R$ 8,00 (trabalhadores no comércio de bens, serviços e turismo matriculados no Sesc e dependentes)
Início das vendas: 01 de maio, a partir das 14h
Vendas: Ingressos à venda pela rede INGRESSOSESC (http://www.sescsp.org.br/sesc/servico.cfm?servico_id=3)

18 de abril de 2013

Lirinha em show solo



Pernambucano traz apresentação de seu mais recente trabalho no MPB Deles

José Paes de Lira, mais conhecido como Lirinha, é a atração do especial de música do Sesc Santo André. A segunda edição do MPB Deles traz, toda semana de abril e início de maio, as novas vozes masculinas do cenário brasileiro, em que os destaques, geralmente, são dados às cantoras e intérpretes do sexo feminino. Na sexta-feira, dia 26 de abril, Lirinha sobe ao palco às 21h, em apresentação única, com ingressos de R$ 5,00 a R$ 20,00, disponíveis em toda a rede INGRESSOSESC.

O pernambucano iniciou sua carreira aos 12 anos de idade, como declamador de poesias em Arcoverde, no sertão de Pernambuco. Em 1997, idealizou o espetáculo musical Cordel do Fogo Encantado, que marcou uma geração pós-Chico Science e sua Nação Zumbi. Com o grupo, gravou três álbuns e excursionou no Brasil e no exterior, em apresentações que marcavam pela inovação percussiva, a força das letras e uma nova forma de levar a poesia para um grande público. Após conquistar muitos prêmios, o grupo se desfez em 2010, para cada músico trilhar sua carreira.

Lirinha, portanto, entrou em estúdio e concebeu Lira, álbum que traz uma nova sonoridade na carreira do artista, carregado de bateria, guitarra, sintetizadores e piano acústico e elétrico. Para a gravação, Lirinha convidou para compor a banda Pupillo, baterista da Nação Zumbi (bateria, percussão e produção musical), Neilton José de Carvalho, da banda de punk rock hardcore Devotos (nas guitarras acústicas e elétricas’) e Bactéria, da primeira formação da Mundo Livre S/A, hoje integrante do projeto Los Sebozos Postiços e da Jambroband, que acompanha Otto (sintetizadores, pianos acústicos e elétricos). Complementando a gravação, o cantor, compositor e poeta pernambucano Lula Côrtes, antes de falecer, deixou registrada sua participação no álbum, que também contou com a carioca Ângela Ro Ro, o parceiro Otto, o Maestro Forró (fundador da Orquestra Popular da Bomba do Hemetério), além de Fernando Catatau, músico, compositor e produtor artístico natural do Ceará.

No show, Lirinha retorna aos palcos unindo música e poesia. Com seus músicos de apoio, as faixas do seu novo álbum se unem com interpretações de outros compositores. O show conta, ainda, com a iluminação assinada por Jathyles Miranda, premiado iluminador brasileiro, completando o espetáculo que o público poderá conferir, pela primeira vez, em Santo André.

SERVIÇO

Lirinha – MPB Deles
Dia: 26 de abril. Sexta, às 21h.
Local: No Teatro
Classificação etária: Não recomendado para menores de 12 anos.
Ingressos: R$ 20,00 (inteira); R$ 10,00 (usuário matriculados no Sesc e dependentes, +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino); R$ 5,00 (trabalhador no comércio de bens, serviços e turismo matriculados no Sesc e dependentes)
Capacidade: 302 lugares

12 de abril de 2013

Dança em espaços alternativos do Sesc Santo André



Cias apresentam novas possibilidades da linguagem

O Sesc Santo André traz, a partir de abril, o Palco Alternativo de Dança. O projeto pretende oferecer ao público performances, intervenções e espetáculos de dança contemporânea, criados para serem apresentados fora do espaço convencional do teatro.

A proposta discute o conceito de site specific (espetáculos elaborados especialmente para um determinado local), como estímulo para o aumento da produção e surgimento de novos intérpretes, além da aproximação do público com esta linguagem.

Até junho, estão programadas três apresentações, trazidas por diversas companhias, e que abordam distintas maneiras do fazer dança.

Os espetáculos são gratuitos e acontecem na Área de Convivência da Unidade.

Confira a programação:

FANDANGO A CÉU ABERTO
O trabalho propõe um olhar contemporâneo para uma manifestação cultural tradicional em extinção: o fandango. Transforma e recria esta dança atualizando-a; acolhe aspectos essenciais do fandango original como o bailado, o batido e a noção de mutirão e celebração coletiva, provocando o público para dançar. Com duração de aproximadamente 30 minutos, é composta por 4 momentos diferenciados que se articulam num todo. Com Cia. Oito Nova Dança.
Dia 20 de abril.

SOB O TETO DE ISABEL
Sob o Teto de Isabel traz à cena o retrato de pessoas e personagens do cotidiano da rua que nos cercam dia-a-dia e que mal são percebidos. Dentre o material levantado e os relatos das personagens que inspiraram o elenco nesta composição, surgiu uma curiosa figura, que magicamente não só cedeu seu nome ao espetáculo Sob o Teto de Isabel (a original com z), como também se transformou na personagem figurativa que alinhava a condução da história proposta. Na vida real ela é a “Izabel da Rodoviária”, conhecida em toda a cidade de Ribeirão Pires pelas atitudes e trejeitos marcantes e cuja história intrigante foi relatada por populares. No entanto, assim como ela, existiram, existem e existirão inúmeras “Isabéis”. O espetáculo não é a história de uma Isabel, mas um olhar para muitas. Com Grupo DANCEATO. Direção: Ana Botosso e Ton Carbones. Duração: 40 min.
Dia 18 de maio.

Posso dançar pra você?
Na paisagem dos centros urbanos, repleta de informação, andamos como passageiros do nosso próprio corpo, que passa, cruza, atravessa, mas pouco troca, afeta ou absorve. O que deixamos de nós e o que levamos conosco pelo caminho? Qual o espaço do toque, do afeto e da delicadeza nos dias de hoje? É preciso (re)descobri-lo todos os dias e, para isso, a Cia. Domínio Público pergunta: “Posso dançar pra você?”. Criada em 1995, pela bailarina e professora da Unicamp, Holly Cavrell, a Cia. tem como foco a pesquisa em dança contemporânea. Produziu dezesseis espetáculos e dois vídeos-dança, com os quais foi premiada em várias mostras, festivais e bienais de dança. Direção: Holly Cavrell. Com Gustavo Valezi, Isis Andreatta, Lineker e Sara Mazon. Duração: 40 min.
Dia 29 de junho.

Serviço

Palco Alternativo de Dança
Dias: 20 de abril, 18 de maio e 29 de junho. Sábados, às 18h.
Local: Ná Área de Convivência.
Classificação etária: Livre
Grátis

21 de março de 2013

"Ai quem me dera esse chorinho..."



Nos 40 anos sem Pixinguinha o Sesc Bom Retiro apresenta uma programação especial em homenagem ao Dia Nacional do Choro

O evento “Ai quem me dera esse Chorinho...” explora uma programação que inclui shows, exposição de instrumentos e rodas de choro. No Primeiro espetáculo, dia 9 de abril, intitulado “40 anos sem Pixinguinha”, Marcos Paiva Trio convida o vibrafonista Ricardo Valverde para homenagear o grande Pixinguinha e ainda tem a participação especial de Vânia Bastos.

No segundo grande show em homenagem à Pixinguinha, dia 23 de abril, Hamilton de Holanda, Instrumentista premiado internacionalmente e reconhecido como virtuose na arte de tocar o bandolim, apresenta composições do grande chorão em arranjos inusitados.

No projeto “Bom Retiro Meio Dia” de abril, teremos uma programação que estimula e sensibiliza o público para contato com diferentes propostas artísticas, no mês de abril receberá novos nomes do choro como “Luis Passos Trio” e “Duo Arabiando”. No mês do choro, além dos shows ao meio dia, teremos um panorama do choro brasileiro com apresentações de músicos do gênero em uma sequência de shows toda quinta-feira às 18h.

O mestre Pixinguinha, considerado um dos maiores compositores da música popular brasileira. Faleceu em 17 de fevereiro de 1973 há 40 anos e contribuiu diretamente para que o choro encontrasse uma forma musical definitiva."Carinhoso" e "Lamentos" são considerados alguns dos choros mais famosos no Brasil e no mundo.
  
Serviço
De 1 à 30 de Abril
Sesc Bom Retiro
Al. Nothmann,185 – Campos Elíseos
Horário: Sextas às 20h; sábados às 19h; domingos e feriado às 18h.
Acessibilidade: Entrada com acesso para pessoas com deficiência e
mobilidade reduzida. Poltronas reservadas para cadeirantes.
Estacionamento próprio: R$4,00 e R$8,00.

21 de fevereiro de 2011

VJ Alexis Anastasiou, comanda o agigantador de pessoas no SESC Belenzinho, em São Paulo


O VJ Alexis Anastasiou e sua equipe da produtora Visualfarm apresentam, de 24 a 26 de fevereiro, instalação de arte-mídia com realidade aumentada, durante a programação de verão do Sesc Belenzinho. Com a solução visual, o artista trabalha a percepção do corpo humano e seus movimentos a partir de projeções gigantes de pessoas nas paredes do edifício. Aberto ao público e totalmente gratuito, o Agigantador de Pessoas será realizado das 19h às 21h, na praça central da unidade Belenzinho, localizada na Rua Padre Adelino, 1.000.


Local: SESC Belenzinho

Programa: Agigantador de Pessoas

Dias: 24, 25, 26 de fevereiro

Horário: das 19h às 21h

Gratuito

7 de dezembro de 2010

Com direção de Maria Alice Vergueiro “As Três Velhas” chega ao SESC Santo André


Com Maria Alice Vergueiro, Luciano Chirolli, Pascoal da Conceição e Marco Luz, Teatro Pândega encena peça sob a direção de Maria Alice Vergueiro

Duas marquesas decadentes, octogenárias, Melissa (Luciano Chirolli) e Graça (Pascoal da Conceição), vivem em uma mansão em ruínas, devastadas pela fome e pelo abandono, sempre vigiadas pela centenária criada Garga (Maria Alice Vergueiro). Como numa fábula, uma única noite de assombrosas revelações familiares transformará para sempre a história dessas estranhas figuras. Riso e tragédia se misturam em um gênero inesperado, batizado pelo próprio autor, Alejandro Jodorowsky, de melodrama grotesco.

O Teatro Pândega, companhia fundada há três anos por Maria Alice Vergueiro, Fábio Furtado e Luciano Chirolli, será o primeiro grupo a encenar “As Três Velhas”. “Até hoje só a Bélgica fez uma montagem desse texto, utilizando marionetes. O que estamos realizando é inédito mundialmente”. – afirma Maria Alice Vergueiro.

A peça une os históricos de Maria Alice Vergueiro e Jodorowsky, ambos da mesma geração e com atuações no teatro de vanguarda, cujo primeiro encontro se deu em 2007, numa sessão de leitura de tarô dentro da mostra Festival Jodorowsky, no CCBB São Paulo.

Além disso, retoma a parceria de Luciano Chirolli. O encontro, já consagrado pelo sucesso da peça “No Alvo” (1996), do dramaturgo austríaco Thomas Bernhard, rendeu à Maria Alice os prêmios Shell e Mambembe de melhor atriz, e a Chirolli as indicações aos prêmios Shell de melhor diretor e Sharp de melhor espetáculo. Maria Alice Vergueiro também reencontra Pascoal da Conceição no palco, ambos frutos de uma época do Teatro Oficina.

Serviço

SESC Santo André
Rua Tamarutaca, 302 - Vila Guiomar - Santo André – SP
Tel.: (11) 4469-1200
Dias 11/12 e 12/12
302 Lugares
Sábado e domingo, às 20h.
Não recomendado para menores de 18 anos
R$ 20,00 [inteira]
R$ 10,00 [usuário matriculado no SESC e dependentes, +60 anos, professores da rede pública de ensino e estudantes com comprovante]
R$ 5,00 [trabalhador no comércio e serviços matriculado no SESC e dependentes]
Possui acesso e facilidades para pessoas com deficiência física// Ar-condicionado// Café
Site: www.sescsp.org.br

Ultima Postagem

Estrutura voltada para as crianças tem diversas brincadeiras e atrações

Jurema Águas Quentes se prepara para receber turistas nas férias de julho O Jurema Águas Quentes preparou programações imperdíveis para as c...