Campanha AACD Teleton 2021

Cursos Mecânica Online

27 de abril de 2010

Vila Madalena ganha sotaque italiano com a chegada do Restaurante Don Carlini


A deliciosa culinária Italiana ganha mais sabor a partir do dia 4 de maio, com a abertura da mais nova filial do tradicional Restaurante Don Carlini. Localizada no reduto da inteligência e da bohemia, o restaurante estará em uma das mais tradicionais esquinas do bairro: a Mourato Coelho e a Wizard.

Inaugurado em 1985 na região da Mooca, o Don Carlini chega agora a Vila Madalena com o intuito de fomentar o turismo no bairro de São Paulo, criando um  dos mais belos redutos da colônia italiana, contando com um espaço acolhedor, que permite que o cliente circule pela casa e conheça o ambiente rústico com móveis antigos. Tudo isso sem perder o charme que a Vila Madalena proporciona.

Os pratos À La Carte são os mais gostosos da região, como por exemplo, o delicioso Sorrentini Bianco (Massa artesanal recheada com mussarela de búfalo ao molho de tomates frescos e manjericão). As receitas clássicas italianas que deixam todos com água na boca e os bons vinhos que são servidos são uma boa pedida para um jantar a dois ou com seus amigos.

O funcionamento do restaurante será de terça a quinta (das 19h até 0h), sexta e sábado (das 19h até 1h) e domingo aberto apenas para o almoço (12h às 17h).

Não perca tempo. Vá ao Don Carlini e descubra o que acontece quando a arte e a gastronomia celebram a paixão pela Itália. Sem dúvida nenhuma, um dos melhores redutos italiano em São Paulo.

Serviço

Restaurante Don Carlini
Rua Mourato Coelho n° 1325
Fone: (11) 3032-6881
Horários de Funcionamento:
Ter à Quin – das 19hs até 0h.
Sex e Sáb – das 19hs até 1h.
Domingo aberto apenas para almoço das 12h às 17hs.
Aceita todos os cartões de crédito/débito.

SESC PINHEIROS RECEBE A EXPOSIÇÃO INÉDITA ALEXANDRE WOLLNER: CARTAZES DE 28/04 A 20/06


A exibição traz uma seleção do conjunto de obras produzidas pelo pioneiro do design visual

A exposição Alexandre Wollner: cartazes, apresentada no SESC Pinheiros, tem início no dia 28 de abril e ficará aberta até 20 de junho. Os quarenta e quatro cartazes (um pouco menos de um por ano de sua carreira) são uma pequena parte de seu trabalho, mas mostram a essência defendida por Wollner ao longo de sua trajetória profissional. Para o autor a linguagem utilizada nos cartazes é diferente das obras convencionais, pois eles carregam a responsabilidade de informar e comunicar de forma inteligente.

Wollner é conhecido, sobretudo pelos programas de identidade que desenvolveu desde o final dos anos 50, como as marcas do banco Itaú, das divisórias Eucatex, das confecções Hering, dos envelopes Celucat e das fechaduras Papaiz. O artista não é só um mestre das marcas, mas também da síntese visual, que não hesita em acumular o máximo de informação com o máximo de qualidade em espaços limitados.

“O conjunto de cartazes produzidos pelo designer desde meados do século passado mostra exatamente isso: imagens e composições sintéticas, que nem por isso deixam de ser complexas em diversos sentidos”, diz o curador da exposição André Stolarski.

Dos primeiros cartazes, mais analíticos e descritivos, passando pelas parcerias com Geraldo de Barros, pelos exercícios formais e compositivos da Escola de Ulm, pelas quase poesias concretas dos anos 1960/1970, até as sofisticadas apresentações de portfólios e identidades, além dos cartazes de eventos culturais dos últimos anos, a trajetória de Alexandre Wollner demonstra como o designer pode ser capaz de enfrentar as mais desafiadoras demandas informacionais sem perder o impacto que os cartazes exigem. Nesse sentido, sua obra é única no país.

Stolarski completa, “Seus cartazes não dialogam com pretensas raízes brasileiras, mas com uma certa produção internacional representada por designers como Max Bill, Josef Múller-Brockmann, Jan Tschichold, Pierre Monnerat, Hans Arp e Otl Aicher”.
 
A exposição Alexandre Wollner: cartazes mostra uma produção que continua dando frutos e suscitando questões para todos os designers que, um dia, chegam à fatal encruzilhada onde se encontram os desafios da sociedade contemporânea, as características da percepção humana, a complexidade da informação e a natureza analógica da construção visual.


• Exposição Alexandre Wollner: cartazes
Curadoria | André Stolarski
Área de exposições – Térreo
Abertura com a presença de Alexandre Wollner - 28 de abril, às 20h
Visitação de 29 de abril a 20 de junho 2010
Terça a sábado, das 10h30 às 21h30 | Domingos e feriados 10h30 às 18h30
Agendamento de grupos para monitoria: agendamento@pinheiros.sescsp.org.br


SESC Pinheiros
Endereço: Rua Paes Leme, 195
Horário de funcionamento da Unidade - Terças a sextas, das 13h às 22 h. Sábados, domingos e feriados, das 10h às 19h.
Tel. para informações: 11 3095.9400
ESTACIONAMENTO – COM MANOBRISTA – VAGAS LIMITADAS - Veículos, motos e bicicletas - Terças a sextas, das 7h às 22h; Sábados, domingos e feriados, das 10h às 19h. Taxas: Matriculados no SESC: R$ 5,00 as três primeiras horas e R$0,50 - a cada hora adicional // Não matriculados no SESC: R$7,00 as três primeiras horas e R$1,00 - a cada hora adicional. Informações sobre outras programações ligue 0800 118220 ou consulte o site: www.sescsp.org.br

Fabio Luna faz show no SESC Pompéia, em SP


No dia 27 de abril, o baterista, flautista, cavaquinista e compositor Fabio Luna, se apresenta no  Sesc Pompéia, às 21h, no projeto Prata da Casa.
                                                                                               
Fabio Luna está na estrada há 18 anos. Já integrou as bandas de Zélia Duncan e Sivuca, entre outros tantos, e lançou, em tempos passados, dois projetos como instrumentista – um deles em parceria com o pianista Marcelo Caldi. No ano passado, resolveu fazer tudo diferente: compôs dez sambas, com letra e música e partiu para o microfone. Nascia um cantor.

E é para apresentar o resultado desse trabalho, que o artista se apresenta no Sesc Pompéia, em São Paulo, um show empolgante que fará o público dançar e se divertir.  A entrada é franca.

O projeto Prata da Casa, do Sesc Pompéia, é um dos mais expressivos, quando se trata de mostrar novos talentos. Em dez anos de existência, a série é uma referência fundamental, por onde passaram artistas de incontestável qualidade musical.

Um pouco mais sobre o trabalho de Fabio Luna

Com a música “Vai filhão”, carro-chefe do CD, bem executada nas rádios e com milhares de acessos do clipe no YouTube – onde a participação do “casseta” Cláudio Manoel garante a diversão – o artista prepara um show marcante para São Paulo. “Estou muito feliz com o que tenho ouvido. Desde os músicos, jornalistas, compositores de velha guarda, amigos, pessoas próximas, até o porteiro do meu prédio veio dizer que adorou, que parece samba do morro! Eu achei um elogio maravilhoso!”, emociona-se Luna sobre a recepção de seu trabalho.
No repertório estarão algumas faixas de seu novo CD, como “Eu nunca me acostumo”, “Vem”, “Volta ou não”, “Basta querer”, “Eu vou”, “Coração”, “Vem que a lua ilumina”, “Deixa essa mágoa pra lá” e “Muito obrigado”.

O show será intercalado com treze músicas de outros compositores, como “Insensato destino” (Acyr Marques/Chiquinho/Maurício Lins), “Samba do grande amor” (Chico Buarque), “Ogum” (Claudemir/Marquinhos PQD) e “Chorinho em Cochabamba” (Eduardo Neves). 

“O show já está ensaiado, mas nos encontraremos mais duas vezes antes da apresentação, só pra afinar as coisas!”, brinca Luna.

Fabio está cercado de músicos de primeira linha para o show: Gian Correa (violão de 7 cordas), Henrique Araújo (cavaco), Juninho Billy Joe (percussão), Leo Rodrigues (Percussão) e Zé Mario (Percussão).

“É o show de um novo compositor e intérprete de samba, acompanhado por músicos com bastante bagagem. Será uma noite de muito samba e alto astral!”, resume Luna.



Serviço:

Local: SESC Pompéia
Endereço: Rua Clélia, 93 – Pompéia - SP
Telefone: 11 3871-7700
Dia: 27 de Abril (terça-feira)
Horário: 21h
Entrada franca: Retirada de ingresso na bilheteria do SESC, no dia do show

Defendor, um herói inusitado, chega às locadoras


Um filme de ação estrelado por Woody Harrelson, Elias Koteas, Kat Dennings e Sandra Oh, Defendor mostra a saga de Arthur Poppington, um verdadeiro herói que não precisa de super poderes nem grandes armas para lutar contra o crime.

Munido apenas com um senso infantil de deslumbramento e seu estranho arsenal de cacarecos feitos em casa, ele se torna, ao lado de sua parceira, um legítimo defensor. Mas será que isso tudo é suficiente para que eles derrotem um temido chefão do crime? Isso é o qu e vocês vão saber ao levarem para casa o DVD de Defendor, que ainda conta com comentários, cenas excluídas e erros de gravação.

Gênero: Ação
Direção: Peter Stebbings
Elenco: Woody Harrelson, Elias Koteas, Kat Dennings, Sandra Oh
Duração: 95 minutos
Ano de produção: 2010
Classificação indicativa: 16 anos

26 de abril de 2010

Nany People é a convidada do “Comédia na Veia”


Venha dar muitas risadas no bar Piove

Os humoristas do “Comédia na Veia”, formado por Bernardo Veloso (Energia 97 – Programa do Palhacinho), Douglas Alexandre, Fábio Gueré, Rafael Oliver e Zé Luiz Martins seguem temporada nesta terça-feira, 27 de abril, às 21h30, no Bar Piove. Nesta semana o grupo receberá a atriz e diva do humor nacional Nany People.
O grupo vem se destacando na noite paulistana, sempre com a casa cheia e participações de grandes nomes do humor nacional, entre eles, destacam-se Carol Zoccoli, Renato Tortorelli, Rudy Landucci, Marcelo Marrom e o mestre Marcelo Mansfield, que inclusive, no dia de sua participação fez elogios ao “Comédia na Veia” e também à estrutura da casa.


Temporada no Teatro Anhembi Morumbi continua
Com o sucesso das duas apresentações do “Comédia na Veia” no teatro Anhembi Morumbi, foram agendadas mais 4 apresentações nos dias 7 e 21 de maio e 4 e 18 de julho.
Informações sobre ingressos das apresentações especiais no Teatro Anhembi Morumbi acesse:
http://www.teatroanhembimorumbi.com.br/evento.php?id=33#content
Mais informações acesse o site www.comedianaveia.com.br
Siga o Comédia na Veia no twitter: www.twitter.com/comedianaveia


Serviço
Comédia na Veia
Data: Todas às terças
Horário da apresentação: 21h30
Duração do show: aproximadamente 70 minutos
Couvert: R$ 15,00
Local: Piove
Endereço: Rua Jerônimo da Veiga, 75 – Itaim Bibi
Capacidade: 100 pessoas
http://www.piove.com.br
Telefone: (11) 3071-2301
Serviço de Vallet: R$ 15,00
Recomendado para maiores de 16 anos

MARIA GADÚ FAZ ÚNICA APRESENTAÇÃO NO CREDICARD HALL, DIA 15 DE MAIO


Crédito: Marcos Hermes
Maria Gadú leva seu violão e seu banquinho pela primeira vez ao Credicard Hall em única apresentação no dia 15 de maio. A cantora emplacou sucessos como “Shimbalaiê”, “Linda Rosa” e registra feitos como a venda de 110 mil cópias de seu álbum de estreia (Disco de Platina). As composições e interpretação de Maria Gadú também atraíram a atenção de atores, críticos e músicos como Caetano Veloso e Milton Nascimento e foi eleita como cantora revelação pela APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte), em 2009.

Os ingressos estarão disponíveis para o público em geral a partir do dia 24 de abril e podem ser adquiridos a partir da meia-noite pela internet (www.ticketsforfun.com.br), às 9h pelo telefone 4003-5588 (válido para todo o País), às 10h nos pontos de vendas espalhados pelo Brasil (premier.ticketsforfun.com.br/content/outlets/agency.aspx) e na bilheteria do Credicard Hall ao meio-dia. Clientes dos cartões Credicard, Citibank e Diners contam com pré-venda exclusiva e poderão adquirir ingressos entre os dias 17 e 23 de abril pelos canais de vendas já citados.

O público desavisado que for ao Credicard Hall pode achar que Maria Gadu faz parte de uma nova onda rock'n'roll, meio punk, meio indie. Ousada e cheia de atitude, Maria Gadú surpreende ao abrir a boca e mostrar suavidade característica em letra, música e voz na MPB (Música Popular Brasileira). Mostra dessa irreverência, é a versão de “Baba” (Kelly Key/Andinho). O repertório do show da cantora é composto de todas as músicas de seu CD de estreia, como “A História de Lily Brown”, “Ne Me Quitte Pas". A cantora também preparou surpresas como Lanterna dos Afogados.

Maria Gadú (Voz e Violão) será acompanhada por Cesinha (bateria), Doga (percussão), Maycon (teclados), Gastão Villeroy (baixo), Fernando Caneca (guitarra). O cantor e ator Leandro Léo faz participação no show.

Sobre Maria Gadú
Maria Gadú é uma paulistana de 23 anos que compõe desde sua infância. A jovem se mudou para o Rio de Janeiro e começou a tocar em casas na Barra da Tijuca, onde conheceu artistas da TV Globo e foi convidada para fazer uma participação na minissérie Maysa, cantando. A rápida passagem na TV permitiu que a artista fosse apresentada à Som Livre na festa de lançamento da série de TV.

Depois de cinco meses morando no Rio de Janeiro, fechou contrato com a gravadora e lançou seu disco de estreia, “Maria Gadú”, em julho de 2009. Nesse período, Maria Gadú conheceu seu produtor Rodrigo Vidal, que se ofereceu para trabalhar com ela, virou amigo e apresentou-a para nomes como Dadi e Caneca - que participam do álbum de estréia. A cantora também conquistou amizades como Milton Nascimento e João Donato, que presenteou com uma letra sua para que ela musicasse.

A cantora passou a fazer inúmeros shows pelo Brasil e a se apresentar em diversos programas da TV brasileira como Som Brasil - Paralamas do Sucesso, TV Xuxa e foi indicada ao Prêmio Melhores do Ano do Faustão como revelação e a melhor música com “Shimbalaiê”.

Teatro Anhembi Morumbi Apresenta: Branca de Neve Não Mora Mais Aqui


Um espetáculo infantil com vários personagens clássicos de contos de fadas reunidos em uma estória com muita música, dança e ação, todos os sábados e domingos de 01/05 à 30.05, às 16h

Esta estória começa como todas as outras...
Todos já conhecem a famosa história de Branca de Neve e os sete anões, que se casou com um príncipe e foi morar no castelo, e que foram felizes para sempre. Ninguém mais soube o que aconteceu com os sete anões após o casamento de Branca de Neve e nem com ela. Nesta história nós vamos contar, e vocês vão saber como vivem os anões, já que eles possuem uma grande mina de ouro  e diamantes.
Os anões agora moram sozinhos. Para tirar umas férias e ir á praia depois de anos de trabalho,  é feito um sorteio para ver quem fica tomando conta da casa.  Dunga foi o sorteado... Que pena, não vai viajar!. Não faz mal, os amigos virão visitá-lo.
Diversos personagens de outras histórias infantis vão visitar os anões e muitas coisas acontecem. Amigos e vilões entram em cena, e será um desafio.
O Lobo mau vencerá o Dunga? Chapeuzinho Vermelho encontrará a casa da vovozinha? A Rainha má ainda está a procura de Branca de Neve? E a Bruxa? Capitão Gancho vencerá a luta com Peter Pan e Sininho? O Porquinho Prático terá a ajuda de Dunga na sua nova casa de tijolo? Onde ela será construída? E muitos outros personagens entrarão e você só terá as respostas para estas perguntas se for assistir “BRANCA DE NEVE NÃO MORA MAIS AQUI” . No final os anões voltam das merecidas férias, para dar parabéns pelo aniversário de Dunga com doces, pudins e tortas deliciosas.
Música, dança,  canto, duelo e muita ação! Um espetáculo para toda a família....

Serviço:
Branca de Neve Não Mora Mais Aqui
Local: Teatro Anhembi Morumbi
R. Dr. Almeida Lima, 1134 – Mooca – Próximo ao Metro Bresser
tel: (11) 2081-5924 / (11) 2872-1457
Ar-condicionado
Estacionamento e acesso para deficientes físicos além de poltronas especiais para obesos.

Período: 01/05 à 30/05/10
Horários: Sábados e Domingos, às 16h
Valor: R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (meia entrada)
Duração: 80 minutos
Genêro: Infantil
Indicado para maiores de 2 anos

Bilheteria: terça a domingo, das 14h às 19h.
Em dias de espetáculo funciona até o início do mesmo. 
* Formas de pagamento: Crédito e Débito - VISA e MASTER
Amex e Dinners, apenas pelos canais on-line da Ingresso Rápido.
4003-1212
www.ingressorapido.com.br

Ultima Postagem

Espaço de memória do Bondinho Pão de Açúcar retoma suas atividades

Cocuruto foi inaugurado em dezembro de 2010 como uma das ações de comemoração do centenário do local O Cocuruto, espaço de memória do Bondin...