Campanha AACD Teleton 2021

Cursos Mecânica Online

Mostrando postagens com marcador Ford. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Ford. Mostrar todas as postagens

16 de abril de 2022

Ford valoriza a diversidade e inclusão no Programa de Estágio 2022




O processo oferece mais de 50 vagas para estudantes de diversas áreas em São Paulo e na Bahia

A Ford abriu as inscrições para a segunda onda do seu Programa de Estágio 2022. São mais de 50 vagas disponíveis em São Paulo, Tatuí (SP), Salvador e Camaçari (BA), destinadas a todas as áreas de negócios da empresa.

“O processo seletivo é uma ferramenta por meio da qual promovemos um ambiente mais diverso e inclusivo. A atração intencional de estudantes com um perfil heterogêneo possibilita a constituição de um grupo de trabalho qualificado e eclético. Em comum, buscamos nestes profissionais o anseio por inovação e a paixão pela mobilidade e tecnologia”, afirma Juliana Diament, supervisora de Novos Talentos, Diversidade e Inclusão da Ford.

3 de fevereiro de 2022

Bronco Sport mostra que a Ford tem qualidade




Modelo é equipado com motor EcoBoost de 240 cavalos de potência

Desde que anunciou que deixaria de produzir veículos no Brasil, a Ford se reinventou e passou a oferecer uma linha de veículos importados: a conhecida Picape Ranger, o tradicional esportivo Mustang e duas novidades: Territory e Bronco, SUVs com características bem distintas, pois o primeiro tem um apelo mais urbano enquanto o segundo mais off-road.


O Conexão Tocantins teve a oportunidade de conhecer e avaliar o Bronco Sport na versão única Wildtrak, que tem preço a partir de R$ 272 mil e é equipado com motor 2.0 EcoBoost de 240 cavalos de potência, transmissão automática SelectShift de oito velocidades, tração 4x4 e mostra que a Ford, embora agora apenas como importadora, tem muita qualidade para oferecer ao público brasileiro.

1 de agosto de 2021

O valente Corcel, vencendo boatos e conquistando o consumidor




Imagem: Printerest

Quase metade dos carros mais vendidos no Brasil e no mundo hoje são turbos. Esse "sucesso" demorou muito para ser conquistado e o equipamento precisou vencer diversos obstáculos (e estigmas) criados muito mais pelo desconhecimento e pelo famoso negativo "boca-a-boca" que, muitas vezes, se baseia em boatos ou fatos isolados, mas pode arranhar e até acabar com a boa imagem de um produto.


Há 20 ou 30 anos, o turbo, pelo melhor desempenho, era muito usado em carros tunados ou mexidos e, por isso, ganhou a imagem de baixa confiabilidade e durabilidade. Parte dos consumidores achava que o motor turbo era coisa de carro de boy e literalmente torciam o nariz sem realmente conhecer seus benefícios e porque poucas fabricantes adotaram o turbo como componente de série de seus veículos.

28 de maio de 2021

Ford sobe o nível com o Bronco Sport Wildtrak




Como modelo 2021, utilitário esportivo chega em versão única por R$256.900,00

A Ford apresentou o Bronco Sport 2021, oferecido na versão única Wildtrak com preço a partir de R$256.900,00 e que tem na versatilidade da sua capacidade off-road e de ser um veículo para o uso diário como um dos destaques.


Tivemos a oportunidade de conhecer e avaliar o modelo que vem equipado com motor 2.0 EcoBoost de 240 cavalos, transmissão automática SelectShift de oito velocidades, tração 4x4, rodas de 17” e pneus todo-terreno.

14 de outubro de 2020

Ford destaca a diversidade e inclusão no seu Programa de Estágio 2020/2021

 



Serão priorizadas candidaturas de pessoas negras, LGBTI+, mulheres, pessoas com deficiência e estudantes com mais de 36 anos
 

A diversidade e inclusão ganha relevância no Programa de Estágio 2020/2021 da Ford Brasil, que vai priorizar candidaturas de pessoas negras, LGBTI+, mulheres, pessoas com deficiência e estudantes com mais de 36 anos para aumentar a representatividade na empresa. 


“O processo de recrutamento é a principal porta de entrada para a diversidade. É nesse momento que conseguimos atrair pessoas com perfis diferentes do que já temos em predominância na empresa e de fato sermos inclusivos”, destaca Salim Khouri, Head de Talent da Ford América do Sul.

3 de setembro de 2020

Ford mostra sua força com o Territory 2021




Importado da China, modelo chega em duas versões com preço a partir de R$165.900,00

Texto: Sérgio Dias 
Fotos: Carlos Ianibelli / VD Filmes 

A Ford mostrou que tem força para competir com o Jeep Compass, Volkswagen Tiguan, Honda CR-V e outros SUVs médios com a linha Territory 2021, que chega ao mercado brasileiro importado da China e é oferecido nas versões SEL com preço a partir de R$165.900,00 e Titanium, que foi avaliada pelo Blog Alpha Lazer e tem preço a partir de R$187.900,00. 


As duas versões são equipadas com motor 1.5 Turbo EcoBoost GTDI a gasolina, de 150 cavalos e transmissão automática CVT com trocas manuais de oito marchas simuladas, especialmente calibrados para as preferências e condições do mercado brasileiro.

20 de agosto de 2020

Ford reúne Maria Rita, Diogo Nogueira e Rael em live no Youtube




Aberto ao público de todo o país, apresentação terá o sorteio de um Ford Territory

Uma live promove um encontro histórico de três grandes astros da música brasileira: Maria Rita, Diogo Nogueira e Rael, com um repertório inédito e novas parcerias.


Intitulada Ford Brasil ao Vivo, o evento faz parte do lançamento do Territory, novo SUV da marca na América do Sul e que terá uma unidade sorteada, cujo vencedor será anunciado no final do show.

23 de maio de 2019

Cuidar do seu Ford pode te levar para o Rock in Rio




Promoção “Show em Família no Rock in Rio” faz parte das ações da marca como montadora oficial do festival

A Ford lançou uma promoção que vai sortear ingressos do Rock in Rio para os clientes que usarem os serviços pós-venda da sua rede de concessionárias, como revisão, troca de óleo, manutenção ou instalação de acessórios, até o dia 15 de julho. Os vencedores terão direito a quatro ingressos para assistir a um dia de sua escolha do festival com tudo pago, incluindo passagens, alimentação e hospedagem. 


“Essa promoção é uma forma de valorizar os clientes da Ford, dando mais uma vantagem para quem usa os serviços da rede. Como os ingressos do Rock in Rio já estão esgotados, é uma oportunidade única de participar com a família ou os amigos do maior festival de música do mundo. É a principal ação de marketing da área de pós-vendas da marca neste ano”, diz Andre Leite, gerente de Comunicação de Marketing da Ford. 

22 de junho de 2016

Destinos para as férias de julho para conhecer de carro




Picape Ford Ranger possui três opções de motores, ideais para seguir por diversos caminhos

Inverno no Sul. Cachoeiras em São Paulo e na região Centro-Oeste. Praias no Nordeste. As férias de julho batem à porta e o Brasil oferece destinos para todo tipo de lazer. 

Contudo, a diversão pode começar logo ao sair de casa, caso a opção seja viajar de carro. O importante é garantir tranquilidade no passeio e a Ranger é a picape do segmento que vem de série com um conjunto completo de segurança e conforto. 

6 de janeiro de 2014

Ford apresenta o C-MAX Solar Energi Concept


Modelo elétrico é movido a energia solar

Texto e Foto: Assessoria de Imprensa

A Ford apresenta um veículo inédito movido a energia solar, o C-MAX Solar Energi Concept, na CES, maior feira de tecnologia do mundo, que abre para o público amanhã, em Las Vegas. O modelo, desenvolvido pela Ford em parceria com a SunPower e o Instituto de Tecnologia da Georgia, oferece o melhor de um híbrido plug-in, sem depender da rede elétrica ou combustível para recarregar sua bateria.

O conceito aproveita a energia do Sol usando um concentrador especial que atua como uma lente de aumento, direcionando os raios para os paineis solares no teto do veículo. O resultado é um veículo que, com um dia inteiro de sol, entrega o mesmo desempenho do híbrido plug-in C-MAX Energi convencional, abastecido na rede elétrica.

O Ford C-MAX Energi tem o menor consumo combinado de combustível da categoria, equivalente a 42,5 km/l (46 km/l na cidade e 39 km/l na estrada). Por usar energia renovável, o Ford C-MAX Solar Energi Concept também reduz em cerca de quatro toneladas por ano as emissões de gases de efeito estufa.

"O Ford C-MAX Solar Energi Concept lança uma nova luz sobre o transporte elétrico com energia renovável", diz Mike Tinskey, diretor global de infraestrutura e eletrificação de veículos da Ford. "Como líderes em inovação, queremos promover o diálogo público sobre as alternativas para levar o mundo em direção a um futuro mais limpo."

Vendas em alta
O C-MAX Solar Energi Concept estreia no momento em que a Ford fecha um ano recorde na venda de veículos elétricos. A marca deve somar 85 mil veículos híbridos, híbridos plug-in e totalmente elétricos em 2013, o primeiro ano completo de vendas dos seus seis modelos elétricos.

O C-MAX Energi é o plug-in líder de vendas da Ford, com mais de 6.300 unidades em novembro. A Ford vendeu mais veículos plug-in em outubro e novembro que a Toyota e a Tesla e também superou a Toyota no acumulado do ano. A venda de híbridos plug-in continua a crescer na medida em que mais consumidores descobrem os benefícios de usar a eletricidade no transporte.

O C-MAX Hybrid ajudou a trazer novos clientes para a Ford – cerca de 64% de seus compradores eram donos de carros outras marcas e metade deles de importados.

Tecnologia limpa
A SunPower, parceira da Ford na área de tecnologia solar desde 2011, fornece as células solares de alta eficiência do Ford C-MAX Solar Energi Concept. Para encurtar o tempo de recarga total do veículo e viabilizar o seu uso diário, a Ford buscou o Instituto de Tecnologia da Georgia, que desenvolveu uma forma de amplificar a luz do Sol.

Os pesquisadores desenvolveram um concentrador solar com uma lente Fresnel especial, que dirige a luz para as células solares e amplia oito vezes o seu impacto. A lente Fresnel é compacta e foi desenvolvida originalmente para uso em faróis. Com conceito similar a uma lupa, o sistema segue o movimento do sol de Leste a Oeste, extraindo em um dia energia equivalente a uma recarga de quatro horas da bateria (8 kW).

Com uma carga completa, o Ford C-MAX Solar Energi Concept deve oferecer a mesma autonomia total de um C-MAX Energi convencional, de até 1.000 km, incluindo 33,8 km somente no modo elétrico. Além disso, o veículo conta com com cabo de conexão para recarga em estação elétrica, se o usuário desejar.

Depois da apresentação na CES, a Ford e o Instituto de Tecnologia da Georgia vão iniciar os testes do C-MAX Solar Energi Concept em condições reais de uso para determinar a sua viabilidade de produção.

Fora da rede
Com o uso da energia solar renovável, o C-MAX Solar Energi Concept não depende da rede elétrica tradicional para recarregar a bateria. Estudos da Ford mostram que até 75% de todas as viagens feitas por um motorista médio poderiam ser feitas usando a energia solar. Isso é especialmente atraente em lugares onde a rede elétrica é insuficiente ​​ou cara.

O veículo também reforça o MyEnergi Lifestyle, conceito apresentado pela Ford e vários parceiros na CES 2013. O MyEnergi Lifestyle usa a matemática, ciências e modelagem por computador para ajudar os proprietários a entender como aproveitar melhor seus eletrodomésticos com consumo eficiente de energia, sistemas de energia solar e veículos híbridos para reduzir seu gasto mensal e as emissões totais de carbono.

O Ford C-MAX Solar Energi pode ter um impacto ambiental significativo, reduzindo em até 4 toneladas a geração anual de CO2 e outros gases de efeito estufa, o equivalente ao que uma casa típica norte-americana produz em quatro meses.

Se todos os carros leves adotassem a tecnologia do Ford C-MAX Solar Energi Concept nos Estados Unidos, as emissões anuais de gases de efeito estufa poderiam ser reduzidas em cerca de 1 bilhão de toneladas.

11 de junho de 2013

Ford Mustang marca presença no filme “Need for Speed”



Grande sucesso dos videogames agora na tela grande dos cinemas

A Ford apresentou em Los Angeles, o Mustang especial criado para o filme "Need for Speed", grande sucesso dos videogames que será levado para as telas do cinema em março de 2014. Durante a realização da E3 Expo na Califórnia, a Ford e a DreamWorks Studios anunciaram essa parceria exclusiva para a produção do filme, que terá ainda outros veículos da marca.

O Mustang criado pela Ford para o filme terá uma presença marcante na história. Ele exibe uma carroceria de design exclusivo, rodas especiais de liga leve de 22 polegadas e entradas de ar maiores para alimentar o motor V8 supercharger, alojado sob seu capô clássico de dupla seção.

A parceria foi anunciada por Stacey Snider, sócio e co-presidente da DreamWorks Studios, e Jim Farley, vice-presidente executivo de Marketing, Vendas e Serviço Global da Ford. Criada em 2009, a empresa cinematográfica DreamWorks é liderada por Steven Spielberg e Stacey Snider em parceria com The Reliance Anil Dhirubhai Abani Group.

Símbolo de liberdade         

"O Ford Mustang é um símbolo de liberdade e otimismo que permite às pessoas serem o que sempre sonharam. É um elemento perfeito para essa história", diz Jim Farley. "É estimulante para a Ford ser parceira da DreamWorks e da Electronic Arts no momento em que elas levam a sua série épica de games para as telas. Isso nos permite ir além juntos, contando a sua grande história no cenário global."

O filme marca o retorno das grandes produções da cultura automotiva dos anos 1960 e 70, explorando o mito americano da estrada aberta de maneira empolgante. A história retrata uma travessia quase impossível dos heróis pelo país, que começa como uma missão de vingança e acaba se tornando uma jornada de libertação.

"Need for Speed vai incorporar tudo o que os fãs dos filmes de corrida adoram - carros poderosos, corridas de rua perigosas e manobras alucinantes", diz Scott Waugh. "É uma história recheada de adrenalina que vai manter os expectadores presos na poltrona."

Do videogame para as telas

O filme é baseado na popular série Need for Speed, um dos videogames de corrida de maior sucesso do mundo, com mais de 140 milhões de unidades vendidas. O filme é estrelado por Aaron Paul (que atuou em "Breaking Bad"), Dominic Cooper ("Captain America"), Imogen Poots ("Fright Night") e Michael Keaton ("Batman") e tem a direção de Scott Waugh.

"Need for Speed é uma história com raízes na cultura americana e o Ford Mustang foi uma escolha óbvia quando selecionamos o carro para o filme", diz Snider. "Com sua história de 50 anos no cinema, o Mustang é um parceiro perfeito para o ator Aaron Paul. Somos privilegiados em ter um parceiro como a Ford e o seu Mustang trabalhando conosco neste filme."

A Ford também forneceu à produção um caminhão F-450, chamado no filme "The Beast", além de outro Mustang projetado especialmente para transporte da câmera nas filmagens, que permite a captação de cenas das corridas de um modo novo e surpreendente.
           
O próximo game da série, "Need for Speed Rival", será lançado em 19 de novembro próximo para as plataformas Xbox 360 da Microsoft, PlayStation3 e PC. Ainda este ano, ele estará disponível também para o sistema Xbox One da Microsoft e para o PlayStation 4.

31 de maio de 2013

Um museu para o Ford Modelo A

 

Modelo foi um ícone da propaganda de carros

A Ford comemorou os 86 anos da decisão de produzir o Ford Modelo A, sucessor do emblemático Modelo T. O lançamento do carro, que acaba de ganhar um museu exclusivo nos Estados Unidos, foi marcado também por uma das maiores campanhas publicitárias da história em jornais e cartazes de rua, que levou à encomenda de 727.000 veículos em poucos meses.

Henry Ford aprovou a campanha de lançamento do Modelo A, considerada na história como a mais audaciosa da indústria automobilística em todos os tempos: somente nos Estados Unidos, quase 10 milhões de pessoas viram o carro nas primeiras 36 horas de exposição, em diferentes locais.

A expectativa era grande até a milionária campanha estrear em 2 de dezembro de 1927, em 2.000 jornais dos Estados Unidos, ocupando páginas inteiras durante cinco dias.

Os distribuidores Ford receberam cerca de 4.000 unidades do veículo para propaganda, além de fotos e cartazes. Houve ainda uma campanha itinerante com caminhões transportando o Modelo A. Eles paravam apenas uma hora em cada distribuidor para que os interessados pudessem vê-lo e fazer as encomendas.
Durante o período em que foi produzido, do final de 1927 ao começo de 1932, o Modelo A atingiu quase 5 milhões de unidades.

Missão difícil

A missão do novo veículo era difícil: substituir o ícone Modelo T, que teve 15 milhões de unidades produzidas e levou milhares de pessoas a escrever reclamando do seu fim. Em uma decisão ousada, em 25 de maio de 1927 Henry Ford paralisou suas 44 fábricas em todo o mundo, inclusive a de São Paulo, durante seis meses para a troca do modelo.

Nessa transição, milhares de pequenas ferramentas e aparelhos de precisão foram substituídos e como o novo Ford tinha cerca de 6.800 peças diferentes (o modelo T tinha menos de 5.000) novos fornecedores foram contratados.

Museu Modelo A

O Modelo A acaba de ganhar um museu exclusivo em sua homenagem, inaugurado na cidade de Hickory Corners, a 185 km de Detroit. O prédio, de 1.200 metros quadrados, é a réplica de um distribuidor Ford de 1928, incluindo boxes de serviço e bombas de gasolina – registrando o preço de 18 centavos de dólar por galão.

"O Modelo A é um carro que marcou época", diz Michael Spezia, diretor executivo do Gilmore Car Museum, onde o Museu do Ford Modelo A está instalado. "Foi um automóvel acessível e muito popular, que milhões de pessoas usaram e apreciaram."

Entre as centenas de Modelos A expostos, estão o que Henry Ford dirigiu no final da linha de montagem em 1927 para apresentar ao seu amigo Thomas Edison. Há também um ônibus de 1930 baseado no Modelo A que foi usado para transporte escolar em El Monte, na Califórnia. Outros destaques são um caminhão original do serviço postal e um Modelo A especial com tração dupla utilizado na construção da famosa Barragem de Hoover, no Rio Colorado.

O museu foi construído pela Fundação Ford Modelo A (MAFFI), entidade sem fins lucrativos fundada em 1987 para preservar o veículo e objetos da época, com a colaboração de milhares de fãs. Além de automóveis, ele expõe motores, roupas, objetos, fotos da fábrica, desenhos e materiais de pesquisa.

O Modelo A original, produzido entre 1903 e 1904, foi o primeiro carro da Ford. Os seus sucessores também foram batizados com letras do alfabeto e, depois do Modelo T, Henry Ford decidiu reiniciar a série.

24 de maio de 2013

Filme “Velozes e Furiosos 6” destaca o Ford Escort MK1



Diversos modelos da montadora já marcaram a história do cinema
  
Um autêntico Ford Escort MK1 é uma das grandes estrelas de Velozes e Furiosos 6, mais novo capítulo da franquia que faz a cabeça de aficionados por carros ao redor do mundo, protagonizando cenas de ação de tirar o fôlego. A película, que estreia hoje, traz em um dos pôsteres oficiais o astro Paul Walker ao lado do modelo. Em geral, os filmes da série trazem veículos modernos e tunados, mas dessa vez é um clássico da Ford que rouba a cena.

O Escort utilizado é o da primeira geração do modelo, produzido na Europa entre 1968 e 1974. No Brasil, o icônico modelo, que fez muito sucesso nos anos 80 e 90, passou a ser vendido a partir de sua terceira geração.

Astros de cinema

Recentemente, outro veículo da Ford que também marcou história no cinema foi assunto tanto nos fóruns de carros antigos como nos dedicados à sétima arte. A lendária Eleanor, um Mustang Shelby GT500 1967 cobiçado por Randall Memphis Raines, um ladrão de carros interpretado pelo ator Nicolas Cage no filme 60 Segundos, de 2000, foi arrematado por um colecionador por US$ 1 milhão. Na verdade, o colecionador comprou apenas uma Eleanor, já que foram usados sete carros semelhantes no filme.

O Ford Gran Torino é outro modelo que se destacou nas telonas. Além de ser uma das estrelas do brilhante Gran Torino, dirigido e protagonizado por Clint Eastwood, o modelo também é o carro do The Dude no hilariante O Grande Lebowski, filme dos irmãos Coen estrelado por Jeff Bridges.

Da Austrália para o mundo

O filme Mad Max foi rodado na Austrália e apresentou ao mundo dois grandes sucessos daquele país: o ator Mel Gibson, que apesar de ter nascido nos EUA foi criado na Austrália, e o Ford Falcon. Na película, é utilizado um Ford Falcon XB V8 superalimentado com blower, que acompanha o herói também no segundo filme da franquia, sempre ocupando papel central na trama.

Nos tempos da brilhantina

Um Ford Mercury é o destaque de um dos momentos mais marcantes do filme Grease, Nos Tempos da Brilhantina. Na cena, John Travolta e seus amigos tunam um Ford Mercury 1951 com um motor V8 exposto em um capô transparente de acrílico, labaredas brancas na pintura e exagerados "rabos de peixe" na traseira. Após a tunagem, o Mercury ficou conhecido como Greased Lightning.

16 de maio de 2013

Uso da tecnologia 3D e Realidade Virtual na criação de veículos



Ford cria protótipos dos carros do futuro

A Ford está mudando o modo como os carros são projetados e aprimorados com o uso de um ambiente de realidade virtual 3D criado por computador, chamado "3-D CAVE" (Computer Automated Virtual Environment). Essa tecnologia permite testar e refinar milhares de detalhes do projeto de um carro novo, desde o tamanho e posição dos porta-copos até a visibilidade do vidro traseiro, sem ter de investir tempo e recursos na construção de múltiplos protótipos.

À primeira vista, o lugar onde esse trabalho é realizado parece estranho: uma caixa de três lados com grandes paredes e teto brancos, onde são projetadas imagens, e a estrutura do interior de um carro no meio. Quando se senta no banco do carro, usando óculos 3D com detetores de movimento, as telas mostram instantaneamente um mundo virtual hiper-realista simulado por computador, como mostra este vídeo (em inglês): http://www.youtube.com/watch?v=gD6X6Efkm0o.

"Nós agora podemos criar um carro no mundo digital e realmente entrar nele e experimentá-lo", diz Michael Wolf, supervisor de realidade virtual da Ford Europa. "Nós ainda dependemos do conhecimento e imaginação dos nossos engenheiros de protótipos para dar vida aos nossos projetos, mas agora eles têm uma ferramenta muito mais sofisticada para isso."
            
O 3-D CAVE permite aos engenheiros da Ford em Colônia, na Alemanha, sentar no banco do simulador enquanto imagens em 3D são projetadas no teto e nas paredes. Usando óculos especiais polarizados, monitorados por um sistema infravermelho de detecção de movimento, eles interagem com o veículo virtual para determinar, por exemplo, o alcance dos retrovisores traseiros ou a posição dos porta-garrafas nas portas.

O CAVE usa imagens animadas de pedestres e ciclistas para ajudar os engenheiros a avaliar a visibilidade da cabine. Ele também permite examinar e comparar diversos projetos ao toque de um botão – inclusive o interior de veículos produzidos por outras marcas. A Ford tem uma unidade idêntica do CAVE instalada em sua sede em Dearborn, EUA, além de versões mais simples que podem ser transportadas para a simulação de protótipos pelo mundo.


Aplicações

No desenvolvimento da B-MAX, minivan compacta vendida na Europa, a Ford usou o CAVE para testar a eficiência do sistema de portas traseiras corrediças com pilar central integrado. Ele também ajudou a aprimorar a visibilidade das janelas traseiras e os limpadores tipo "borboleta", que se movem em direções opostas.

No Focus, a Ford usou o CAVE para aumentar a eficiência dos limpadores; para ampliar o espaço dos passageiros de trás, testando diferentes desenhos de bancos dianteiros e apoios de cabeça; para avaliar o impacto do desenho da moldura das portas na visibilidade; e para minimizar os reflexos nos vidros e mostradores.

Agora, a Ford quer incluir controles do sistema de entretenimento, abertura e fechamento dos vidros e simulações avançadas de direção no equipamento. Cenários globais em tempo real permitiriam aos engenheiros analisar como a iluminação interna e os reflexos variam conforme o dia e as condições do tempo.

"O CAVE torna a avaliação de projetos muito mais rápida e simples", diz Michael Wolf. "Produzir e colocar três tipos de pilares dianteiros em um protótipo, por exemplo, leva 10 dias. Com o nosso simulador de realidade virtual, isso é feito um ou dois dias e com grande economia de recursos."
Impressoras 3D
            
Quando uma construção física é realmente necessária, a Ford usa impressoras 3D, que reproduzem formas complexas sobrepondo milhares de camadas ultrafinas de material. Os componentes criados dessa forma podem utilizar até três tipos diferentes de resina, com texturas diferentes, e medir até 700 milímetros.

A Ford usou essa técnica para produzir as maçanetas das portas e os encostos dos bancos durante o desenvolvimento do B-MAX e o acabamento dos pilares dianteiros e batentes do porta-malas do Kuga. A marca pesquisa, agora, a produção em larga escala de peças de veículos usando essa tecnologia.

"A impressão 3D permite criar todo tipo de formas complexas e componentes, que anteriormente exigiriam muitas horas de trabalho e recursos para a usinagem manual", diz Sandro Piroddi, supervisor de Tecnologias Rápidas da Ford Europa. "Ela tem um grande potencial na produção de veículos Ford no futuro."

Ultima Postagem

Estrutura voltada para as crianças tem diversas brincadeiras e atrações

Jurema Águas Quentes se prepara para receber turistas nas férias de julho O Jurema Águas Quentes preparou programações imperdíveis para as c...