30 de abril de 2023

Chevrolet encara desafio duplo com a nova Montana




Picape equipada com motor turbo de 133 cavalos pode rivalizar com as líderes Strada e Toro

Texto: Sérgio Dias
Fotos: Sérgio Dias

A Chevrolet apresentou a primeira geração picape Montana no mercado brasileiro em 2003. Exatos 20 anos depois o Blog Alpha Lazer conheceu e avaliou um novíssimo modelo, que chega com a difícil missão de encarar de frente duas líderes de mercado: a compacta Fiat Strada e a média-compacta Fiat Toro.


No volume de vendas, considerando o mês de fevereiro como referência para março, quando a Montana de fato participa com volume dos emplacamentos, parece que o desafio da nova geração da picape Chevrolet é de fato bem difícil.

Em fevereiro a Strada teve 6.837 e a Toro 3.191 emplacamentos. Já em março a Strada teve 9.935, a Toro 5.607 e a Montana 3.988. Como se percebe, as vendas das picapes da Fiat cresceram, mesmo com uma forte concorrente como a Montana já no mercado.



Claro que é muito cedo para fechar uma posição sobre o assunto, mas é possível que a Stellantis, dona da marca Fiat, vai aproveitar o amplo portfólio de versões das suas picapes para jogar com seus preços, evitando ou minimizando o impacto da Montana em suas vendas. Vamos certamente acompanhar essa interessante disputa nos próximos meses.

Todas as versões da Chevrolet Montana são equipadas com motor 1.2 Turbo Flex com 133 cavalos de potência e 21,4 kgfm de torque e opções de transmissão manual ou automática, sempre de seis velocidades.

No design a nova geração da Montana foi o primeiro modelo de produção local escolhido para estrear a nova identidade de design global da Chevrolet, que se caracteriza pelo conjunto ótico bipartido na dianteira.




Por isso a picape traz a DRL na parte superior e seu aspecto iluminado harmoniza com os vincos do capô e com a grade. Já o farol principal e o pisca compõem uma peça independente de formato trapezoidal e com bordas arredondadas. O para-choque traz um aplique central na base para proporcionar mais imponência ao veículo.

Na lateral as linhas da carroceria têm equilíbrio das proporções entre compartimento do motor, cabine e caçamba. Em todas as versões as rodas têm 17 polegadas.

A Chevrolet Montana conta com molduras que contornam toda a base do veículo, incluindo para-choques, paralamas e portas e, por serem confeccionadas com um material de cor e textura contrastante em relação à lataria, fazem o carro parecer ainda mais alto em relação ao solo.

Na traseira o principal diferencial estético está na barra com acabamento em preto brilhante que faz a conexão entre as lanternas, formando um elemento único. Ênfase também para a logomarca “Chevrolet” estampada em baixo relevo na tampa da caçamba, que tem no topo uma espécie de aerofólio integrado. A tampa conta com abertura por botão elétrico e alívio de peso na descida. Já o para-choque foi projetado para facilitar o acesso à caçamba.





A inédita caçamba Multi-Flex é um diferencial importante do produto e foi projetada para funcionar como um porta-malas gigante com seus 874 litros. Ela traz um sistema avançado de vedação da cobertura que oferece a melhor proteção contra água e conta ainda com uma extensa linha de acessórios customizados, que permitem centenas de soluções para o transporte de carga.

No interior a Montana estreia com o conceito de tela do MyLink, totalmente integrada ao quadro de instrumentos. O multimídia está na parte superior do painel e seu visor de oito polegadas, por ficar na posição horizontal, facilita a leitura principalmente de mapas de navegação e reduz a possibilidade de distração ao volante.

O MyLink oferece Wi-Fi com sinal de internet até 12 vezes mais estável e sistema de telemática avançada OnStar integrados. Projeção sem fio para Android Auto e Apple Car Play também fazem parte do pacote de conectividade, que ainda oferece atualização remota de sistemas eletrônicos do veículo, aplicativo myChevrolet para comandar funções do carro à distância e carregador de smartphone por indução magnética.

Outros destaques do interior do veículo são: os mais de 50 padrões de acabamento; os bancos confortáveis; a posição mais elevada de guiar; o baixo índice de ruído e vibração; e os ajustes para o cinto de segurança, volante, assento e encosto, que garantem uma perfeita ergonomia para o condutor.

No quesito segurança, a picape conta de série com seis airbags, para-choque e capô projetados até para amortecer impactos em caso de um possível atropelamento e freios ABS com distribuição da força de frenagem e assistência de frenagem de urgência. Completam a lista controle eletrônico avançado de tração e estabilidade, sistema de monitoramento da pressão dos pneus e resposta automática de acidentes para o Centro de Atendimento OnStar.

















Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ultima Postagem

Daniel realiza show especial “Daniel 40 Anos Celebra João Paulo & Daniel” na Vibra São Paulo

Apresentação contará com participação de Jéssica Reis, filha de João Paulo Texto: Redação Foto: Will Aleixo O cantor Daniel segue na estrada...